Navighator: projeto idealizado por Marcos Medina lança álbum de estreia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O objetivo da Navighator em seu álbum de estreia, homônimo, é oferecer uma experiência imersiva completa, apresentando faixas com ricas ambientações e composições elaboradas com diversas texturas contando com arranjos orquestrais, piano, sintetizador, guitarras, baixo, bateria e percussão agregados a vocais melódicos. Com composições abordando assuntos inerentes aos sentimentos humanos em nuances diversas, o projeto adota a temática náutica, reverenciando o poder e mistérios do oceano, o que é evidente em algumas canções. "Tratamos de temas incômodos mascarados por uma cortina de metáforas. Boa parte das letras foi escrita com base em histórias reais e/ou vivências pessoais", explicou Marcos Medina.

Top 10: Melhores Baixistas de todos os tempos

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira o videoclipe para o single "Ghost Town".

"A faixa 'Ghost Town' trata sobre o sarcasmo. Um texto sobre lugares e situações onde todos são bem-vindos, e onde ninguém quer realmente estar, pois o aprisionamento, em suas mais diversas formas, acontece. É onde o dever se torna maior que a existência, sacrifícios são feitos, mas a oportunidade e o tempo são perdidos", detalhou Marcos Medina.

Veja o lyric video de "Winter Morning".

"Em 'Winter Morning', que tem a decisão como tema principal, o eu lírico pode ter diversos caminhos para seguir. Entretanto, o caminho escolhido por ele não é revelado e o que permanece é o desejo de ter asas para voar. O texto não se conclui e o final fica aberto para interpretação e reflexão do ouvinte", observou o vocalista Matheus Miniguini.

Musicalmente, o Navighator flerta com diversos estilos, tendo o heavy metal como base, especialmente o power, melódico, symphonic e tradicional. A produção do álbum se concluiu em 2019, com um projeto de gravação contendo aproximadamente 200 pistas de áudio, participação de Orquestra e coro sinfônico. "Além disso, contamos com a presença do guitarrista Ben Christo (The Sisters of Mercy, Diamond Black e Night by Night), o baixista Rafael Dafras (Almah/Edu Falaschi), o vocalista Arthur Horeanu (Arthur in Neverland, The Voice Kids da Romênia), o baterista Sergio Nadaban (Corso) e a vocalista Nathalie Magiési, autora de 'When She’s Gone'", concluiu Medina.

Ouça o álbum no Spotify

Facebook:
https://www.facebook.com/navighator/

Divulgação - Carlos Gandolfe
Divulgação - Carlos Gandolfe



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 10: Melhores Baixistas de todos os temposTop 10
Melhores Baixistas de todos os tempos

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden


Sobre Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press/Music. Além do trabalho de consultoria e assessoria, vem colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao heavy/rock desde os anos 1980. Também é apresentador do programa RMH e redator na Panorama Audiovisual Brasil.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor