Eric Clapton: saiba mais sobre a doença que o acometeu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

O guitarrista Eric Clapton foi visto de cadeira de rodas no aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos. Uma foto do músico em tais condições foi registrada nesta quinta-feira (30), dia em que completou 72 anos de idade.

492 acessosBlend Guitar: em vídeo, dez maiores duos de guitarras no Rock5000 acessosRolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista

Em meados de junho do ano passado, Eric Clapton revelou estar sofrendo de neuropatia periférica, uma doença que afeta o sistema nervoso e a movimentação dos membros. A informação foi divulgada pelo próprio após a imprensa internacional ter especulado que ele passava por sérios problemas de saúde.

O que Clapton disse

O músico conversou sobre o assunto, na ocasião, em entrevista à Classic Rock. Ele confirmou que a doença danificou o seu sistema nervoso e que, desde 2015, tem tido complicações relacionadas à saúde.

"Tive muitas dores ao longo do último ano. Começou com dores nas costas que progrediram para uma neuropatia periférica. Hoje sinto como se levasse choques elétricos que correm por baixo de minhas pernas", disse, em entrevista à revista Classic Rock.

Clapton lançou um novo disco, intitulado "I Still Do", em 2016. O músico também continua a fazer shows, mesmo que esporadicamente. "Ainda posso tocar. Mas tem sido um trabalho duro, às vezes. Refiro-me ao lado físico. Estou ficando velho e isso é duro. Mas eu ainda gosto de tocar. Sento-me em um canto de nossa sala, pego uma guitarra e toco na parte da manhã. À tarde eu descanso", contou, na época.

Apesar dos problemas relacionados à sua saúde, Eric Clapton afirma estar surpreso por continuar vivo após mais de 70 anos, pois ele abusou de álcool e drogas ao longo de quase toda a vida. "Por ainda estar em recuperação do alcoolismo e da dependência de substâncias químicas, considero que é uma grande coisa estar vivo. Por alguma razão, fui arrancado das garras do inferno e me foi dada outra oportunidade", disse, na ocasião.

A doença

A neuropatia periférica afeta os nervos periféricos. Muitas vezes, pode ser incapacitante. Às vezes, pode ser fatal.

Existe a mononeuropatia, que atinge apenas um nervo e a polineuropatia, que afeta vários nervos, simetricamente, em ambos os lados do corpo. A última pode se ampliar progressivamente.

As possíveis causas da neuropatia periférica são mistas: diabetes, alcoolismo, insuficiência renal crônica, paraneoplasia, infecções, amiloidose e sarcoidose são algumas deles. A quimioterapia, utilizada no tratamento do câncer, também pode induzir a neuropatia periférica.

Pelos relatos de Eric Clapton, possivelmente, ele sofre de polineuropatia, visto que vários nervos do músico foram afetados e comprometeram a sua mobilidade. Ainda é possível inferir, por suas declarações, que o abuso de bebidas alcoólicas ao longo das décadas pode ter sido o principal responsável por esta condição.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

492 acessosBlend Guitar: em vídeo, dez maiores duos de guitarras no Rock3098 acessosRock In Rio: fã cria line-up só com artistas "inéditos" desde 20110 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Eric Clapton"

MilionáriosMilionários
Os músicos mais ricos do Reino Unido

Dia do RockDia do Rock
Cinco histórias que unem F1 e Rock' n' Roll

GibsonGibson
10 guitar heroes nomeiam seus guitar heroes

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Eric Clapton"


Rolling StoneRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Em vídeoEm vídeo
A diferença entre ser músico e ser rockstar

Doom MetalDoom Metal
Os trabalhos essenciais segundo o About.com

5000 acessosMotorhead: Lemmy conta seu segredo com as mulheres5000 acessosMilho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?5000 acessosRolling Stones: as 10 melhores segundo a... Rolling Stone4484 acessosIron Maiden: "Sign of the Cross", uma viagem pessoal5000 acessosBlack Sabbath: veja manuscrito da letra de "Iron Man"5000 acessosMetallica: corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 30 de março de 2017
Post de 01 de abril de 2017


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online