Matérias Mais Lidas

Slipknot: Nunca pesquisem Duality no YouTube, alerta fã de k-pop assustadaSlipknot
"Nunca pesquisem Duality no YouTube", alerta fã de k-pop assustada

Metallica: baterista de jazz ouve Enter Sandman pela primeira vez e reproduzMetallica
Baterista de jazz ouve "Enter Sandman" pela primeira vez e reproduz

Metallica: Newsted era um líder, mas teve que voltar a ser empregado, diz EllefsonMetallica
Newsted era um líder, mas teve que voltar a ser empregado, diz Ellefson

Mötley Crüe: em vídeo, Tommy Lee dá zoom no bumbum da esposa para elogiar paparazzoMötley Crüe
Em vídeo, Tommy Lee dá zoom no bumbum da esposa para elogiar paparazzo

Detetive virtual: foto de punk inglês com caveira de Tiririca é montagem; veja realDetetive virtual
Foto de punk inglês com caveira de Tiririca é montagem; veja real

Axl Rose: gentil e como Batman, como ele gravou participação em Scooby-DooAxl Rose
Gentil e como Batman, como ele gravou participação em "Scooby-Doo"

Dio: 14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic RockDio
14 músicas que definem a carreira da lenda, segundo a Classic Rock

Matt Sorum: Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do GunsMatt Sorum
Duff não tinha palavras pra dizer que ele não estaria na reunião do Guns

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

Epica: A banda está de volta, revigorada, em novo álbumEpica
A banda está de volta, revigorada, em novo álbum

Iron Maiden: apenas em 4° lugar no voto popular para o Rock and Roll Hall of FameIron Maiden
Apenas em 4° lugar no voto popular para o Rock and Roll Hall of Fame

U.D.O.: show durante a pandemia para 2.500 fãs, confira o vídeoU.D.O.
Show durante a pandemia para 2.500 fãs, confira o vídeo

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

Montrose: morre Robert Bob James, vocalista que substituiu Sammy Hagar na bandaMontrose
Morre Robert "Bob" James, vocalista que substituiu Sammy Hagar na banda

Lacuna Coil: fãs queriam ver live, mas viram a banda em silêncio; leia explicaçãoLacuna Coil
Fãs queriam ver live, mas viram a banda em silêncio; leia explicação


Stamp

Ciência: suas faixas favoritas causam "orgasmos de pele", diz estudo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Independentemente de suas faixas favoritas lhe causarem lágrimas, risos ou arrepios, reações físicas provocadas por música não representam nada de novo. Contudo, um novo estudo categorizou tais respostas como iguais às de natureza sexual, intitulando-as de ‘orgasmos da pele’ – ou o que é conhecido como ‘frisson musical’.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Psyche Loui [sim, o nome é esse mesmo], uma psicóloga da Wesleyan University, e seu estudante, Luke Harrison, conduziram um estudo que inseria voluntários em um tomógrafo magnético funcional enquanto suas músicas favoritas eram executadas, e então avaliou como o cérebro respondia à música.

Conforme os achados do estudo, depois de uma vida ouvindo música, começamos a formular expectativas em relação aos movimentos musicais; contudo, é quando músicos e compositores saem dessas expectativas – mudanças não-convencionais em harmonia, melodia, volume ou em outros fundamentos – que podemos passar por uma reação física. Em uma matéria sobre o estudo, David Robson descreveu o efeito no cérebro:

"Por exemplo, as expectativas violadas parecem incendiar o sistema nervoso automático, em sua região mais primitiva, o tronco cerebral – produzindo a aceleração do coração, a falta de ar, o que pode levar ao início de um frisson. Além disso, a expectativa, violação e resolução de nossos anseios podem desencadear a liberação de dopamina em duas regiões vitais – o caudate e o nucleus accumbens, logo antes de logo após do frisson. Você vê uma resposta similar quando as pessoas usam drogas ou fazem sexo, o que pode explicar o porquê de acharmos a sensação de ouvir a certas músicas tão viciantes", diz Loui.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Claro, nossas músicas favoritas carregam fortes conexões emocionais também. Podemos considerar o que os compositores estavam vivendo quando escreveram suas obras ou associar músicas com nossas próprias memórias pessoais. "Nossas próprias experiências autobiográficas interagem com os recursos musicais, " disse Loui a Robson, "de modo que todo mundo ache uma música diferente algo recompensador. "

Com a combinação ideal, afirma Loui, "A experiência estética pode ser tão intensa que você não consegue fazer mais nada."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Loui compilou um playlist de músicas que exibem as qualidades que levaram a ‘orgasmos de pele’ em seus objetos de teste. Ela inclui ‘Concerto Para Piano No. 2’ de Rachmaninoff – a música que ajudou a inspirar a pesquisa de Loui pela resposta dela própria ao tema – assim como a versão de ‘Hallelujah" gravada por Rufus Waingwright e ‘Wonderwall’, do Oasis.

Aprecie abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.