Matérias Mais Lidas

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemLars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemVeja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

imagemGene Simmons conta como a insegurança afetou o Kiss em "Creatures of the Night"

imagemBeatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon


Samael Hypocrisy
Stamp

David Ellefson: primeira entrevista após saída do Megadeth; "feliz por estar onde estou"

Por Emanuel Seagal
Postado em 20 de outubro de 2021

David Ellefson, ex-baixista do Megadeth, concedeu uma entrevista ao Aftershocks TV ao lado dos seus colegas do The Lucid, sua nova banda. Confira abaixo alguns trechos do bate-papo transcritos pelo Whiplash.Net.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao ser questionado se ele se sentia mais livre agora para uma maior exploração musical, estando fora do Megadeth, do que antes quando tinha que se focar em thrash metal e no legado da banda, ele disse: "Bem, olhe, o Megadeth sempre será meu legado, porque ajudei a começar a banda. [...] Honestamente, sempre fui livre e sempre estive explorando. Acho que provavelmente nos primeiros 20 anos, até 2002, quando aquela banda se separou oficialmente, tudo sempre foi feito para aquela única causa, e então um dia, inesperadamente, isso acabou."

"Eu acho que minha exploração do que a vida tem para oferecer começou em 2002. Eu não queria começar outra banda depois disso. Na verdade, eu desisti das bandas (risos), eu falava, tipo, 'É isso. Acabou.' Fiz uma. Chgeamos ao topo. Sei o que é preciso para chegar lá. É muito trabalho duro, muita sorte, muito 'estar no lugar certo, na hora certa', e muito elementos realmente inexplicáveis ​​que fazem tudo isso acontecer. E eu pensei: 'Isso foi uma coisa única na vida. Isso nunca vai acontecer novamente. Se eu for convidado para participar de algo, vou levar em consideração, mas caso contrário, acho que agora vou fazer música pela música e só fazer porque eu curto, porque eu gosto.' E foi então que surgiu o F5, cerca de um ano depois. Então, aqueles caras meio que me convidaram para tocar com eles, para ser honesto com você, e nós fizemos ótimas músicas juntos. Eu disse aos caras, 'Nunca planeje ganhar nenhum dinheiro com isso. Vamos apenas fazer isso de graça e por diversão e apenas porque amamos fazer música.' E eu precisava disso, para ser honesto com você. Eu precisava apenas sentir a alegria de volta na música e tocar e apenas me conectar com o motivo pelo qual me apaixonei por rock 'n roll, e tocar baixo, e entrar em uma sala de ensaio com os caras e fazer música de novo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Lucid: ouça o primeiro álbum da banda do ex-Megadeth David Ellefson

Ele continuou: "Nos anos 2000, ter aquele tempo longe para apenas me reinventar e apenas novamente me apaixonar por fazer música de novo, para mim, isso sempre esteve lá. E eu tenho estado ativo, eu tenho estado ativo gravando discos e outras coisas nesses últimos anos de qualquer maneira. E eu não diria que é por necessidade, porque, honestamente, estou bem em não ter que apenas fazer música por dinheiro, mas fazer música para me divertir, o que tem sido legal. [...] Ter o luxo de trabalhar com várias pessoas ao redor do mundo, fazendo música, honestamente, eu realmente faço isso para me divertir. Foi uma bênção poder fazer isso. Acho que quando você é jovem e está sendo pressionado e não tem outras opções, isso é um grande motivador para realmente se concentrar e detonar, e acho que todos precisávamos disso quando éramos mais jovens."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"[...] Eu sempre farei música, e para ser sincero com você, eu não forço. Deixo um baixo e algumas guitarras e um piano e outras coisas aqui na casa. Alguns dias eu vou lá e penso 'Ah, não estou com saco para isso esta noite', e sigo andando e não sinto nenhum arrependimento, e outros dias eu pego o baixo e escrevo algumas coisas e gravo no meu telefone, e apenas catalogo ideias ou sento e escrevo letras só para manter as ideias fluindo. Porque sempre que entro em uma sessão ou em qualquer tipo de ambiente de composição, gosto de chegar com algumas coisas, ter algo. É divertido criar pela criação e não porque tenho que ser motivado por qualquer outra coisa. Acho que estou feliz por estar exatamente onde estou. Para ser honesto, estou perfeitamente contente e feliz onde estou agora. Não vou mentir, está perfeitamente bem. Estou muito bem."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira o bate-papo completo em inglês, sem legendas, no vídeo abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ex-guitarrista do Exodus diz que Dave Mustaine é o padrinho do thrash metal

Cinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

Megadeth: dez curiosidades interessantes sobre a banda de Dave Mustaine

Bandas de heavy metal que lançaram discos em cinco décadas diferentes

Rock And Run: 20 músicas para deixar sua corrida mais animada

Os 25 melhores álbuns de 2022, em lista da Revolver Magazine

A inesperada música que Dave Mustaine considera uma das melhores do Megadeth

Dave Mustaine diz que não ouve Metallica nem sabe os nomes das músicas

Dave Mustaine conta que o número 13 o persegue há muito tempo

Dave Mustaine afirma que tomou calote do Metallica por músicas de "Kill 'Em All"

Dave Mustaine gostaria que Metallica organizasse nova tour do Big Four

O baterista Nick Menza pensou em ser guitarrista do Limp Bizkit

Lista: 10 ótimas músicas lançadas no segundo semestre de 2022

Discussão sobre direitos autorais impediu projeto que reuniria Mustaine e Hetfield

Dave Mustaine cutuca ex-integrantes diz que não é maníaco por controle

Slash: gravadora barrou parceria com Steven Tyler

Dia do Professor: dez discos que são verdadeiras aulas de heavy metal

Megadeth: Ellefson diz que se não tocar músicas antigas, pode ser que ninguém mais as ouça

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

David Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.