Kerry King: "Gary Holt é o Glenn Tipton de nossa era"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Em uma nova entrevista com o Asbury Park press, o guitarrista do SLAYER, Kerry King, falou sobre a relação de trabalho com Gary Holt, do EXODUS, que está tocando com o SLAYER há 4 anos e meio.

Slayer: ex-guitarrista do In Flames homenageia Jeff Hanneman com tatuagemSlayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Bem, Gary, eu sempre me inspirei em Gary quando ele estava tocando com o EXODUS. Eu sempre me referi a ele como Glenn Tipton [do JUDAS PRIEST] da nossa era, falando sobre a habilidade na guitarra, porque as pessoas que falam sobre guitarristas, geralmente esquecem Glenn Tipton, e quanto ao metal, ele é um gigante. Claro, as pessoas falam sobre Tony Iommi, mas para Glenn Tipton não estar na mesma conversa, é uma tragédia para mim. Eu meio que senti isso quando Gary Holt estava tocando no EXODUS. As pessoas não olhavam para ele. Então nós tivemos a oportunidade de ver se ele queria tocar conosco, e ele foi de longe minha primeira escolha, e com muita sorte, ele quis de cara."

Quando perguntando se Holt não tem créditos de composição no vindouro álbum do SLAYER, "Repentless", King disse: "Você sabe, eu pensei muito sobre como incorporá-lo no disco, da perspectiva dos fãs, e da perspectiva de Gary e da minha perspectiva. E eu achei que após 30 anos, eu não acho que os fãs estejam prontos para alguém contribuir em um disco no SLAYER, alguém que não estivesse lá o tempo todo. Mas eu também, no mesmo pensamento, senti que Gary devia tocar algo de sua criação, para que ele não tocasse só um bando de covers. Então, foi assim que perguntei se ele queria tocar alguns leads, e sim, para uma banda com duas guitarras, você tem que ter dois guitarristas. E quanto a seguir em frente, eu estou aberto às oportunidades, mas eu não tive essa conversa com Tom [Araya] ou Gary."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slayer: ex-guitarrista do In Flames homenageia Jeff Hanneman com tatuagemSlayer
Ex-guitarrista do In Flames homenageia Jeff Hanneman com tatuagem

Slayer: divulgada capa e tracklist do tributo só com bandas brasileirasSlayer
Divulgada capa e tracklist do tributo só com bandas brasileiras

Thrash metal: os 40 melhores discos de estreia segundo o LoudwireThrash metal
Os 40 melhores discos de estreia segundo o Loudwire

Slayer: Pelo que sei, foi o show final, diz Gary HoltSlayer
"Pelo que sei, foi o show final", diz Gary Holt

Lista: álbuns de metal extremo sem uma única música fracaLista
álbuns de metal extremo sem uma única música fraca

Slayer: Esposa de Tom Araya em polêmica envolvendo posts racistasSlayer
Esposa de Tom Araya em polêmica envolvendo posts racistas

Lista: os piores álbuns de 10 bandas brilhantesLista
Os piores álbuns de 10 bandas brilhantes

Lista: os 40 melhores álbuns de metal lançados em 1990 segundo o LoudwireLista
Os 40 melhores álbuns de metal lançados em 1990 segundo o Loudwire

Capas de discos: Iron Maiden, Slayer, Metallica e outros em versão SimpsonsCapas de discos
Iron Maiden, Slayer, Metallica e outros em versão Simpsons

Slayer: Kerry King compra casa em Las Vegas por valor astronômico, diz jornalSlayer
Kerry King compra casa em Las Vegas por valor astronômico, diz jornal


Slayer: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Consequence of SoundSlayer
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Consequence of Sound

Os brutos também amam: inclusive o Tom ArayaOs brutos também amam
Inclusive o Tom Araya


Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Cantadas Headbanger: Estou Priest a te dar um beijo!Cantadas Headbanger
"Estou Priest a te dar um beijo!"


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor