Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemEric Clapton comenta a lenda do pacto com o diabo feito por Robert Johnson

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemVídeos dos shows no Hellfest do Sepultura, Epica, Nightwish, Blind Guardian e outros

imagemO rock está morto? Alice Cooper responde Gene Simmons: "Não acredito!"


Neil Young: catálogo está de volta ao Spotify (e números sobre o streaming de música)

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collectors Room
Em 05/11/16

publicidade

Uma das ausências mais sentidas no Spotify junto com King Crimson e Prince, o músico canadense Neil Young acertou as pontas com o serviço de streaming e recolocou o seu catálogo no app nesta sexta, para alegria de seus fãs e de quem gosta dos bons sons.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O consumo de música através do Spotify e opções semelhantes como Apple Music, Deezer, Pandora e outros aumentou 58% no mercado norte-americano no primeiro semestre de 2016, ultrapassando a audiência do YouTube, líder em popularidade até então.

No total, foram mais de 114 bilhões de músicas acessadas nesses serviços entre janeiro e junho de 2016. Já os vídeos somaram 95 bilhões de reproduções, considerando YouTube, Vevo e similares. Os streamings de vídeo aumentaram 23% em comparação com o resultado de 12 meses atrás.

O aumento no consumo de música nos EUA aumentou em 6,5%, apesar das vendas de CDs terem caído 11%, enquanto as digitais diminuíram 17%. Ou seja, os serviços de música online não só compensaram essas perdas como ajudaram a indústria a aumentar seu alcance, auxiliada também pelas vendas de vinis, que aumentaram em 17%.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com mais de 30 milhões de assinantes, o Spotify é o serviço de streaming de música mais popular, com o dobro do que possui a Apple Music em número de pagantes. As duas empresas estão em batalha por conta da imposição da Apple em limitar os pagamentos in-app do iOS apenas ao sistema dela própria, o que causou a recusa de uma atualização do app do Spotify na App Store.

Apesar da diferença de popularidade, é bom salientar que o aplicativo de origem sueca já opera há quase oito anos na Europa e chegou aos EUA em 2011, enquanto a Apple Music completou um ano do lançamento recentemente. E, apesar da maior popularidade, o Spotify ainda opera no vermelho, principalmente por causa dos caros royalties que precisa pagar pelas músicas do catálogo reproduzidas pelos usuários. As perdas do serviço atingiram US$ 195,7 milhões no ano passado.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemNeil Young, em sua autobiografia, relembra como ele começou a ouvir Bob Dylan

Neil Young revela como filho tetraplégico influenciou o álbum "Trans", de 1982

Provocações: As canções cheias de indiretas entre artistas do rock

Spotify: Neil Young pede que funcionários se demitam; "CEO é o problema, não Joe Rogan"

Neil Young relata o episódio do aneurisma que quase tirou sua vida em 2005

CEO do Spotify diz: "para atingir ambições teremos conteúdo do qual não nos orgulhamos"

Neil Young: Suas 100 melhores músicas, segundo a Rolling Stone

Neil Young: cantor revela motivo de sua saída do Buffalo Springfield e CSNY

Neil Young: suas melhores músicas, segundo a Rolling Stone



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.