Matérias Mais Lidas

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemMetallica: James Hetfield sobre o "St. Anger": "Pelo menos é honesto"

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemNazareth: Brian Johnson homenageia Dan McCafferty

imagemPink Floyd: Para David Gilmour, reunião de 2005 no Live 8 foi "como dormir com a ex"

imagemGuns N' Roses: fã fica com olho roxo de microfone atirado por Axl Rose

imagemGene Simmons: "Vinnie Vincent soava como Yngwie Malmsteen fumando crack"

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemGuns N' Roses: Matt Sorum surpreende ao revelar quem era o integrante sóbrio da banda

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemWhitesnake e o inesperado indicador de qualidade musical apontado por Regis Tadeu

imagemOzzy Osbourne revela a surpreendente banda nova que chamou a sua atenção


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Jeff Scott Soto quer paz e saber porque Journey o demitiu; "14 anos e não sei"

Por Emanuel Seagal
Postado em 04 de janeiro de 2022

Jeff Scott Soto (Sons of Apollo, Trans-Siberian Orchestra, ex-Yngwie Malmsteen) foi entrevistado pelo jornalista argentino Lucas Gordon e afirmou não ter ideia do motivo pelo qual foi demitido do Journey.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico juntou-se ao Journey durante uma turnê de verão com o Def Leppard em 2006, depois que Steve Augeri começou a ter problemas vocais. Ele já havia trabalhado com o guitarrista Neal Schon e o baterista Deen Castronovo em um projeto chamado Soul Sirkus. A banda o nomeou como vocalista permanente em dezembro de 2016, antes de o demitir cinco meses depois.

Ao ser questionado sobre o que causou sua saída da banda ele disse: "O problema é que não sei. Esse é o problema. Se eu soubesse qual era o problema, se soubesse o motivo pelo qual fui demitido, então pelo menos eu poderia ficar em paz com isso, eu poderia encontrar uma forma de discutir ou falar sobre isso. Mas legalmente eu não devo falar sobre isso, porque quando finalmente… Chegou ao ponto em que tivemos que encarar o lado jurídico das coisas, mas para fugir disso assinei um documento que não falaria sobre nada negativo, nada de ruim sobre eles. E eu não quero falar nada negativo; não quero falar sobre nada de ruim. Mas se eu soubesse o motivo… E isso não é ruim — não estou dizendo nada de ruim sobre eles, estou apenas dizendo a verdade. Minha verdade é que se me contassem por que fui demitido, se me dissessem 'sua voz é uma merda', se me dissessem que matei um dos cachorros dos caras, se irritei alguém da família deles, se me contassem o motivo pelo qual fui demitido, eu poderia ficar em paz com isto."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Até hoje, 14 anos depois, eu não sei. Eu não tenho as respostas. Nunca me foi dado um motivo de verdade. A única coisa que me disseram foi que eles mudaram de ideia. Não fez sentido para mim. Se você mudar de ideia, me ligue e podemos dizer adeus, podemos nos abraçar e dizer, 'Ei, espero que eu consiga alguns ingressos para o show com o novo vocalista.' Esse tipo de coisa. Você pode se separar como amigo. Entrei como amigo, eu quero sair como amigo."

Ele acrescentou: "Tenho 55 anos. Não quero deixar o planeta Terra com inimigos. Não quero sair com ninguém me odiando. Não quero sair com nenhuma briga. Quero sair em paz no meu coração com todos. E isso inclui o Journey, isso inclui Yngwie (Malmsteen). Isso inclui qualquer pessoa com quem tive problemas ou qualquer história ruim juntos. Por isso, no que me diz respeito, eu adoraria ser capaz de me sentar com o Neal um dia e abraçar e conversar e ser amigos novamente. Não quero nada deles. Não quero estar em outra banda com ele. Não quero tocar no Soul Sirkus de novo. Só quero paz — quero paz, amor e harmonia, então assim, quando morrer, posso ficar tranquilo sabendo que tudo correu positivamente. Isso é tudo que me importa."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Três anos atrás Jeff Scott Soto falou no "The Robbcast Podcast" que o Journey age como se ele não tivesse existido, removendo citações do seu nome no site da banda. "No site vai de Perry a Augeri a Arnel (Pineda). É como se eu não existisse. É meio estranho", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O dia em que rockstar internacional roubou boné de Bruno Sutter em pleno show

Após declarações, Jeff Scott Soto afirma que está de boa com guitarrista do Journey

David Ellefson e Jeff Scott Soto liberam single "The Reason"

Jeff Scott Soto: memórias ruins de quando cantou para Malmsteen

Yngwie Malmsteen: por que Mark Boals dubla Jeff Scott Soto em clipes dos anos 80 e 90

O álbum mais injustiçado da carreira de Jeff Scott Soto, segundo o próprio

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.