Judas Priest: a banda nunca sabe o que vai encontrar nos estúdios

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Andrew Espetein do A Journey Of Musical Things recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista do JUDAS PRIEST, Glenn Tipton. Alguns trechos estão disponíveis abaixo:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o processo de composição do JUDAS PRIEST:

"Você nunca deve sentar e inventar um personagem ou sentimento para o seu próximo álbum, você tem que deixar fluir naturalmente. Assim que você tentar fazer algo assim, está tirando a espontaneidade, a animação e a criatividade. Quando você começa uma sessão de composição, é animador, porque você nunca sabe com o que vai acabar. Ao final do dia já podemos ter outro clássico do PRIEST conosco. Você deixa isso fluir - é o que nós fazemos e então as luzes do local são ligadas, sabemos que temos algo."

publicidade

Sobre a substituição de K.K. Downing por Richie Faulkner em 2011:

"É um papel muito difícil. E Richie é muito talentoso, ele foi lá fora e está fazendo o que é necessário, mas ele colocou sua própria marca nisso. Ainda é inconfundivelmente o PRIEST, a banda é a mesma que sempre foi. Mas Richie faz suas próprias coisas. Ele é um guitarrista incrivelmente talentoso e que pode fazer isso. Já disse isso muitas vezes, é um milagre. Não sei onde estaríamos se não tivéssemos achado Richie."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


CliIL WhiFin Goo336