David Ellefson: como Alice Cooper ajudou baixista a sair do vício

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Sue Henry, da rádio WILK 103.1FM, recentemente conduziu uma entrevista com o baixista do MEGADETH, David Ellefson. Um trecho está disponível abaixo:

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre conselhos para músicos mais jovens:

Ellefson: "Bem, ser um adulto e entrar nisso é a melhor forma. Eu conheço gravadoras agora em Hollywood que não assinam ninguém que passou dos 16 anos. E, obviamente, nós vemos isso com boy bands e esse tipo de coisa, e grupos pop, mas, você sabe, agora está acontecendo até com bandas de rock. E você quer saber? As pessoas mais novas são as mais intrigadas com isso, eles são aqueles que compram discos, eles são aqueles que ouvem as músicas, a música jovem que está saindo. Então quem melhor para tocar do que pessoas mais jovens? Eu diria para ir com tudo."

Sobre sua autobiografia, "My Life With Deth", que mostra a história de sua queda para o vício durante os primeiros anos do MEGADETH, seguindo uma subsequente recuperação e o retorno à fé:

Ellefson: "Alice Cooper foi um grande padrinho e mentor para o MEGADETH - ele nos levou em nossa primeira turnê de arenas nos EUA... Eu acho que foi em 1987, assim que assinamos com a Capitol Records. E ele estava limpando sua vida e saindo de seus dias sombrios na época. Então foi bem legal ele escrever aquela citação que se tornou a contra capa do meu livro - essencialmente dizendo, que algumas vezes a coisa mais rock and roll que um músico decadente pode fazer, é basicamente ficar limpo e arrumar sua vida, porque é totalmente diferente do que você iria esperar. Tive sorte de ter essas experiências bem cedo e conseguir sair isso e poder aproveitar os últimos 25 anos da minha vida e carreira [...]"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280