Exodus: conselho do Slayer fez banda continuar até hoje

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/03/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Dave “Higgo” Higgins, da rádio de rock Triple M, da Austrália, conduziu uma entrevista com o vocalista do EXODUS, Steve “Zetro” Souza, e com o baixista Jack Gibson, durante o “Soundwave” festival desse ano. Você pode ouvir essa conversa pelo vídeo do youtube abaixo.

1867 acessosSlayer: moshpit proibido em show nas Filipinas5000 acessosNotas altas: as dez mais impressionantes do Heavy Metal

Falando sobre a longevidade do EXODUS, Souza disse: “Eu acho que nosso som tem realmente nossa cara, e eu acho que isso vale para o thrash metal em geral. Quero dizer, não há muita cautela em relação ao EXODUS. É uma agressão direta ao ponto que, aqui está, trinta anos depois, nós lançamos nosso décimo álbum, “Blood In, Blood Out”, e são onze faixas de soco na boca. Então eu acho que nós permanecemos honestos com nosso som, honestos com nossos fãs, e eu acho que somos bem sortudos de sermos ainda relevantes após tanto tempo, e eu acho que é isso que nos manteve na estrada por tanto tempo.”

Ele adicionou: “Tom Araya [SLAYER], disse bem uma vez. Isso foi algo como 20 anos atrás, e eu ainda lembro dele dizendo: “Zet, continue fazendo um som pesado e tudo vai se encaixar em seu devido lugar.’ e se você aceitar os conselhos do cara... Entende o que eu quero dizer? Acho que foi a forma que achamos para continuar em frente: Continue fazendo um som pesado e tudo vai se encaixar.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 02 de março de 2015


SlayerSlayer
Moshpit proibido em show nas Filipinas

29 acessosEm 22/10/1991: Slayer lança o álbum ao-vivo Decade of Aggression525 acessosEm 07/10/1986: Slayer lança o álbum Reign In Blood1179 acessosSlayer: em vídeo, uma compilação das risadas de Tom Araya0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

SlayerSlayer
Esposa de Jeff fala sobre problema no braço

Metal HeavyMetal Heavy
10 clássicos para entender o Thrash Metal

A Cólera dos DeusesA Cólera dos Deuses
Como surgiu o Big 4, por eles mesmos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Exodus"0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"


Heavy MetalHeavy Metal
As vozes mais impressionantes segundo a Loudwire

As novas caras do metalAs novas caras do metal
Mais 40 bandas que você deve conhecer

TrollagemTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

5000 acessosBon Jovi: o mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"5000 acessosKing Diamond: O que significa ser Satanista?5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosSlash: nunca saí do Guns N' Roses, apenas fiquei um tempo separado deles5000 acessosVelvet Revolver: Os vocalistas já cogitados para a banda5000 acessosAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online