Paul Di Anno: "Bruce Dickinson é prata e eu sou ouro!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: RockSomething.com
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista ao site RockSomething.com, em setembro de 2005, Paul Di'Anno declarou que Bruce Dickinson “soa falso” ao cantar o material dos dois primeiros álbuns do IRON MAIDEN, nos quais Di’anno ainda era o vocalista da banda inglesa. Di’anno disse ainda que “adora viver no Brasil”.

1112 acessosBruce Dickinson: Biografia oficial a caminho5000 acessosDream Theater: os segredos do álbum Octavarium

Confira os principais trechos do bate-papo logo abaixo ou clique aqui para ler o bate-papo, em inglês, na íntegra:

RockSomething.com — O que você achou de o Maiden tocar em sua última turnê diversas músicas com Bruce Dickinson? No DVD “Early Days” você chegou a dizer que Dickinson era um cantor melhor...

Paul Di’anno — Você deve se lembrar que essas entrevistas e filmagens são sempre altamente editadas, e eu disse (em várias ocasiões, inclusive) que o Bruce é o melhor cantor para o Maiden com o material que veio mais tarde. Acredito que o estilo operístico e teatral de sua voz combina mais com o material que veio depois, mas honestamente acho que ele soa tremendamente falso quando tenta seguir meus passos nas músicas dos dois primeiros álbuns. Minha voz é agressiva e violenta. É como se alguém tentasse me imitar e eu sempre tive uma porra de voz completa. A voz de Bruce é cantada de uma fora apropriada, muito limpa e com todas as letras pronunciadas corretamente, e você pode imagina-lo praticando esgrima enquanto faz seus exercícios vocais. Ele soa como um bom garoto na escola pública (o que, na verdade, ele foi) que costumava cantar na igreja local e que foi um sucesso entre as vovós. Eu, entretanto, tinha o pinto chupado pelas putas do parque, sendo o animal que eu fui e sempre tenho sido. Bruce é prata, mas eu sou ouro, simplesmente isso.

RockSomething.com — Os dois primeiros álbuns do Maiden ainda são creditados como ótimos por algumas pessoas. Isso o deixa orgulhoso ou em alguns momentos você gostaria de esquecer o passado do Maiden

Paul Di’anno — Há muitas pessoas por aí que se esquecem que a minha voz foi e ainda é grande parte do passado do Maiden. Entretanto, alguns cuzões fazem um tremendo barulho por me verem cantando ‘Running Free’ e os outros clássicos, mas quando o Bruce canta os dois primeiros álbuns e tentar clonar minha voz, então isso é perfeitamente aceitável?

RockSomething.com — Você já chegou a escutar o Maiden com Blaze Bayley?

Paul Di’anno — Tento não ouvir merdas.

RockSomething.com — Li que você esteve ou está morando no Brasil. Como foi isso?

Paul Di’anno — Morei lá por pouco tempo, é um mercado extremamente grande para mim, e foi fácil morar lá por um tempo, ao invés de ficar viajando para shows, gravações etc. Eu amei morar no Brasil por pouco tempo, o meu lugar predileto no mundo todo, mas agora voltei a viver em Wiltshire, no Reino Unido.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 16 de setembro de 2014

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Biografia oficial a caminho

438 acessosBlend Guitar: Os maiores duos de guitarras gêmeas?538 acessosTales Of The Iron Maiden: Animação de "Fear Of The Dark"727 acessosIron Maiden: Quadrinhos e action figures na Comic-Con de San Diego0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Nicko McBrain: "nossos fãs são realmente leais"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
"Empresas precisam de fãs, não de clientes"

Iron MaidenIron Maiden
West Ham justifica a saudação "Up the Irons"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Brigas"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"0 acessosTodas as matérias sobre "Bruce Dickinson"

Dream TheaterDream Theater
Os muitos segredos do álbum "Octavarium"

Bon JoviBon Jovi
O mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"

Judas PriestJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

5000 acessosSeguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundo5000 acessosEpica: belas fotos da bela vocalista Simone Simons5000 acessosCapas de álbuns com ilusões de ótica5000 acessosSepultura: Max Cavalera recrutou membro do Skank para três álbuns1906 acessosDrew Struzan: a arte nas capas do Black Sabbath, Alice Cooper e outros4973 acessosCompre e saia apavorando: Venom lança máscara do tinhoso em latex

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online