Motörhead: Lemmy achou que morreria após a última cirurgia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adriano Ribeiro, Fonte: Team Rock Limited, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O principal integrante do MOTÖRHEAD, Lemmy Kilmister, admitiu que esteve "perto da morte" durante a sua última cirurgia - e que esse foi o único momento em que ele duvidou que iria sobreviver a 2013 por questões de saúde. Ele descreve sua vida como "inegavelmente menos prazerosa", já que foi forçado a limpar seu estilo de vida. E ele lembra como enfrentou o cigarro final após 57 anos de tabagismo.

Metal: Mapa revela os países com mais bandas do estiloAndre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com 68 anos de idade, Lemmy passou grande parte do ano passado recuperando-se de uma série de problemas de saúde, o que incluiu várias semanas internado no hospital depois de sofrer hemorragia interna. Ele tinha anteriormente sido equipado com um desfibrilador para lidar com problemas cardíacos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lemmy contou a "Lust For Life": "Durante a minha última cirurgia eu estive perto da morte. Foi o único momento em que fui perseguido pelo demônio chamado dúvida. Eu me perguntava se eu tinha que fazer isso. Eu não tenho medo da morte e costumo cantar sobre isso. Então eu não estava balançando na minha cama, mas eu tenho a sensação que não era hora ainda. Eu ainda queria fazer shows e registros. Esse sentimento me manteve vivo".

Ele admite que a apresentação do Motorhead no Hyde Park, em julho, o fez sentir inseguro. "Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show para 95 mil pessoas", diz ele. "Um show é um show, mas isso era diferente. Será que eu conseguiria fazê-lo até o fim, eu me perguntei. Mas depois eu me senti fantástico e não houve nenhum incidente durante o resto da turnê."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele foi forçado a abandonar suas marcas registradas Jack Daniel's e Coca-Cola, embora ele ainda beba vodka ou vinho tinto ocasionalmente. "Eu tive que aprender a viver com menos", diz ele. "A alternativa era a morte".

"Eu fumei desde os 11 anos, então eu não estava realmente ansioso para fumar o meu último cigarro. Enfrentei-o como um homem de verdade - sem remédios ou pílulas. Eu temia sentir todos os tipos de efeitos colaterais, mas eu não senti nada."

Lemmy informou recentemente que o Motörhead começará a trabalhar em seu novo álbum em 22 de janeiro. Ele reflete: "Fisicamente eu não sou realmente o meu velho eu. Ainda há um longo caminho a percorrer - mas sinto que estou ficando mais forte a cada dia".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motorhead"Todas as matérias sobre "Lemmy Kilmister"


Lemmy: a emocionante despedida de seu amigo SlashLemmy
A emocionante despedida de seu amigo Slash

Motörhead: Morre, aos 61 anos de idade, Phil Philthy Animal TaylorMotörhead
Morre, aos 61 anos de idade, Phil "Philthy Animal" Taylor


Metal: Mapa revela os países com mais bandas do estiloMetal
Mapa revela os países com mais bandas do estilo

Andre Matos: Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!Andre Matos
"Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"


Sobre Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é fã xiita do Iron Maiden, daqueles que não perdoa até hoje Bruce e Adrian por terem saído da banda - e não importa se voltaram. Nas horas vagas, tem como hobby conhecer seus ídolos na música, conseguindo com eles fotos e autógrafos.

Mais matérias de Adriano Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336