Deftones: guitarrista volta atrás e agora diz que gostou de Gore

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O vocalista do DEFTONES, Chino Moreno, mais uma vez negou os rumores de que Stephen Carpenter vá deixar a banda, após comentários do guitarrista de que estava infeliz com o novo álbum "Gore". Falando com a Kerrang! do Reino Unido, Moreno disse: "As pessoas estão dizendo: ´Você está zangado com o que Stef disse?´ Claro que Não! Esse é Stephen! Ele diz essas merdas para mim! Eu entendo quando ele diz coisas assim, as pessoas vão reagir de certa forma, mas Stephen não diz isso para obter reações - ele é Stephen. Assim que as merdas são."

publicidade

Carpenter insistiu que seus comentários originais não criaram tensão adicional entre ele e seus companheiros de banda. "Não houve nenhum e-mail, mensagem de texto, ligação [de nenhum deles]", disse. "Você sabe o que ouvi por aqui? Grilos. Nada aconteceu."

publicidade

Ele continua: "Quando eu dei a entrevista, eu estava dizendo que no começo eu não estava tão inspirado pelo que estava acontecendo. Eu não elaborei mais que isso. As emoções presas a esse pronunciamento eram realmente sobre a música ´Hearts/Wires´. Assim que eu superei essa merdas e cai de cabeça nisso, eu achei um lugar que gostava e me divertia. Acabei em um dos que mais me diverti. É divertido como as coisas se transformam."

publicidade

Quando perguntado se está feliz com "Gore", ele respondeu: "Ah, sim! Eu fiz oito discos antes de ter qualquer problema, mas eu já fiz dois discos no passado onde alguém não gostou deles nem um pouco. Para mim, finalmente achar esse obstáculo, eu acho que me saí muito bem, porque vi pessoas quebrarem."

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin