Alicia Silverstone: atriz de clipes não curtia ser chamada de "garota do Aerosmith"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Cinema Blend
Enviar Correções  

A atriz Alicia Silverstone se tornou bastante conhecida entre os fãs de rock por ter estrelado três clipes do Aerosmith. Os vídeos que contam com a intérprete são os feitos para as músicas "Cryin'", "Amazing" e "Crazy" - neste, ao lado de Liv Tyler, filha do vocalista Steven Tyler. Todas as canções saíram do álbum "Get a Grip" (1993), um dos trabalhos de maior sucesso da banda.

Slipknot: "para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

Iron Maiden: quanto tem de patrimônio cada um dos integrantes da banda?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na época, Alicia estava com apenas 17 anos e acabou fazendo muito sucesso. Porém, por algum tempo, ela carregou um estigma de estar sempre associada a esses clipes. Não demorou muito para que o problema fosse resolvido, já que ela trabalhou, em 1995, no filme "As Patricinhas de Beverly Hills", também de muito sucesso. Em seguida, ela emendou outros papéis em longas como "Batman & Robin" (1997) e "De Volta para o Presente" (1999), entre outros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em recente entrevista ao site Cinema Blend, Alicia Silverstone contou que não gostava do rótulo de "a garota do Aerosmith" ("the Aerosmith chick"), atribuído a ela no início de sua carreira. "Eu lembro que me chamavam assim quando eu tinha 17 anos e ficava muito ofendida! Eu pensava: 'sou uma atriz séria, como vocês podem fazer isso?'. Hoje em dia, acho hilário, mas na época eu achava rude", afirmou.

Ela também reconheceu que o trabalho em "As Patricinhas de Beverly Hills" foi essencial para que esse estigma fosse deixado para trás. Porém, ela disse que não lidou tão bem com a fama repentina, já que era jovem demais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Sou grata por esse filme, mas na época eu era tão jovem e isso me pegou de jeito. Já foi algo grande quando fiz 'Paixão Sem Limite' (1993), que se saiu bem. Fiz vários filmes, gravei os clipes do Aerosmith, depois participei de mais filmes. Eu estava ficando cada vez mais famosa e isso era cada vez mais desconfortável. Eu tinha 18 anos em 'As Patricinhas de Beverly Hills'. Era muito. Precisava de terapia e não tinha", disse, justificando, dessa forma, o porquê do rótulo de "garota do Aerosmith" tê-la deixado chateada na época.

Os clipes do Aerosmith com Alicia Silverstone ainda fazem muito sucesso. No YouTube, "Crazy" registra 520 milhões de visualizações, enquanto "Cryin'" e "Amazing" estão, respectivamente, com 243 e 171 milhões.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slipknot: para cada Mustaine falando merda há um HetfieldSlipknot
"para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

Iron Maiden: quanto tem de patrimônio cada um dos integrantes da banda?Iron Maiden
Quanto tem de patrimônio cada um dos integrantes da banda?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt GooLinksQuad