Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemBaixista do Faith No More diz que integrantes odiavam músicas do "The Real Thing"

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemO álbum de David Bowie que Mick Jagger disse que achou "horrível"

imagemA história da capa de "Christ Illusion", que fez o Slayer ter problemas

imagemMetallica: a explicação da banda para o volume do baixo no And Justice For All

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemLars Ulrich: "Não sou um baterista particularmente talentoso"

imagemOzzy acha que suas novas músicas deveriam ter sido gravadas pelo Black Sabbath

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemSem ter o que fazer, guitarrista do Journey comprou 150 guitarras durante a pandemia

imagemRevista Veja diz que Rock in Rio virou "túmulo do rock" e explica motivo

imagemAntes mesmo do fim do primeiro semestre, Mike Portnoy escolhe seu "Álbum do ano"


Stamp

Tony Iommi: os seis guitarristas que marcaram o lendário riffmaster do Black Sabbath

Por Bruce William
Em 22/02/22

Tony Iommi é um dos principais criadores do Heavy Metal. "Só" este motivo já o qualifica para ocupar o posto de um dos guitarristas mais importantes da história, sem ser preciso considerar sua capacidade técnica, versatilidade e criatividade. Mas, e para Iommi, quais são os maiores guitarristas de todos os tempos, aqueles que lhe serviram de inspiração?

Embora nunca tenha dito que Django Reinhardt tenha sido uma de suas influências, Iommi reconhece que o jazzista o inspirou a não perder as esperanças de tocar guitarra depois de ter sofrido um acidente de trabalho que ceifou parte de um dedo, o que atrapalhou muito a sua mobilidade, a ponto dele ter que modificar sua abordagem para tocar, pois ele veio a saber que Reinhardt também teve que superar um problema bem parecido. Com isso Iommi mudou a afinação de sua guitarra no que acabaria contribuindo imensamente para criar a sonoridade característica do Black Sabbath.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemTony Iommi conta como reaprendeu a tocar guitarra após acidente com sua mão direita

Como influência direta de fato, os dois primeiros que surgem são Hank Marvin (The Shadows) e Buddy Holly. "The Shadows foi a única banda que realmente me atraiu no início dos anos 60", disse Iommi. "Aquilo era rock'n'roll, mas eles tinham um som meio demoníaco em alguns aspectos, e eu adorava a ideia de uma banda instrumental - 'Frightened City' e canções assim tinham uma vibração meio estranha. Eu realmente gostava do que eles faziam, e eles tinham um grande som de guitarra dentro daquilo".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Buddy Holly foi outra influência notável, que também serviu de influência para membros de bandas como The Rolling Stones, The Who e The Beatles. "Eu e Brian May (Queen) adorávamos Hank. Uma vez estávamos em estúdio e começamos a tocar coisas do Shadows, depois Hank Marvin, Chuck Berry e um pouco de Buddy Holly. Eu gostava de (Eric) Clapton, adorava o John Mayall (da banda Bluesbreakers)". Na mesma entrevista, Iommi diz que não prestou muita atenção no Cream, embora com o passar do tempo tenha passado a admirar, o que é um pouco curioso já que o Black Sabbath tem riffs que lembram um pouco o trabalho de Clapton no Cream.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Jimi Hendrix, Iommi comenta: "Ele veio com algo novo na época que gerou muito entusiasmo, seu estilo único de tocar, virar a guitarra de ponta cabeça... e a agressividade e força com a qual ele tocava o instrumento atrás do pescoço, coisas que ninguém fazia até então".

Como seria de se esperar, Iommi também admira muito o trabalho de Eddie Van Halen. O Van Halen excursionou com o Black Sabbath durante a década de 1970, e Iommi se relembrou de ter assistido a banda norte-americana com alguma inveja. Embora ele tenha admitido que não poderia imitar o que o Van Halen criou, ele permaneceu amigo do músico. Tragicamente, Van Halen morreu em 2020.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemEddie Van Halen: Tony Iommi comenta reação ao conhecer o guitarrista

imagemTony Iommi: Eddie Van Halen tocava errado a sua preferida do Sabbath

imagemBlack Sabbath: o solo de Eddie Van Halen que Tony Iommi não conseguiu tocar

Dos seis músicos que Iommi admitiu como influências (Hank Marvin, Buddy Holly, Chuck Berry, Eric Clapton, Jimi Hendrix e Eddie Van Halen), dois deles são britânicos: Marvin e Clapton. Os outros quatro cresceram nos Estados Unidos, o que era típico da idade dos músicos da época de Iommi. Músicos britânicos passaram muito tempo ouvindo os discos de blues do outro lado do oceano e trouxeram a música de volta para eles na década de 1960, quando Beatles, Rolling Stones e The Animals demonstraram os acordes e cadências que eles haviam roubado de seus vinil. E dos seis guitarristas que Iommi mencionou, dois deles eram contemporâneos diretos. Ele estava na mesma faixa etária de Clapton e Hendrix, e carregou a chama até a década de 1970, uma década que Hendrix nunca testemunhou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E Iommi continua aqui, mas Holly, Hendrix e Van Halen infelizmente não estão mais entre a gente. O tempo se aproxima de todos nós, sejamos rockstars ou não. Mas Iommi também tem seu quinhão de admiradores, do Queen ao Arctic Monkeys. Ele foi o homem que criou o riff de heavy metal, e seu lugar em Valhalla está, sem dúvida, totalmente garantido!

FONTE: Far Out Magazine
https://faroutmagazine.co.uk/tony-iommis-favourite-guitarists-of-all-time/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Rock e Metal: dez canções clássicas que citam Jesus Cristo

Black Sabbath: Ian Gillan relembra "Born Again"


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.