Matérias Mais Lidas

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver

imagemCinco álbuns que serão lançados no segundo semestre de 2022 e merecem a sua atenção

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemDepeche Mode divulga a causa oficial da morte de Andy Fletcher

imagemAmazon: seleção de CDs, LPs e livros de rock e metal com descontos e frete gratis


Stamp

Guns N' Roses: Trump criticado por tocar "Live and Let Die" em fábrica de máscaras

Por Igor Miranda
Fonte: Loudwire
Em 07/05/20

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi alvo de críticas nas redes sociais após uma visita a uma fábrica de máscaras faciais, chamada Honeywell, no Arizona. Na ocasião, a música "Live and Let Die" (original do Wings), na versão do Guns N' Roses, estava sendo reproduzida no sistema de som do local - ao que tudo indica, em uma playlist montada pela equipe dele, também incluindo músicas como "Tiny Dancer" (Elton John), "Eye of the Tiger" (Survivor) e "House of the Rising Sun" (The Animals), entre outras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assinada por Paul McCartney e sua esposa Linda McCartney para o filme "007: Live and Let Die" (1973), a composição de "Live and Let Die" chama atenção pelo título (traduzido, "Viva e deixe morrer") em meio à pandemia do novo coronavírus, que já tem mais de 260 mil óbitos registrados. Deste número, mais de 74 mil falecimentos (mais de 25% do total) ocorreram apenas nos Estados Unidos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A letra apresenta uma espécie de reflexão, em que pessoas aceitam mais a expressão "viva e deixe morrer" com o passar dos anos, enquanto que, na juventude, o lema é "viva e deixe viver". Em outro trecho, Macca faz uma conexão mais próxima com o filme de James Bond: "Quando você tem um trabalho para fazer, vVocê tem que fazer isso bem; Você tem que mandar o outro cara pro inferno".

Para muitos, a escolha da música poderia ser mais apropriada. "'Live and Let Die' é, provavelmente, a música mais apropriada para representar a administração de Trump ao lidar com isso", disse um internauta, pelo Twitter. "Apropriado. Lucros vivem, deixe as pessoas morrerem", afirmou outra. "Dada a performance de Trump na pandemia, isso deve ter sido intencional", declarou um terceiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além disso, durante a visita, Trump e sua equipe utilizavam óculos de proteção, mas não estavam com máscaras faciais durante a visita à fábrica - esse foi o principal ponto de crítica de parte da população. Alguns estados do país passaram a exigir o uso de máscaras em espaços públicos, diante das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e especialistas em saúde de todo o mundo.

Após a polêmica relacionada ao não-uso das máscaras, Trump veio a público na última quarta-feira (6) para afirmar que utilizou a proteção facial durante um período de tempo. "Mas disseram que eu não precisaria, então, eu não precisei. Se você perceber, ninguém da minha equipe estava usando. Ficamos longe das pessoas que estavam trabalhando nas máquinas", afirmou, conforme reportado pela CNN. Um representante da Honeywell confirmou que o presidente foi autorizado a não fazer uso da máscara.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curiosamente, o vocalista do Guns N' Roses, Axl Rose, é bastante crítico à gestão de Donald Trump. O cantor ainda não se manifestou sobre a situação.

Guns N' Roses: Axl Rose reclama do uso de músicas em comícios de Trump

Axl Rose: "não temos um presidente", diz sobre Donald Trump

Axl Rose: tirando sarro de declaração do Donald Trump

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Axl Rose: Insinuando que Melania Trump era prostituta ao entrar nos EUA

imagemGuns N' Roses: Uma "homenagem" a Donald Trump no show do México

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Eduarda Henklein: brasileira de 6 anos toca Guns N' Roses na Itália


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.