Lobos de Calla: "Sala de Emergência" é o novo clipe da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bernardo Silvino, Fonte: Build Up Media, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

A invisibilidade social é tema do novo clipe da LOBOS DE CALLA. “Sala de Emergência” é um dos destaques do novo álbum do trio belorizontino e acompanha um personagem sem rumo pelas ruas do centro da capital mineira. A produção independente vem para trazer nova luz sobre o elogiado álbum “Às Vezes Eles Voltam”, lançado em janeiro.

5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?5000 acessosMáscaras: confira algumas das mais fodas do metal

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Em cena, o vocalista e guitarrista Eduardo Ladeira coloca em sua performance toda a intensidade da letra, embalada por um arranjo crescente. Versos como “o tempo está fechado / como o rosto de quem passa” inspiraram uma crônica urbana cantada por um morador de rua, mostrando a visão de quem mal é percebido pelas pessoas com quem divide a cidade.

Não por acaso, as cenas perderam as cores. “Acredito que o preto e branco se enquadra melhor na própria estética musical da faixa. Ela possui uma espécie de mantra com um ar bem denso, e por mais que possua várias camadas sonoras, são variações do mesmo preto e branco das imagens”, revela Eduardo. Além dele, a banda é formada por Bernardo Silvino (baixo) e Diego Mancini (bateria).

A ideia do roteiro veio da vontade de retratar um personagem urbano vivendo em meio às mazelas da cidade, interpretando seus lamentos e questionamentos. As imagens só ganharam vida quando os músicos chegaram à rua para a captação, sem saber o que esperar das ruas no entorno da Praça da Estação, em Belo Horizonte. “Não posso afirmar que havia um roteiro, apenas deixamos a cidade falar por si própria e fizemos o registro”, completa o vocalista.

“Sala de Emergência” já é o segundo clipe deste novo trabalho - “Quase nada” foi a primeira a estrear em vídeo. “Sala” foi escolhida como single pela potência da letra, um verdadeiro desabafo de Ladeira, que assina como autor, e pelo seu arranjo. O objetivo é trazer visibilidade não apenas para o trabalho da banda, mas também pela abordagem densa de a marginalização social para certas parcelas da sociedade. “É o tipo da música que dialoga bem com outras manifestações artísticas, como o cinema e o próprio grafite, que inserimos por meio de imagens captadas no local”, conclui o compositor.

Feito totalmente de forma independente, o clipe teve direção, roteiro e fotografia de Eduardo Ladeira e Bernardo Silvino, este último também responsável pela edição do vídeo.

Formado em 2010, o power trio lançou no mesmo ano o primeiro disco “Querozene”, para em seguida divulgar o segundo álbum “Cores e Nuvens” (2011). Já 2017 trouxe o novo álbum “Às Vezes Eles Voltam”. Eclético, ele viaja nas raízes da banda e mescla as influências musicais dos integrantes. É notória a referência a estilos e movimentos musicais diversos, como o rock nacional dos anos 90, o rock britânico dos anos 60, o punk rock e até mesmo elementos do rock progressivo.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Lobos de Calla"

MegadethMegadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko?

MáscarasMáscaras
Confira algumas das mais fodas do metal

Vida de rockstarVida de rockstar
Sexo, drogas, álcool e mau comportamento

5000 acessosMarcos De Ros: os álbuns que marcaram o guitarrista5000 acessosRammstein: Eles foram processados por canibal de Rotenburg5000 acessosSlipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara5000 acessosRitchie Blackmore: o homem da terra de ninguém5000 acessosMetal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômito5000 acessosGastão Moreira: ex-VJ relembra o Fúria Metal e escolhe músicas

Sobre Bernardo Silvino

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online