Motörhead: Lemmy achou que morreria após a última cirurgia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Adriano Ribeiro, Fonte: Team Rock Limited, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/11/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O principal integrante do MOTÖRHEAD, Lemmy Kilmister, admitiu que esteve "perto da morte" durante a sua última cirurgia - e que esse foi o único momento em que ele duvidou que iria sobreviver a 2013 por questões de saúde. Ele descreve sua vida como "inegavelmente menos prazerosa", já que foi forçado a limpar seu estilo de vida. E ele lembra como enfrentou o cigarro final após 57 anos de tabagismo.

2449 acessosPhil Anselmo: Lemmy sentia dor mas não queria deixar o palco5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes

Com 68 anos de idade, Lemmy passou grande parte do ano passado recuperando-se de uma série de problemas de saúde, o que incluiu várias semanas internado no hospital depois de sofrer hemorragia interna. Ele tinha anteriormente sido equipado com um desfibrilador para lidar com problemas cardíacos.

Lemmy contou a "Lust For Life": "Durante a minha última cirurgia eu estive perto da morte. Foi o único momento em que fui perseguido pelo demônio chamado dúvida. Eu me perguntava se eu tinha que fazer isso. Eu não tenho medo da morte e costumo cantar sobre isso. Então eu não estava balançando na minha cama, mas eu tenho a sensação que não era hora ainda. Eu ainda queria fazer shows e registros. Esse sentimento me manteve vivo".

Ele admite que a apresentação do Motorhead no Hyde Park, em julho, o fez sentir inseguro. "Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show para 95 mil pessoas", diz ele. "Um show é um show, mas isso era diferente. Será que eu conseguiria fazê-lo até o fim, eu me perguntei. Mas depois eu me senti fantástico e não houve nenhum incidente durante o resto da turnê."

Ele foi forçado a abandonar suas marcas registradas Jack Daniel's e Coca-Cola, embora ele ainda beba vodka ou vinho tinto ocasionalmente. "Eu tive que aprender a viver com menos", diz ele. "A alternativa era a morte".

"Eu fumei desde os 11 anos, então eu não estava realmente ansioso para fumar o meu último cigarro. Enfrentei-o como um homem de verdade - sem remédios ou pílulas. Eu temia sentir todos os tipos de efeitos colaterais, mas eu não senti nada."

Lemmy informou recentemente que o Motörhead começará a trabalhar em seu novo álbum em 22 de janeiro. Ele reflete: "Fisicamente eu não sou realmente o meu velho eu. Ainda há um longo caminho a percorrer - mas sinto que estou ficando mais forte a cada dia".

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Phil AnselmoPhil Anselmo
Lemmy sentia dor mas não queria deixar o palco

1220 acessosMotorhead: album solo de Lemmy a ser lançado ainda este ano4678 acessosSaxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a Lemmy0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MotorheadMotorhead
Filme de humor negro com Lemmy no papel de espião

MotorheadMotorhead
No estúdio com Lemmy Kilmister em 360 graus

Metal InjectionMetal Injection
Cinco provas de que Lemmy é Deus

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 02 de novembro de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Heavy MetalHeavy Metal
As trinta maiores bandas de países diferentes

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl agradece Grohl pela cadeira, veja alterações

Dane-se Bruce DickinsonDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

5000 acessosMegadeth: Mustaine explica mesmo elogio a Kiko e Broderick5000 acessosLynyrd Skynyrd x Neil Young - Amigos ou inimigos?5000 acessosMustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?4611 acessosSebastian Bach: virando notícia no TMZ só por causa de um decote?5000 acessosRush: Neil Peart ainda tem aulas de bateria5000 acessosGuns N' Roses: a revista que mostrava Slash atirando em Axl Rose

Sobre Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é fã xiita do Iron Maiden, daqueles que não perdoa até hoje Bruce e Adrian por terem saído da banda - e não importa se voltaram. Nas horas vagas, tem como hobby conhecer seus ídolos na música, conseguindo com eles fotos e autógrafos.

Mais matérias de Adriano Ribeiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online