Scorpions: depois do Iron Maiden, Fortaleza inicia campanha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/03/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Depois de conseguir realizar o seu grande sonho, trazer o IRON MAIDEN para fazer um show no Castelão, os headbangers de Fortaleza já começam a mirar outras bandas clássicas que, volta e meia, aparecem no Brasil, mas jamais pisaram em solo cearense. Com a notícia revelada pelo jornalista José Norberto Flash de que os SCORPIONS estaria negociando alguns shows no país em setembro, a mira se voltou para os alemães.

3219 acessosBruce Dickinson: o metal não é um estilo da classe trabalhadora5000 acessosOzzy Osbourne: Nirvana e Green Day entre as bandas favoritas

A nova campanha, "Scorpions em Fortaleza", está sendo realizada por alguns dos mesmos nomes que encabeçaram a campanha "Iron Maiden em Fortaleza". Um grupo já foi criado no Facebook e já chegou a quase mil membros no primeiro dia.

https://www.facebook.com/groups/scorpionsfortaleza/#

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Refutando que o metal seja estilo da classe trabalhadora

1007 acessosFabio Lima: guitarra com distorção vs. guitarra sem distorção126 acessosFöxx Salema: Vídeo com cover de "Man on the Edge", do Iron Maiden0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson, vocalista, piloto e cirurgião

Iron MaidenIron Maiden
Nicko Mcbrain tocando clássicos no restaurante

Iron MaidenIron Maiden
A história por trás de "Stranger in a Strange Land"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Scorpions"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"


Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Nirvana e Green Day entre as bandas favoritas

Bandas IniciantesBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

Classic RockClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

5000 acessosJohnny Z: Uma invejável coleção de heavy metal5000 acessosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott5000 acessosTony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward5000 acessosSegredos da Indústria: Quer vender discos? Morra!4475 acessosAlice In Chains: o cabelo de Jerry, gravações e os pais de Layne5000 acessosSeparados no nascimento: Tuomas Holopainen e Roberto Justus

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de março de 2016


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online