Bruce Dickinson: manifestações nazistas não tem espaço na música

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Bruce Dickinson detonou um homem que prestou a saudação nazista levantando o braço direito durante um show no Canadá na semana passada.

publicidade

O sujeito, cuja identidade não foi revelada, foi expulso do show do Death Preacher no dia 8 de dezembro em Vancouver, após fazer o gesto. "Manifestações nazistas não tem lugar na música do qual eu quero fazer parte", disse Bruce à CBC News. "Acho que as pessoas precisam de um pouco mais de lições de história, ao invés de uma lição de ignorância, o que parece estar disseminado com muita frequencia". Depois ele prosseguiu: "Pessoas deste país - USA, Canadá, Inglaterra - pais e avôs, lutaram e morreram pra construir um mundo onde não houvesse espaço pra este tipo de coisa".

publicidade

O promotor do show disse que manifestações nazistas são inaceitáveis no seu trabalho. "Estou próximo de completar 80 shows em meu currículo, e esta é a primeira vez que isto acontece. Não quero meus eventos associados a este tipo de coisa. Todos tem direito a ter uma opinião e há a questão da liberdade de expressão, mas é meu show e eu vou estabelecer o limite de dizer 'Nada de nazistas aqui'. Fim de papo".

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

VH1: 100 melhores músicas de hard rock de todos os temposVH1
100 melhores músicas de hard rock de todos os tempos


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin