RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemPara Regis Tadeu, só existe uma coisa mais chata que o som do Dream Theater

imagemO álbum que dava medo no adolescente Kisser: "Trancava vinil no armário para dormir"

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemNamorada de Slash posta vídeo do Guns N' Roses ensaiando música inédita

imagemOzzy Osbourne diz que David Lee Roth era meio biruleibe das ideias

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemCópias físicas de novo álbum do Slipknot saíram com erro no título

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemFãs assustam Serj Tankian quando o encontram e gritam "WAKE UP!" em seu ouvido

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemQuando Raul Seixas "se vendeu ao sistema", mas deixou escondida uma sementinha anárquica

imagemO maior erro que Raul Seixas cometeu e o levou ao declínio, segundo Regis Tadeu

imagemO Sepultura honrou nossos ancestrais bem antes do pessoal da Noruega lembrar dos vikings

imagemFloor Jansen explica por que deixou seu cabelo mais curto

imagemVídeo de vocalista brasileiro batendo cabeça em "Toxicity" atinge 1 milhão de views


Stamp

Geddy Lee comenta a separação do Rush nos anos 90 - e sua reunião

Por André Garcia
Postado em 14 de setembro de 2022

O Rush fez sucesso no rock progressivo nos anos 70 com Neil Peart se juntando a Geddy Lee e Alex Lifeson. A partir dali, o trio navegou por diversos mares musicais, mostrando sua versatilidade ao flertar com diversos gêneros. Em meados da década de 90, parecia que a banda já estava mais que consolidada, até que uma verdadeira tragédia aconteceu.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pouco após o encerramento da turnê de "Test for Echo" (1996), em 10 de agosto de 1997 a filha única de Neil Peart morreu em um acidente de carro aos 19 anos. Sua esposa ficou tão abalada que perdeu o desejo de viver e se entregou ao câncer que enfrentava, falecendo em 20 de junho do ano seguinte. Devastado, o baterista deixou a banda e partiu em uma longa e solitária jornada em busca de se reerguer mental e emocionalmente.

Na época, o Rush foi dado como encerrado por muitos até finalmente retomar as atividades em 2001. Em entrevista para a Classic Rock, Geddy Lee relembrou aqueles tempos sombrios para todos eles.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock: Em 1998, após a morte da filha do baterista e letrista do Rush, Neil Peart, muitos pensaram que a banda estava acabada.

Geddy Lee: Foi uma época chocante e terrível. Neil estava destruído, então a gente só queria saber de estar lá para ele e [sua esposa] Jackie. Eu pensei que a banda estava acabada? Meu instinto dizia que era improvável que ele retornasse à sua velha vida. Mas, é claro, nunca se sabe ao certo. Eu e Alex [Lifeson] decidimos não tocar no assunto até que Neil estivesse pronto — e, enquanto isso, tentar juntar os cacos e descobrir o que fazer com nossas vidas, individualmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock: Foi isso o que te levou a seu primeiro (e único até agora) álbum solo de 2000, "My Favorite Headache"?

Geddy Lee Muito daquilo foi Ben Mink [violinista que tocou na faixa "Losing It", do álbum "Signals" do Rush, de 1982]. Costumávamos fazer jams na minha casa, aí quando começamos a escrever juntos, só para ver o que sairia. Então a tragédia atingiu Neil, e ele foi para Londres, porque não suportava estar em Toronto rodeado de recordações da filha.

Naquela época eu comecei a pensar em gravar um disco solo. Eu decidi que o melhor seria me ocupar com o trabalho. Foi um período muito esquisito, porque por um lado eu estava desbravando um novo território, mas há partes daquele disco que são muito Rush.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock: Vocês finalmente se reuniram como banda em 2001 para trabalhar no que viria a ser o "Vapor Trails". Deve ter sido um alívio voltarem a trabalhar juntos.

Geddy Lee: Ah, aquilo foi ótimo. Em questão de minutos já estávamos rindo e zoando. Sempre que víamos um ao outro, era como se tivesse sido ontem. Em 5 minutos já estávamos brincando um com o outro, rindo e colocando o assunto em dia. Todo mundo já passou por mal bocados, só que nunca por algo como Neil. Mas aquilo foi como voltar a andar de bicicleta.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A música do Rush que a própria banda considerava "uma das piores"

Para Alex Lifeson, Steve Morse é um guitarrista dos mais subestimados

Rush: Para Neil Peart o que mais importava era ter "o respeito dos outros músicos"

Mike Portnoy celebra os 70 anos de Neil Peart, um dos seus heróis

Geddy Lee comenta a separação do Rush nos anos 90 - e sua reunião

Rush: Alex Lifeson comenta suas músicas preferidas do Led Zeppelin

Assista as performances com dezenas de convidados ilustres no tributo a Taylor Hawkins

Rush: Alex Lifeson diz que reunião com Geddy Lee sem Neil Peart foi "agridoce"

Rush: Geddy Lee temeu que "as pessoas achariam Hemispheres esquisito demais"

Geddy Lee diz que música dos Beatles "inventou" o Metal, e não é "Helter Skelter"

Geddy Lee revela como o dinheiro era dividido no Rush

O profundo respeito de Neil Peart pelo pragmatismo do Kiss

Lars Ulrich e Brian Johnson participarão de show tributo a Taylor Hawkins

A reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

Regis Tadeu diz que Geddy Lee é um "verdadeiro estilista das quatro cordas"

Metallica: e se Neil Peart fosse o baterista em "Seek & Destroy"?

Banda de abertura: para quem seu grupo favorito abria shows?

Rush: as melhores músicas da banda, na opinião de Geddy Lee

O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais

Iron Maiden: o vocal que quase substituiu Bruce Dickinson em 93


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.