RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de “Gita”

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemMegadeth vai transmitir show que será realizado no Japão

imagemVocalista do Stryper afirma que Metallica é a banda de metal que ele menos gosta

imagemAndreas Kisser tira uma com o Flamengo após derrota; "Tri mundial só um"

imagemIron Maiden está atrás de George Michael e Cyndi Lauper em votação do Rock Hall Of Fame

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour

imagemNervosa anuncia que próximo disco de estúdio está gravado

imagemComo Brian May acabou fazendo participação especial em disco dos Paralamas do Sucesso?

imagemDio sobre ocultismo: "Aprendi há muito tempo que não se mexe com espíritos"

imagemDave Mustaine diz que atual formação do Megadeth é mais bem-sucedida em anos


Def Leppard Motley Crue 2

Def Leppard: Rick Allen queria desaparecer após o acidente que o fez perder o braço

Por Mateus Ribeiro
Postado em 23 de setembro de 2020

Histórias de superação sempre encantaram o ser humano. E Rick Allen, baterista da banda britânica DEF LEPPARD, protagonizou uma das mais impressionantes dessas histórias. Para quem não sabe, em 31 de dezembro de 1984, o músico sofreu um gravíssimo acidente automobilístico, onde seu braço esquerdo foi arrancado do corpo. Os médicos tentaram reimplantar o membro, porém, a tentativa não funcionou perfeitamente e Rick teve que continuar sua vida sem o braço canhoto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após perder um braço, seria compreensível se Rick deixasse a bateria de lado. Porém, o músico adaptou o instrumento e continua tocando (muito bem) até hoje, sem o braço esquerdo. Porém, logo após o acidente, Rick não tinha tanta vontade de continuar, conforme revelou em recente entrevista concedida ao canal da revista Modern Drummer no Youtube.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em trecho transcrito pelo site Blabbermouth, Rick afirma que apesar de todas as dificuldades, o apoio recebido foi de fundamental importância para ele seguir sua carreira. "Lembro-me de vir ao hospital e perceber o que tinha acontecido comigo depois do acidente e, honestamente, eu queria desaparecer. Não queria mais fazer isso. E então comecei a receber cartas de todo o mundo ... Recebi incentivo de todos os lugares - da minha família, dos caras (da banda), de pessoas de todo o mundo. E não sei o que aconteceu, mas descobri o poder do espírito humano e apenas disse: 'Quer saber? Eu posso fazer isso. ' Foi realmente uma coisa coletiva. Foi todo esse encorajamento que eu estava recebendo de outras pessoas, e então isso se manifestou no desejo de ter sucesso...", afirmou o persistente Rick.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além da força de vontade, outro ponto importante foi o apoio que recebeu de seus companheiros de banda. O DEF LEPPARD interrompeu suas atividades, esperando pela recuperação do baterista. "Eles deixaram a decisão comigo, se eu queria continuar ou não, e me deram tempo para crescer e desenvolver, realmente, um estilo totalmente novo (de tocar). E isso é tudo que eu precisava - eu só precisava de tempo. Eu precisava de tempo para construir minha confiança e perceber que eu poderia fazer isso. Ninguém nunca disse, 'Bem, você tem que tomar uma decisão agora.' Acho que foi a coisa mais importante - apenas aquele tempo que eles me deram apenas para me encontrar", finalizou.

Depois do tempo de inatividade, Rick gravou vários álbuns com o DEF LEPPARD, incluindo o clássico "Hysteria", que por sinal, foi o álbum que marcou a volta da banda. O músico continua tocando até hoje, mostrando que por mais difícil que as coisas pareçam, é possível buscar uma saída. Ponto para o baterista, que merece todo respeito e admiração.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Classic Rock: 100 grandes discos da década de 1980 segundo a revista inglesa

Gibson: nomes de cinco bandas antes da fama

Deep Purple: Phil Collen na contracapa de Made In Japan?


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.