David Gilmour: shows em SP, Curitiba e Porto Alegre em dezembro?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva e Nacho Belgrande, Fonte: DavidGilmour Tour
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/08/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O site David Gilmour Tour (NÃO OFICIAL e mantido por fãs bem informados), entre várias datas de shows do guitarrista/vocalista do PINK FLOYD, lista três datas como de prováveis apresentações no Brasil.

5000 acessosPink Floyd: "Não vejo Gilmour e Waters juntos", diz Mason5000 acessosPaulo de Castro: Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?

As datas são:

12 de dezembro no estádio do Palmeiras em São Paulo;
14 de dezembro na Pedreira Paulo Leminski em Curitiba
16 de dezembro na Arena do Grêmio em Porto Alegre.

Elas são listadas no site como com 50% de chance de serem confirmadas.

O site oficial do artista não tem nenhuma informação sobre estes possíveis shows.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Pink FloydPink Floyd
"Não vejo David Gilmour e Roger Waters juntos", diz Mason

1420 acessosAlta Fidelidade: "Live at Pompeii", o novo DVD do David Gilmour366 acessosThe Jungle of Rock and Roll: a evolução do Pink Floyd0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pink Floyd"

Full RockFull Rock
10 músicas desgraçadas por bandas de forró

Parcerias BrilhantesParcerias Brilhantes
Duplas que marcaram história

Roger WatersRoger Waters
Infográfico do G1 explica a montagem do palco

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "David Gilmour"0 acessosTodas as matérias sobre "Pink Floyd"


Collectors RoomCollectors Room
Baixos, guitarras, calcinhas, e máquina de pinball do Kiss?

System Of A DownSystem Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico

Tom GrossetTom Grosset
O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

5000 acessosRita Lee: Ela participou de suruba com o Yes e furtou a cobra de Alice Cooper5000 acessosSign of the horns: o sinal do Demônio5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose5000 acessosMetallica: ilustrações do jogo de videogame abandonado5000 acessosGibson Flying V: o símbolo oitentista do Metal5000 acessosThin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 11 de agosto de 2015
Post de 14 de agosto de 2015


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online