Chris Cornell: produtor vê "Superunknown" de outra forma após suicídio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda, Fonte: Alternative Nation
Enviar correções  |  Comentários  | 

Michael Beinhorn, que foi o produtor do disco "Superunknown" (1994), do Soundgarden, afirmou que o suicídio de Chris Cornell mudou o significado do álbum para ele. "Superunknown" é o trabalho de maior sucesso da banda e foi o único a conquistar o topo das paradas nos Estados Unidos, além de posições expressivas nos charts de diversos países pelo mundo afora.

1065 acessosMetallica: Soundgarden inspirou riff de "Enter Sandman"5000 acessosOzzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

"O suicídio de Chris colocou 'Superunknown' em um contexto totalmente diferente para mim. Estive escutando algumas das demos e pela primeira vez, o que ele cantou me atingiu com profunda finalidade", disse, em trecho de publicação no Facebook, divulgada poucos dias após a confirmação da morte do cantor.

O produtor disse que ficou obcecado com as letras quando "Superunknown" estava sendo gravado. "Sempre suspeitei que as letras revelavam mais do que alguém gostaria de saber, mas sempre que eu perguntava por alguma visão sobre o que ele (Chris) estava tentando dizer, ele sempre me olhava como se eu fosse um ET e dizia: 'não significam nada, são apenas palavras'. Ok, certo. Então, esses demônios eram reais, no fim das contas", afirmou.

Beinhorn citou que, em tempos de "artistas preguiçosos", muitos se esquecem dos esforços daqueles que "deram tudo por suas artes". "O sofrimento humano é endêmico à nossa condição e, por linhagem direta, às artes. Sofrimento é necessário ao processo de criação artística, assim como expressões de alegria ou triunfo. Quando alguém promete descobrir a sua alegria mais profunda, simultaneamente, entra no mesmo contrato para buscar sua dor mais profunda", disse.

Segundo o produtor, Chris Cornell "se empurrava em cada centímetro de sua criação e se recusava a parar até libertar seus demônios de seu encarceramento corporal". Ele complementa: "Ele tocava guitarra com precisão extraordinária e cantava por horas, até sua cabeça começar a doer e ele não conseguir mais ficar de pé. Se uma performance dele estava em qualidade inferior, ele estava preparado para começar de novo do zero, sem hesitar".

Comente: "Superunknown" é o seu disco preferido do Soundgarden?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 15 de julho de 2017

MetallicaMetallica
Soundgarden inspirou riff de "Enter Sandman", diz Kirk Hammett

485 acessosChris Cornell: Dave Grohl chora ao relembrá-lo em entrevista1247 acessosNirvana: "falei para Kurt que a sua alma era espiritualmente vazia"723 acessos30 Seconds To Mars: veja tributo a Bowie, Prince, Linkin Park e mais1114 acessosAudioslave: emocionante histórico narrado pelo próprio baixista1087 acessosPerry Farrell: "Chris Cornell cantava sobre suicídio"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Soundgarden"

Chris CornellChris Cornell
Homenagem ao cantor durante show do Metallica

Pearl JamPearl Jam
Guitarrista faz homenagem a Chris Cornell

Chris CornellChris Cornell
A emocionante despedida de Tom Morello

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Soundgarden"0 acessosTodas as matérias sobre "Chris Cornell"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

TragédiasTragédias
10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal

PoeiraPoeira
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

5000 acessosMetallica: fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?5000 acessosOzzy Osbourne: No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil5000 acessosMetal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o Sepultura5000 acessosDavid Coverdale: casamento, dinheiro e meditação5000 acessosGuns N' Roses: comediante amigo dos caras diz que ajudou na reunião5000 acessosBateristas: Os 30 melhores de todos os tempos

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online