Slayer: escrever disco sem Hanneman foi "uma tarefa assutadora"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Bravewords, Tradução
Enviar Correções  

A Billboard recentemente conversou com o baixista/vocalista do SLAYER, Tom Araya, sobre o recém-lançado álbum da banda, "Repentless". Um trecho está disponível abaixo. A história completa vai aparecer na edição de 19 de setembro da revista.

P: Como foi gravar "Repentless" sem Jeff Hanneman?

Araya: "A coisa estranha foi não ter sua presença e opiniões. Eu e Jeff escrevemos todas as músicas que já estiveram em discos do SLAYER. Eu sei como escrever uma música do SLAYER, mas escrever um disco inteiro, é uma tarefa assustadora. Eu acho que conseguimos fazer bem."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

P: Você acha que as expectativas estão menores por causa da mudança de formação?

Araya: "As pessoas esperam uma falha. Eu escrevi esse como todos os outros discos. Não digo que quero deixar as pessoas surpresas. Eu quero fazer esse álbum com sua própria identidade e tão bom quanto possível. As pessoas vão dizer que é uma merda sem nem ouvir. Eles estão atrás de um computador, com 10 metros de altura e invencíveis."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336 Goo336 Cli336