RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOzzy Osbourne cancela tour europeia por conta de sua saúde; "Meu corpo ainda está fraco"

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemMike Portnoy comprou "Piece Of Mind", do Maiden, em excursão escolar

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemRolê aleatório: Geoff Tate e Rhapsody se divertem no aeroporto

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemTodos os álbuns do Ghost, do pior para o melhor, em lista do Loudwire

imagemA medida extrema que Dio pensou em tomar por não curtir "Rainbow in the Dark"


Stamp

Audioslave: a grande diferença com o Rage Against the Machine, segundo Tom Morello

Por Igor Miranda
Postado em 10 de março de 2021

O anúncio da criação do Audioslave surpreendeu o público no início dos anos 2000. A banda trazia músicos de origens bem distintas: Chris Cornell, vocalista do Soundgarden, e Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk, respectivamente guitarrista, baixista e baterista do Rage Against the Machine.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O resultado dessa união está representado em três álbuns de estúdio, lançados naquele período: "Audioslave" (2002), "Out of Exile" (2005) e "Revelations" (2006). A banda chegou ao fim em 2007 e eventualmente os músicos retornaram a seus projetos "originais".

Em entrevista ao radialista Howard Stern, transcrita pelo Ultimate Guitar, Tom Morello relembrou o período em que trabalhou com o Audioslave. O músico também destacou qual é a grande diferença artística entre esse projeto e o Rage Against the Machine.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, Morello contou como surgiu a ideia de montar uma banda com Chris Cornell. "O Rage acabou e pensávamos: o que vamos fazer? Ouvíamos muito 'Badmotorfinger' (1991), do Soundgarden, e tivemos a ideia de conversar com ele", disse.

O guitarrista revelou ser um grande fã de Soundgarden, especialmente pela banda ter um grande diferencial em suas letras. "O 'Badmotorfinger' me influenciou muito e acho que o Soundgarden, Chris Cornell em particular, ajudou a resgatar o hard rock em fãs como eu, que gostam dos grandes riffs, do som pesado, mas não se relacionam com letras sobre o demônio ou sobre groupies. Junto de outras bandas, o Soundgarden... Chris era inteligente e tinha essa poesia obscura", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ciente de que passaria a ter um vocalista de pegada bem diferente em comparação a Zack de la Rocha, do Rage Against the Machine, Tom Morello começou a trabalhar, junto de seus colegas, em uma orientação artística distinta. "Não sentimos tanta diferença por trabalhar com um novo cara, mas sim por trabalhar com um cantor melódico. Os pontos fortes de Chris estavam na melodia e isso realmente desafiou Tim, Brad e eu", contou.

O músico, então, citou a grande diferença entre o Rage Against the Machine e o Audioslave. "A música do Rage Against the Machine traz um baixo do tipo James Brown. Tudo se resume a isso. É a mesma batida motriz, o mesmo ritmo que conduz, pois é rap, é o excelente vocal punk rock e Zack. Com Chris, para permitir que ele brilhasse, deveria haver esse contraponto harmônico", explicou.

Em sua visão, a música "Like a Stone", do primeiro álbum do Audioslave, mostra bem essa mudança na concepção artística. "Ela traz apenas alguns acordes simples, mas isso permite que a bela voz de Chris apareça", concluiu.

Confira, a seguir, o trecho em questão da entrevista de Tom Morello a Howard Stern, em inglês e sem legendas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Post-grunge: 10 bandas do gênero que você precisa ouvir (1)

Fotos de Infância: Tom Morello, do Audioslave, muito antes da fama


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.