Angra: Press-release e fotos do show do Holy Land em São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Damaris Hoffman, Fonte: Top Link Music, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/08/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A banda Angra fez uma grande apresentação em São Paulo, no Tom Brasil, no último sábado (13), em show de comemoração de 20 anos do álbum “Holy Land”. Com casa lotada, os músicos Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria), contaram com a ajuda dos amigos Luis Mariutti (baixo), Ricardo Confessori (bateria), Juninho Carelli (teclados) e Dedé Reis (percussão) para recriar a atmosfera de um dos trabalhos mais importantes do Metal nacional.

3885 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"5000 acessosChris Cornell: a emocionante despedida de Tom Morello

Veja fotos do show:

O jornalista Matheus Augusto, do site Ligado a Música, escreveu o seguinte sobre a interação da banda Angra com as duas baterias e a percussão. “Carolina IV e seus mais de dez minutos viriam a seguir. Antes disso, Ricardo, Bruno e Dedé fizeram uma longa introdução à faixa, um pouco diferente da gravada em estúdio, esbanjando toda a técnica dos três músicos. Não demorou muito e Felipe Andreoli apareceu ao palco saudando a Iemanjá nas primeiras palavras do coro música, coro essa cantando em português: “Salve, salve Iemanjá, salve Janaína e tudo o que se fez na água”. Sem nunca ter seu significado realmente destrinchado pelo grupo, a interpretação da faixa nos traz a algo que nunca chegou ao seu destino, provavelmente Carolina seja uma embarcação, que assim como em grandes navegações da época, se perderam no anonimato e na imensidão dos mares. Uma composição riquíssima, tanto no que se diz respeito a seu instrumental, que conta em uma de suas partes com um trecho tirado de Hermeto Pascoal, quanto como liricamente, “Carolina IV” foi cantada pelo público de ponta a ponta. Além da performance de Lione, que apesar de usar uma técnica diferente da usada por André Matos conseguia alcançar tranquilamente as notas mais altas, Carelli se destacava em seus três teclados, assim como Dedé Reis na percussão. “A próxima música é um emblema de quando nós realmente conseguimos trazer a cultura brasileira junto com o rock”, disse Bittencourt antes do Angra dar continuidade ao repertório”, explicou o jornalista.

A banda segue em turnê pelo Brasil e na Europa no segundo semestre em comemoração aos 20 anos do “Holy Land”. O show no Rio de Janeiro acontece dia 26 de agosto, no Vivo Rio. Os ingressos custam entre R$ 60,00 e R$ 260,00. A procura está bastante alta pelos ingressos.

Mais informações:
http://www.angra.net

Comente: Estava no show? O que achou?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de agosto de 2016

AngraAngra
"Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"

202 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
As músicas de cada álbum que definem a banda

AngraAngra
Banda escaneada em 3D; veja imagem de Rafael

Luís MariuttiLuís Mariutti
Pelos fãs e meus filhos eu faria algo com o Angra

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Chris CornellChris Cornell
A emocionante despedida de Tom Morello

No alto do casteloNo alto do castelo
As diferenças entre os diferentes estilos de rock e metal

Guns N RosesGuns N' Roses
Pobreza, sexo, drogas e Rock n' Roll em nova biografia

5000 acessosDoentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições5000 acessosChinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história5000 acessosSerguei: comentários sobre a morte de Jimi Hendrix5000 acessosPKN: banda punk formada por membros com Síndrome de Down5000 acessosBlack Sabbath: Bill Ward nega contatos de Ozzy e ataca furiosamente a banda

Sobre Damaris Hoffman

Damaris Hoffman, 28 anos, concluiu seu curso de Licenciatura em Filosofia, porém logo partiu para a área da Comunicação Social. Desenvolveu um estilo único de trabalho atuando no departamento de marketing artístico e produção de sua própria empresa. Responsável pela comunicação das bandas Cavalera Conspiracy e Soulfly na América Latina e assessora de imprensa full time das bandas Angra, Project46, Sioux66, Rygel, Capadocia, La raza, Bioface, Worst, e inúmeras outras. Assessora de comunicação das empresas Top Link Music, Gw Entretenimento e Honorsounds.

Mais matérias de Damaris Hoffman no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online