Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemEric Clapton comenta a lenda do pacto com o diabo feito por Robert Johnson

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemVídeos dos shows no Hellfest do Sepultura, Epica, Nightwish, Blind Guardian e outros

imagemO rock está morto? Alice Cooper responde Gene Simmons: "Não acredito!"


Crucifixion BR: novo disco "Human Decay" já disponível

Por Eliton Tomasi
Fonte: Som do Darma
Em 06/11/21

O segundo álbum dos gaúchos radicados em São Paulo reúne 13 faixas e conta com participações especiais, entre elas a de Dave Ingram do Benediction.

A biografia de uma banda é muito significativa em um movimento cultural como o heavy metal que conserva fortes vínculos com suas tradições.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas quando se associa uma biografia convincente a talento musical e relevância criativa, significa que estamos diante de uma banda referencial, protagonista da cena.

Esse é o caso do Crucifixion BR.

Pioneiros do blackened death metal, o Crucifixion BR está completando 25 anos de carreira em 2021!

Originalmente formada em 1996 na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, o Crucifixion BR transferiu-se para a capital Porto Alegre até se radicar em São Paulo a partir de 2016. Transições localizacionais para a manutenção de um objetivo único: fazer sua música chegar para cada vez mais headbangers!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois de anos de turnês nacionais, shows importantes ao lado de grandes nomes do metal mundial como Dark Funeral, Gama Bomb, Krisiun, etc, uma turnê europeia que passou por cinco países, chegou o momento do Crucifixion BR apresentar seu trabalho definitivo: "Human Decay"!

Sucessor do aplaudido "Destroying The Fucking Disciples Of Christ" (2014), "Human Decay" é o segundo álbum do Crucifixion BR e assim como o debute foi gravado no Estúdio Hurricane em Porto Alegre com produção do vocalista/guitarrista Maxx Guterres e do uruguaio Sebastian Carsin.

"Human Decay" reúne o seguinte tracklist: "Opening The Gates, Blasphemy Returns", "Human Decay", "Confirmed Execution 666", "Annihilation And Victory", "Chaos Of Morality", "A Few Lies Of Your Whole Light", "Into The Abyss", "My Savior", "Bloody Fire Victory", "Passage", "Insanidade Bestial" e "The Final Chapter".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum conta com duas participações super especiais, André Rod do Attomica na faixa título "Human Decay" e da lenda Dave Ingram (Benediction, ex-Bolt Thrower) em "Bloody Fire Victory".

A arte de capa de "Human Decay" é assinada por Romulo Dias (Shaman, Edu Falaschi, Alírio Netto).

"O Human Decay representa a evolução natural do Crucifixion BR e estou muito feliz com isso", declara o vocalista e guitarrista Maxx Guterres. "Mantivemos as raízes intactas e continuamos abordando a brutalidade desse estilo de música, mas há, de fato, uma evolução tanto musical quanto em termos de letras. Esse é um disco mais forte, mais brutal, com mais elementos do death metal, mas ainda com a presença do black metal em alguns aspectos. O Crucifixion BR está indo por um caminho mais técnico e inteligente, acho que a música está mais criativa, assim como as letras. O Destroying... tem muita coisa antiga, da raiz, tem músicas de demos e músicas novas da época, já no Human Decay só duas músicas são antigas, "My Savior" e a "A Few Lies Of Your Whole Light", coincidentemente são as que foram lançadas como singles e videoclipes. As letras do primeiro disco abordavam temas clássicos do black metal, como a crítica à hipocrisia da igreja católica, anti-cristianismo, um pouco também sobre crise existencial, falando da morte, enquanto que o Human Decay é uma evolução. Claro que a gente ainda mete o pau no cristianismo ou qualquer outro tipo de religião e fanatismo, mas também foca em acreditar em nós, nos nossos ideais, na nossa força interior e sem dogmas, sem religião, o que acaba por transmitir ao público uma mensagem de não desistir de seus objetivos e sonhos e tentar fazer o correto. Queremos evolução sempre e, musicalmente, nos tornarmos cada vez mais brutais."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Human Decay" foi lançado aqui no Brasil em CD pela Shinigami Records no último dia 31 de Outubro, Halloween.

"Human Decay" também está disponível em todas as principais plataformas digitais.

Para assistir o videoclipe de "My Savior":

"A Few Lies Of Your Whole Light" também ganhou um vídeo exibido no "Roadie Crew – Online Festival":

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além do vocalista e guitarrista Maxx Guterres, o Crucifixion BR também é formado pela baterista Juliana Novo, pelo baixista Beto Factus e o guitarrista Miller Borges.

Mais Informações:
www.crucifixionbr.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Eliton Tomasi

Empresário artístico, gestor e produtor cultural, crítico musical. Foi fundador e editor-chefe da revista Valhalla (Rock Hard Brasil) - uma das mais importantes revistas especializadas em rock já existentes no Brasil - através da qual tornou-se um experiente e respeitado jornalista de rock. Há 20 anos atua como produtor de shows e eventos tendo já realizado desde pequenas gigs até produções internacionais de grande porte. Especializou-se na função de empresário e gestor de bandas e artistas nacionais e internacionais, participando da elaboração de diversos projetos culturais na área da música (rock) e realizando turnês freqüentes por todo Brasil e em mais de 15 países da Europa.

Mais matérias de Eliton Tomasi.