Green Day: Billie Joe fala sobre Dookie no 25° aniversário do álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Instagram
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista e guitarrista do Green Day, Billie Joe Armstrong, falou sobre "Dookie", terceiro álbum de estúdio da banda, por meio das redes sociais. O disco foi responsável por alçar o grupo ao estrelato em 1994 e completou 25 anos de lançamento na última sexta-feira (1°).

Guns, Red Hot, Stones, Green Day e George Clinton: Um encontro histórico em 2012Mustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?

Armstrong contou que o Green Day queria fazer algo especial relacionado a "Dookie", como "tocar todas as músicas nas pirâmides do Egito ou em Machu Picchu" e que não deu certo, mas que "ainda dá tempo" em 2019. Em seguida, comentou que ele pensa muito em Berkeley, cidade na Califórnia, Estados Unidos, quando se lembra do álbum. Na época, segundo ele, os integrantes da banda moravam em um porão junto de outros músicos, do East Bay Weed Company.

"Nosso amigo Ben Mattick... universitárias socialistas que moravam no andar de cima. Compondo 'She' e 'Coming Clear'. Andar de bicicleta e fumar um. Fazer 21 anos. Pete's Wicked Ale. Risadas histéricas e maníacas. Era a nossa pequena casa punk. Eu compunha músicas a noite toda e acordava às 14 horas. Pegava um pãozinho e um café, minha guitarra, meu amplificador Marshall, meu gravador 4-track", disse.

Na época, os membros do Green Day conheceram o produtor Rob Cavallo, com quem eles afirmam ter "aprendido muito". Billie Joe Armstrong também citou a "incrível capa" feita por Richie Bucher, após ele ter desenhado outra arte para uma banda chamada Raúl.

"O baixo G3 do Mike. A caixa da Noble do Tré... dirigindo o meu velho Ford Fairlane ouvindo 'Longview' no rádio pela primeira vez. Blair Hess. Nosso primeiro show na Itália em um lugar chamado In Bloom. Noites selvagens em Barcelona. Ter muita incerteza sobre o nosso futuro, mas não dar a mínima. Querendo e temendo ser uma estrela do rock, se é que isso é possível. A reação local da cena punk. Brigas na Gilman Street. Stress, stress, stress!", disse.

Por fim, o músico disse que é necessário ter "gratidão pelos momentos ruins e feios também". "Bem, esses são os pensamentos aleatórios que tenho por agora. Espero que as pessoas continuem nos ouvindo, porque vamos continuar tocando", afirmou.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Green Day"


Guns, Red Hot, Stones, Green Day e George Clinton: Um encontro histórico em 2012

Green Day: banda toca álbum Dookie na íntegra em show; veja vídeosGreen Day
Banda toca álbum Dookie na íntegra em show; veja vídeos

Green Day: Billie Joe Armstrong relembra a mudança na época de DookieGreen Day
Billie Joe Armstrong relembra a mudança na época de Dookie

Green Day: Billie Joe Armstrong revela qual a sua música preferida do grupoGreen Day
Billie Joe Armstrong revela qual a sua música preferida do grupo

Green Day: rumores indicam que banda pode tocar Dookie na íntegraGreen Day
Rumores indicam que banda pode tocar "Dookie" na íntegra

Green Day: Shakira canta "Basket Case" e é aprovada pela banda

Green Day: ouça Fire, Ready, Aim, mais uma nova música da bandaGreen Day
Ouça "Fire, Ready, Aim", mais uma nova música da banda

Rock in Rio: Green Day já foi chamado para o festival e recusou? Medina respondeRock in Rio
Green Day já foi chamado para o festival e recusou? Medina responde

Green Day: banda muda letra de American Idiot para atacar TrumpGreen Day
Banda muda letra de American Idiot para atacar Trump

Em 20/09/2004: Green Day lançava o álbum American Idioit

Hard Rock e Metal: os vinte discos mais vendidos nos EUAHard Rock e Metal
Os vinte discos mais vendidos nos EUA

The Sun: os dez melhores riffs da história do RockThe Sun
Os dez melhores riffs da história do Rock


Mustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?Mustaine
Por que ele perdeu seu emprego no Metallica?

Top 10: Melhores Baixistas de todos os temposTop 10
Melhores Baixistas de todos os tempos


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336