Black Sabbath: Iommi expulsou Madonna de ensaio do Live Aid sem saber quem era

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

O guitarrista Tony Iommi relembrou de uma história curiosa envolvendo a reunião da formação original do Black Sabbath, em 1985, para o festival Live Aid. Na ocasião, a banda ensaiou apenas uma vez e foi um "pequeno desastre", nas palavras dele. Em dado momento, o músico chegou a pedir para que expulsassem Madonna, sem saber quem era, durante a preparação em estúdio.

Black Sabbath: Sharon não entende como Dio substituiu Ozzy na banda

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise City

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista à SiriusXM, transcrita pelo Ultimate Guitar, Tony Iommi contou como foi a situação. "Eles reservaram uma sala de estúdio para ensaiarmos. Começamos a tocar e, depois, começamos a falar dos velhos tempos. Então, boa parte do ensaio foi bate-papo. Na hora em que realmente estávamos tocando, era uma sessão fechada, e foi constrangedor quando duas garotas chegaram por trás da sala", afirmou.

Iommi pediu para que um de seus seguranças tirasse essas duas garotas do local - sem saber que uma delas era Madonna. A artista já era famosa na época e havia lançado um de seus trabalhos de maior sucesso, o álbum "Like a Virgin" (1984).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Black Sabbath: por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live AidBlack Sabbath
Por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live Aid

"Falei para uma das pessoas da nossa equipe: 'olha, tem gente entrando, você precisa dizer a eles que é um ensaio privado'. Ele foi lá e falou para elas. No fim das contas, uma delas era Madonna. Foi um pouco constrangedor, mas, enfim, ensaiamos e voltamos ao hotel", disse o guitarrista.

Ressaca e calor

Os problemas do Black Sabbath naquela reunião não se resumiram apenas a ter pouco tempo de ensaio - e ainda desperdiçar essas poucas horas batendo papo. De acordo com Tony Iommi, a ressaca e o clima quente, já que eles tocaram muito cedo, atrapalharam um pouco a performance.

"Na noite anterior ao show, acabamos no bar e foi outro desastre, pois bebemos um pouco demais. No dia seguinte, claro, tive uma ressaca terrível", afirmou o guitarrista.

Em seguida, o entrevistador cita que eles acabaram tocando durante o dia, quando fazia calor. "Sim. Não esperávamos que seria tão cedo, mas, claro, fomos lá e tocamos. Não me senti no topo do mundo naquela ocasião, acho que nenhum de nós se sentiu daquela forma", complementou Iommi.

O músico ainda conta que se juntou com os colegas do Sabbath para ficar bastante tempo no bar com os integrantes do Judas Priest. "Ficamos juntos um tempão, pois não nos víamos há algum tempo e ficamos falando dos velhos tempos, já que somos da mesma cidade (Birmingham, Inglaterra)", disse.

Black Sabbath: por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live AidBlack Sabbath
Por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live Aid

Black Sabbath no Live Aid

O show de reunião da formação original do Black Sabbath no Live Aid contou com três músicas: "Children of the Grave", "Iron Man" e "Paranoid". Eles se apresentaram na edição americana do evento, realizada na Filadélfia - ao mesmo tempo, o festival acontecia também em Londres, na Inglaterra.

Na época, o vocalista Ozzy Osbourne estava em carreira solo, enquanto o Black Sabbath estava em uma espécie de hiato: o cantor Ian Gillan deixou a banda após a turnê de "Born Again" (1983) para voltar ao Deep Purple. Tony Iommi, o baixista Geezer Butler e o baterista Bill Ward (que voltou após a saída de Gillan) tentaram seguir com outro cantor, David Donato, mas optaram por demiti-lo após uma curiosa entrevista.

Black Sabbath: a entrevista que fez David Donato ser demitidoBlack Sabbath
A entrevista que fez David Donato ser demitido

O guitarrista passou a desenvolver um trabalho solo, sem o baixista e o baterista, que acabou se tornando outro disco do Sabbath: "Seventh Star" (1986).

Resenha - Seventh Star - Black Sabbath (Featuring Tony Iommi)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: Sharon não entende como Dio substituiu Ozzy na bandaBlack Sabbath
Sharon não entende como Dio substituiu Ozzy na banda

Em 21/07/1971: Black Sabbath lançava o clássico Master of RealityEm 21/07/1971
Black Sabbath lançava o clássico Master of Reality

Simpsons: capas de disco inspiradas no desenho animado divertem a InternetSimpsons
Capas de disco inspiradas no desenho animado divertem a Internet

Lista: músicas com o mesmo nome de bandas (e vice-versa)Lista
Músicas com o mesmo nome de bandas (e vice-versa)

Ozzy Osbourne: ele começou a gravar um novo álbum, diz SharonOzzy Osbourne
Ele começou a gravar um novo álbum, diz Sharon

Black Sabbath: Sabotage é o álbum mais maligno e poderoso da bandaBlack Sabbath
Sabotage é o álbum mais maligno e poderoso da banda

Lista: faixas de encerramento matadoras do Rock e Heavy MetalLista
Faixas de encerramento matadoras do Rock e Heavy Metal

Tony Martin: ex-vocalista do Black Sabbath está concluindo novo álbum solo

Black Sabbath: por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live AidBlack Sabbath
Por que Iommi geralmente não toparia uma reunião como do Live Aid

Heavy Metal: Professor headbanger cria playlist de 1700 músicas com a história do estiloHeavy Metal
Professor headbanger cria playlist de 1700 músicas com a história do estilo


Bill Ward: Lars Ulrich é um baterista excepcionalBill Ward
"Lars Ulrich é um baterista excepcional"

Black Sabbath: a reação de Ozzy após Steve Vai apontar desafinação no 1° álbumBlack Sabbath
A reação de Ozzy após Steve Vai apontar desafinação no 1° álbum


Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre Zero the Hero e Paradise City

Aerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiroAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin