Caso de Polícia: headbanger goiano desaparecido desde início do mês

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar Correções  

O headbanger Diego Souza está desaparecido desde o início do mês de outubro. Fã de bandas como a gaúcha REBAELLIUM, Diego de Souza Gomes, de 30 anos, ajudante de descarga, mora em Goiânia mas está sumido desde o dia 2 de outubro. Seu último contato foi com a esposa, Letícia Oliveira, de quem se despediu em um terminal de ônibus, na manhã de seu desaparecimento, antes de cada um seguir para seu trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Às nove da manhã desse mesmo dia, Letícia começou a receber mensagens no Whatsapp em que ele estaria se despedindo em tom suicida e dizendo como queria que fosse preparado seu funeral. "Minhas coisas ficarão dentro de um pneu" e "Fala pra minha mãe que se tiver como colocar eu junto com meus avós eu agradeço. Fala que eu peço desculpas pra ela e pros meus irmãos". Um "te amo" foi a última mensagem, enviada às 9:52 da manhã, enquanto a esposa, desesperada, implorava para que ele atendesse à sua ligação.

Não houve mais nenhuma notícia de Diego até o presente momento. Nem mesmo algum corpo, que poderia ser o dele, foi encontrado. A Polícia Civil está investigando o desaparecimento de Diego. Caso você tenha alguma informação sobre o banger desaparecido, entre em contato com a Polícia Civil ou com a Polícia Militar de Goiânia, ou através dos telefones 62 99435 0226 e 62 3996 5383.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separaçãoGuns N' Roses
A versão de Axl Rose sobre a separação

Heavy Metal: as piores capas dos grandes artistas do gêneroHeavy Metal
As piores capas dos grandes artistas do gênero


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Cli336 CliHo Cli336 WhiFin