Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMichael Schenker explica por que deixou o Scorpions e se juntou ao UFO

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"


Death Metal Treta: Ex-Deicide ameaça Benton; "vou te caçar como o animal que você é"

Por Emanuel Seagal
Em 03/02/22

Em 2004 o Deicide anunciou que os irmãos Eric e Hoffman e Brian Hoffman, membros fundadores do grupo, não fariam mais parte da banda, alegando que eles cancelavam muitos shows, entre outros problemas. A razão principal aparentemente foi uma discordância em relação a divisão de royalties, que inicialmente era divida igualmente e teria passado a quase metade indo para o vocalista Glen Benton. Após a saída a dupla retomou o nome Amon, que era originalmente utilizado pelo Deicide, e se apresentam com esta banda até hoje.

Em 2019 Eric Hoffman havia feito acusações e xingamentos direcionados a Glen Benton no Facebook. Glen, no entanto, não parece perder o sono com isso. Ele disse em entrevista ao Into The Combine Metal Podcast que "toda vez que fazemos um disco, Eric fica louco e não consegue aceitar que seguimos sem eles. Isso faz o que, 14, 15 anos desde que os dois sairam, e fizeram apenas um álbum de merda e tentaram tirar dinheiro dos fãs, cobrando por vídeos e merdas assim."

O "death metal treta" de 2022 começou forte com Chris Barnes (Six Feet Under) comprando briga com outras bandas de death metal e Eric Hoffman não ficou atrás. Em post deletado, porém salvo pela galera do MetalSucks, o ex-Deicide ameaçou Glen Benton com a seguinte mensagem:

"Eu respeito meus fãs, eu amo meus fãs, a maioria das pessoas não pode dizer que sem eles eu não sou nada sem eles. Depois do que aconteceu quando Glen Benton ficou com os royalties do Scars (aparentemente se referindo ao álbum 'Scars of the Crucifix', de 2004) por 20 anos e todo o merchandise do Deicide, eu vou te encontrar e te caçar como o animal que você é. Eu não tenho gravadora e fiz meu último álbum para os fãs com minhas próprias economias e farei novamente sem gravadora. Eu agora pronuncio maldição em seu pedaço de cabelo, Glen Michael Benton você será história em breve e Steve contratará um novo vocalista. Lembre-se também disso eu sou o Deicide, você é um indivíduo nojento que não se importa com ninguém além de si mesmo. Glen, seu Amon, não agora, você não é bom o suficiente. Eu desenhei o logotipo e escolhi o nome. Inacreditável, eu sou Amon, chupa Glen, vamos nos encontrar de novo."

O Amon, após seu retorno com os irmãos Hoffman, lançou apenas um álbum, "Liar in Wait", em 2012. Em 2018 o Deicide lançou seu décimo segundo álbum de estúdio, "Overtures of Blasphemy" e recentemente anunciou Taylor Nordberg como novo guitarrista do grupo, substituindo Chris Cannella.

https://www.metalsucks.net/wp-content/uploads/2022/02/Eric-Hoffman-Glen-Benton-rant-2022.jpeg

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Umbilicus: músicos do Cannibal Corpse e Deicide anunciam álbum hard rock

Metal Injection: 20 álbuns que completam 20 anos em 2017


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.