Dinho Ouro Preto: lançado segundo EP de covers, com faixas de Raul, Raimundos e mais

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, lançou o compacto digital "Roque em Rôu Vol. 2" nesta sexta-feira (22). A segunda parte do material de covers conta com versões de "Metamorfose Ambulante" (Raul Seixas), "A Mais Pedida" (Raimundos) e "Inverno" (Vertigo).

Raimundos: Japinha, do CPM 22, fala sobre letras polêmicas dos colegasEntrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistador

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bruno Fioravanti - Divulgação
Bruno Fioravanti - Divulgação

A escolha por "Metamorfose Ambulante" se deu porque Dinho Ouro Preto classifica Raul Seixas como "um dos artistas mais subestimados no país". "grande parte dos brasileiros não tem ideia do alcance de sua obra. Um grande número de roqueiros nacionais também não o considera parte da 'categoria'. Na minha opinião é uma injustiça. Ele é um dos pioneiros, um corajoso desbravador, um criador sem amarras-livre; além de roqueiro de carteirinha. Literalmente", disse o cantor, em material de divulgação.

Dinho Ouro Preto: cantor lança EP solo com covers de CPM 22 e Skank; ouçaDinho Ouro Preto
Cantor lança EP solo com covers de CPM 22 e Skank; ouça

Já a opção pelo Raimundos foi porque Dinho disse que ama a banda, que surgiu anos depois de seu início com o Capital Inicial. "Amo os Raimundos. Simples assim. É por isso que eles estão no meu disco. Eles estão no topo da lista das melhores bandas de rock brasileiras todos os tempos. Pronto, falei. Lembro do primeiro show que assisti, Canisso ainda moleque, as primeiras bandas do Digão. Quando ouvi o primeiro disco deles, aquilo me bateu como uma martelada na cabeça. Foi um divisor de aguas. Durante uns bons anos, ninguém chegava perto do prestígio deles. Nos últimos anos, o Digão tirou outro coelho da cartola - conseguiu reinventar a banda. Nós tocamos juntos com frequência", afirmou.

Por fim, a escolha por regravar uma música do Vertigo, antigo projeto de Dinho, teve o intuito de reviver o momento. "Nos últimos dias de gravação, por algum mistério, lembrei dos relançamentos dos meus discos e do meu desejo e revisitá-los. Num rasgo de autoindulgência decidi que eu poderia unir meus dois desejos - celebrar o rock brasileiro e resgatar um pequeno pedaço do meu repertorio esquecido ao mesmo tempo. E assim, inclui o Vertigo entre as bandas dos 90. O disco todo da banda é bacana e reitero, ainda vou regravá-lo", disse.

Ouça o EP a seguir, via Spotify:

Ficha técnica:

Vocal: Dinho Ouro Preto
Guitarra: Fabiano Carelli
Baixo: Mauro Berman
Bateria: Lourenço Monteiro
Teclados: George Fonseca
Gravação, mixagem e masterização: Marck
Estúdio de gravação: Nano Studio




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dinho Ouro Preto"Todas as matérias sobre "Capital Inicial"Todas as matérias sobre "Raimundos"Todas as matérias sobre "Raul Seixas"


Raimundos: Japinha, do CPM 22, fala sobre letras polêmicas dos colegasRaimundos
Japinha, do CPM 22, fala sobre letras polêmicas dos colegas

Raimundos: Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punkRaimundos
Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punk

Raimundos: Canisso relembra fase pós-RaimundosRaimundos
Canisso relembra fase pós-Raimundos

Rock in Rio 2001: boicote de bandas nacionais foi uma bobagem, diz Roberta MedinaRock in Rio 2001
Boicote de bandas nacionais foi uma "bobagem", diz Roberta Medina


Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorEntrevistas
Coices e tretas entre artista e entrevistador

Motorhead: Segundo Lemmy Kilmister, Rap não é músicaMotorhead
Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336