Kissllab: collab marca última gravação de Gustavo Polidori

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Music, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Composta por Paul Stanley e pelo canadense Adam Mitchell, a furiosa faixa-título do álbum lançado há 38 anos pelo Kiss foi escolhida pelo baterista Humberto Zambrin (Attractha), idealizador da collab que reuniu Victor Cutrale (vocal, Furia Inc.), Tiago Assolini (guitarra), Gustavo Polidori (guitarra, Hatematter), Rafael Vitor (baixo, King of Bones). A gravação acabou se tornando não só uma homenagem ao Kiss, mas também ao saudoso Polidori, falecido no último dia 23 de setembro. "Eu sempre digo que músicos têm uma conexão que vai além da amizade. Compartilhamos sonhos e ideais, batalhamos por um estilo musical e, acima de tudo, torcemos pelas bandas de nossos amigos. Gustavo Polidori deixou ensinamentos importantes, sendo um deles a constante manutenção e fortalecimento desses laços de amizade. Com isso, a gente acaba criando esse sentimento de família. Então, esse trabalho não é apenas uma celebração à nossa amizade, mas a uma vida dedicada a trazer felicidade para os outros através da música. Polidori foi um excelente músico, um excelente amigo, um irmão de coração gigante. Que sua arte seja celebrada mais uma vez", declarou o vocalista Victor Cutrale (Furia Inc).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja o vídeo da 'KISSLLAB' de "Creatures of the Night".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em junho de 1983, o Kiss se apresentou pela primeira vez no Brasil durante a "Creatures of the Night / 10th Anniversary Tour", responsável por fazer com que muitos tivessem seu primeiro contato com a música pesada. Alguns deles acabaram se tornando músicos. "Os nossos sonhos nos movem, e nos reunimos com o propósito de homenagear e celebrar a obra 'Creatures of the Night', que nos trouxe fortes emoções e marcou todos os envolvidos neste projeto. Toda essa paixão foi convertida em dedicação e criação, e o resultado desta união nós registramos neste arranjo com o nosso toque", observou o produtor e guitarrista Tiago Assolini. "Gustavo Polidori acabou criando uma parte C, com violões e riffs, que merecem uma boa escutada, os quais foram posteriormente preenchidos com teclados e piano. Foi realmente incrível o entrosamento e o quanto ele se mostrou proativo, dedicado, solícito e flexível no decorrer do tempo, apesar de seus problemas de saúde", acrescentou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baterista Humberto Zambrin explica que o próprio Gustavo Polidori sugeriu que o vídeo fosse lançado no dia 13 de outubro. "Combinamos de fazer as filmagens em agosto, mas Gustavo não pôde fazer porque teve uma complicação de saúde e ficou hospitalizado. Quando ele saiu do hospital, a gente marcou a filmagem e, no dia 2 de setembro, ele filmou performance dele para esse vídeo, que teve a edição concluída no dia 21 de setembro", recordou. "O que a gente fez continua sendo uma homenagem e uma celebração para esse álbum e à música fantástica dessa banda que a gente adora, mas também passa a ser uma homenagem ao amigo e excelente músico que foi Gustavo Polidori", completou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira o vídeo de Humberto Zambrin apresentando a collab em homenagem ao Kiss e a Gustavo Polidori.

Já Rafael Vitor aponta que os arranjos de Polidori foram fundamentais para essa collab. "Cada momento com o Poli, por menor que fosse o tempo e espaço, era algo agregador. Os arranjos que ele criou deixam claro o quanto o talento dele nas 6 cordas fizeram a diferença nesse projeto. Polidori foi uma das pessoas mais honradas e queridas da nossa cena, e será lembrado todos os dias. Te vejo do outro lado, meu brother", concluiu o baixista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Eddie Van Halen: De vez em quando, Deus acerta, diz Gene SimmonsEddie Van Halen
"De vez em quando, Deus acerta", diz Gene Simmons

Ace Frehley: qual foi o melhor guitarrista que o substituiu no Kiss, na visão deleAce Frehley
Qual foi o melhor guitarrista que o substituiu no Kiss, na visão dele

Kiss: banda remarca shows no Brasil para outubro de 2021 e exclui duas cidadesKiss
Banda remarca shows no Brasil para outubro de 2021 e exclui duas cidades

Rodz Online: Ace Frehley e o teste para o Kiss (vídeo)

Eddie Van Halen: Um grande e inovador guitarrista, diz Ace FrehleyEddie Van Halen
"Um grande e inovador guitarrista", diz Ace Frehley

Eddie Van Halen: Gene Simmons segura o choro em vídeo ao falar sobre o músicoEddie Van Halen
Gene Simmons segura o choro em vídeo ao falar sobre o músico

Ace Frehley: Kiss lhe pagou US$ 15 mil só para não responder perguntas de fãsAce Frehley
Kiss lhe pagou US$ 15 mil só para não responder perguntas de fãs

Bob Kulick: causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídioBob Kulick
Causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídio

Quadrinhos: qual banda de rock os heróis da DC ouviriam?Quadrinhos
Qual banda de rock os heróis da DC ouviriam?

Kiss: por que não deixavam que eles abrissem shows de bandas maiores no inícioKiss
Por que não deixavam que eles abrissem shows de bandas maiores no início


Kiss: 10 músicas que representam proximidade com o metalKiss
10 músicas que representam proximidade com o metal

Kiss: foi pelo cabelo que Tommy Thayer descobriu que estava na bandaKiss
Foi pelo cabelo que Tommy Thayer descobriu que estava na banda


Fãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada umFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

Nikki Sixx: transei com a mulher do Bruce DickinsonNikki Sixx
"transei com a mulher do Bruce Dickinson"


Sobre Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press/Music. Além do trabalho de consultoria e assessoria, vem colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao heavy/rock desde os anos 1980. Também é apresentador do programa RMH e redator na Panorama Audiovisual Brasil.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 CliIL Goo336