Matérias Mais Lidas

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemO dia que Roberto Justus disse a João Gordo que nunca bebeu uma gota de álcool na vida

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemEdu Falaschi critica apresentador do SporTV por crítica à CR7: "Falar até papagaio fala"

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemTarja Turunen diz que era um patinho feio na cena do metal

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemTuomas Holopainen achou que o Nightwish fosse acabar após saída de Marko Hietala

imagemO segredo do sucesso do Metallica, na opinião do guitarrista Kerry King

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemPara Santana, Jimi Hendrix tocando em estúdio era "como se estivesse possuído!"


Samael Hypocrisy
Lift Detox

Velvet Revolver: "não há nada de positivo para falar sobre a banda", diz Slash

Por Igor Miranda
Fonte: Rolling Stone
Postado em 15 de agosto de 2018

O guitarrista Slash relembrou seu período no Velvet Revolver e o falecimento de seu vocalista, Scott Weiland, em entrevista à Rolling Stone. Slash montou a banda com o baixista Duff McKagan e Matt Sorum, seus então ex-colegas de Guns N' Roses, no início da década passada. Weiland, consagrado por seu trabalho com o Stone Temple Pilots, assumiu os vocais, enquanto Dave Kushner foi chamado para a guitarra base. O grupo acabou em 2008 e Scott faleceu no fim de 2015.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Por mais louco que aquele período tenha sido, ainda fiquei chocado ao ficar sabendo sobre Scott. Mas, sim, o Velvet Revolver não foi divertido. Não tenho nada positivo para dizer sobre aquela experiência, exceto pelo fato de que compusemos algumas coisas boas", disse Slash, brevemente, ao ser questionado sobre a morte de Scott Weiland.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em outro momento da entrevista, Slash relembrou a tentativa de contar com Izzy Stradlin, ex-Guns N' Roses, na banda. "Houve um ponto, bem antes do Velvet Revolver, em que ele estava interessado em fazer algo. Só que estávamos procurando um frontman e ele não queria lidar com isso. Mas não foi um grande problema. Não houve nenhum tipo de decepção ou algo do tipo, pelo menos no que diz respeito a mim", afirmou.

As lembranças ruins relacionadas ao Velvet Revolver podem ter relação não só com as brigas envolvendo Scott Weiland, como também pela própria saúde de Slash. O guitarrista disse, em um terceiro momento da entrevista, que vivenciou o "ponto mais baixo da vida" entre 2005 e 2006, devido a problemas de saúde originados dos anos em que abusou das drogas e álcool. Desde então, o músico se mantém completamente sóbrio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A motivação para tocar foi o que me salvou. Quando fiquei muito doente pela primeira vez, eu estava na estrada abrindo para o AC/DC e tive que cancelar. Foi a primeira vez que precisei cancelar alguma coisa e fiquei frustrado. Quando os médicos disseram que eu tinha seis semanas de vida e me colocaram em fisioterapia, me deram alguns remédios. E o médico que colocou o desfibrilador em mim disse para eu me 'endireitar' por um tempo. Fiquei tão motivado para repor aquelas datas que foi isso o que me salvou. Entre 2005 e 2006, fui ao meu ponto mais baixo e foi muito ruim. Não há nada do tipo 'recapturar a glória', isso não vai acontecer", afirmou Slash.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista, na íntegra, na URL a seguir (em inglês).

https://www.rollingstone.com/music/music-features/slash-speaks-inside-the-guns-n-roses-reunion-and-his-new-album-710144/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp
Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scott Weiland: dez momentos inesquecíveis do vocalista

Slash: "eu odeio o emo e seus guitarristas"

Scott Weiland: as melhores canções de sua carreira solo

Doors - Perguntas e Respostas

Iron Maiden: quanto tem de patrimônio cada um dos integrantes da banda?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.