Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Foo Fighters: a música que Dave Grohl fez sobre o dia após a morte de Kurt Cobain

Por Igor Miranda
Postado em 23 de setembro de 2021

O Foo Fighters foi criado por Dave Grohl como uma forma de "exorcizar seus demônios" após a morte de Kurt Cobain, seu colega de Nirvana que tirou a própria vida em 1994. Grohl evita revisitar seus tempos na banda, mas vez ou outra há alguma referência ao grupo e ao saudoso amigo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma dessas menções, ainda que indireta, está em uma das músicas mais famosas do Foo Fighters. Trata-se de "Walk", faixa do álbum "Wasting Light" (2011), cuja letra aborda uma temática relativamente específica e bem pessoal para Dave Grohl: o que ele sentiu no primeiro dia após a morte de Kurt Cobain.

O artista falou sobre o assunto em recente entrevista à Rolling Stone. O guitarrista Pat Smear, que integra o Foo Fighters e também tocava com o Nirvana, foi o responsável por abordar o assunto antes do colega.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Todas as noites em que ele (Dave) canta o verso 'I never want to die' ('eu nunca quero morrer'), olho para ele todas as vezes e penso em Kurt. Todas as vezes. Porque Kurt era tipo 'I hate myself and I want to die' ('eu me odeio e quero morrer'. E isso é o oposto. E eu adoro estar com pessoas que amam a vida", afirmou Pat Smear, inicialmente.

Em seguida, Dave Grohl complementa ao revelar a inspiração para "Walk". "Ela meio que vem do dia após a morte de Kurt. Ao acordar naquela manhã e perceber: 'oh, m**da, ele não está mais aqui, eu estou'. Eu acordo e ele não. Faço uma xícara de café e ele não. Ligo o rádio, ele não. Isso foi uma grande revelação para mim", disse ele, adotando, segundo a reportagem da Rolling Stone, um tom de voz "mais suave que o normal".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De acordo com Grohl, há momentos na vida em que "você está preso em uma crise e pensa que não há saída". "Na verdade, se você se atreve a considerar essa crise como apenas um ponto no radar, é mais fácil seguir adiante. E, sim, eu pensava tipo: 'não quero que ninguém tenha o sentimento que eu tive naquela manhã'", declarou.

O músico também garantiu que o icônico verso de "Walk", cantado aos berros, é muito sincero de sua parte. "Falo sério: eu não quero morrer! Sei que é inevitável, mas não quero. Será uma chatice. Vou lutar contra isso por todo o tempo que eu conseguir", completou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale apontar que, embora apenas um verso específico seja citado ao longo da entrevista, toda a letra de "Walk" parece abordar a situação de Grohl após o falecimento de Cobain. A composição aborda, basicamente, a iniciativa de se começar tudo de novo - algo que Dave fez com a criação do Foo Fighters, em 1995.

O dia após a morte de Kurt Cobain

Em entrevista anterior à BBC, resgatada pelo site Far Out Magazine, Dave Grohl revelou suas lembranças a respeito do dia após a morte de Kurt Cobain. Na ocasião, o músico não associou a composição de "Walk" às sensações que teve naquela ocasião.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu não tinha um plano. Quando tudo vira de cabeça para baixo, você só acorda todos os dias pensando: 'quem sou eu, o que estou fazendo?'. Lembro do primeiro dia após Kurt morrer, o quão estranho me senti ao acordar, sabendo que ele não estaria conosco e que eu teria outro dia. Era tipo: ok, o que farei hoje? Comecei a pensar: 'você precisará fazer tudo de novo'. Teria de fazer café, e seria meu primeiro café desde que Kurt se foi. Teria que subir e me vestir, e seria a primeira roupa usada por mim desde que Kurt se foi. Foi assim. Não lembro o que fiz da vida, foram meses e meses assim", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nirvana: Dave Grohl revela como foi seu primeiro dia após morte de Kurt Cobain

A revelação de que "Walk" trata sobre Kurt Cobain - ainda que indiretamente, sobre a morte do amigo - fez com que a lista de músicas do Foo Fighters compostas a respeito do colega de Nirvana fosse ligeiramente ampliada. Em outra entrevista, mais antiga, à Q Magazine, Dave Grohl destacou que "Friend of a Friend", faixa criada ainda em meados de 1990 e lançada no álbum "In Your Honor" (2005), aborda sua relação com o saudoso parceiro.

"Na época, eu havia acabado de me mudar para morar com Kurt. Não conhecia ninguém. Eu voei para lá com uma bateria desmontada em uma caixa e foi isso. Ficava acordado a madrugada toda e dormia o dia inteiro. Olympia, Washington, é deprimente o bastante e eu morava com aquela pessoa que eu não conhecia. Mas ele tinha um gravador simples, então, eu compus músicas: 'Marigold' e 'Friend of a Friend'. Era uma observação sobre Kurt, Krist e eu", explicou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foo Fighters: a única música que Dave Grohl compôs sobre Kurt Cobain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira trailer de documentário com uma das últimas entrevistas de Taylor Hawkins

Foo Fighters: Tentativa longa demais de fazer um filme trash (vídeo)

"Eu nem sabia que Dave Grohl tinha um baterista", diz Ozzy Osbourne

Filme do Foo Fighters, "Terror no Estúdio 666" chegou na HBO Max

Foo Fighters compartilha fotos incríveis do segundo show tributo a Taylor Hawkins

Nancy Wilson lança "Amigo Amiga", música que homenageia Taylor Hawkins; ouça aqui

Ozzy Osbourne tem mais material inédito com Taylor Hawkins, revela produtor

Regis Tadeu aposta que o Travis Barker vai ser efetivado no Foo Fighters

Ozzy diz que nunca havia ouvido falar sobre Taylor Hawkins antes de gravações

Mike Portnoy chorou ao assistir tributo a Taylor Hawkins

Filho de Taylor Hawkins assume bateria em tributo, Dave Grohl se emociona

Foo Fighters e diversos artistas prestam tributo a Taylor Hawkins

Dave Grohl: "sangue falso e p**** pra todo lado" o fizeram desistir de se juntar ao Gwar

Foo Fighters: quem ganhou o duelo, Dave Grohl ou o Animal?

Motorhead: Dave Grohl fez tatuagem em homenagem a Lemmy

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

AC/DC: A origem do nome da banda


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.