Mil Faces: Metal Alternativo? Nu Metal? Avant Garde?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Patrício, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Recife, a Veneza Brasileira. Terra onde o carnaval desperta com o canto de um "Galo da Madrugada". Terra que é berço de tantos rios, de rios musicais como o "Udigrui" de Alceu Valença e Ave Sangria. Terra da lama do mangue, do "Mangue Beat" de Chico Science & Nação Zumbi e da Mundo Livre SA. Podemos citar ainda o Punk Rock do Devotos, do Matalanamão e o Metal de bandas como Cangaço e Hanagorik. É dessa Recife de pontes, lama e caos sonoro que vem a Mil Faces.

Slipknot: "para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"Versões originais: 10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Talvez o nome da banda já sirva pra mostrar o prisma musical de onda a mesma vem. Com tantas influências musicais, nada mais representativo do que um nome desses: Mil Faces. A banda surge na periferia do Recife, zona norte, pra ser mais preciso. Quando Paulo JP e Ninho saem de uma festa, bêbados e tresloucados, se veem cantando bobagens e, dessas "bobagens", resolvem sentar pra compor uma música.

"Putaria" seria a música que sairia de uma inspiração na tal festa. Mas eles não pararam por ai e resolveram montar uma banda. Chamaram então o amigo Neto para a guitarra e Dinho para a bateria. Depois de rodar com vários baixistas, deixaram com a multi instrumentista, Rebeca Cristina, a função de comandar a "baixaria" da banda. O nome do grupo vem de "Mil Faces do Ódio", inspirados na banda Devotos, que teve como primeiro nome "Devotos do Ódio". Resolveram depois, por sugestão do baterista Dinho, retirar o "do ódio" e deixar apenas "Mil Faces", algo semelhante ao que a Devotos também havia feito.

Mil Faces é daquelas bandas difíceis de se rotular e classificar, o que é fruto das vivências musicais de cada integrante e da quente e desigual Recife, cidade "alma mater" da banda. Justamente para denunciar a desigualdade, a MF foca vários dos temas de suas músicas nas discrepâncias sociais da cidade, mas também não deixa de falar das coisas mais "usuais da vida", como sexo, drogas e liberdade. Bem, pra entender as "mil faces" da Mil Faces, banda da terra do caos sonoro, só ouvindo a música deles.

Vídeos da Mil Faces:

Sentença de Morte:

Viagem ao Inferno:

Putaria:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Mil Faces"


Slipknot: para cada Mustaine falando merda há um HetfieldSlipknot
"para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

Versões originais: 10 músicas que foram tomadas emprestadasVersões originais
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas


Sobre Anderson Patrício

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336