Matérias Mais Lidas

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemGene Simmons relembra como passagem pelo Brasil levantou o Kiss em 1983

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemPor que Bono é odiado por muitos mas sobrevive a tanto hate? Regis Tadeu analisa

imagemMatt Sorum: ex-baterista do Guns N' Roses conta porque não deseja voltar à banda

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador

imagemKiko Zambianchi foi proibido de ir no Silvio Santos após apresentador errar seu nome


Stamp
Summer Breeze

Para Paul Stanley é um "sacrilégio" chamar Led Zeppelin de heavy metal

Por André Garcia
Postado em 21 de novembro de 2022

Paul Stanley se tornou mundialmente famoso na década de 70 com o Kiss, banda que visionou e formou ao lado de Gene Simmons.

Assim como a maior parte dos guitarristas de sua geração, ele iniciou sua carreira no começo daquela década totalmente influenciado pelo Led Zeppelin e encantado por seu líder e fundador, Jimmy Page. Em vídeo disponível no YouTube, ele declarou:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"[O Led Zeppelin] eles escreveram a cartilha, ele são o motivo de muita banda existir hoje — o DNA deles está em tudo que todo mundo faz. Eles foram tão inovadores, tão visionários que alguém chamar aquilo de heavy metal é um sacrilégio. É música do mundo, de verdade. Eles cresceram absorvendo tanto as coisas que amavam, era uma banda com as raízes na música apalache, blues, rockabilly, música clássica... Está tudo lá!"

No último dia 8 de junho, Paul Stanley publicou uma foto no Instagram ao lado de Jimmy Page. Na descrição ele disse:

"Horas de grande papo, risadas e jantar com meu amigo Jimmy Page em Londres hoje. Eu amei os momentos que passamos juntos. Ele ficou boquiaberto com as fotos de nosso palco completo, e empolgado para [nosso show no] Download [Festival]. Tenho que dizer: 'Jimmy, você é a fundação de tudo que fazemos.'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Led Zeppelin

Após a separação do Yardbirds em 1968, coube ao guitarrista Jimmy Page cumprir o resto da agenda de shows acompanhado de outros músicos sob o nome The New Yardbirds. Os escolhidos para a missão foram Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham, e o resultado ficou tão bom que foi unânime a decisão de dar continuidade àquilo como Led Zeppelin.

Bastaram seus dois primeiros álbuns para que se tornasse uma das maiores bandas do planeta. Seu grande trunfo foi um blues não só pesado como acrescido de psicodelia, experimentações sonoras e referências musicais das mais diversas. Após chegar à estratosfera com "Led Zeppelin IV" e hits como "Stairway to Heaven", nos trabalhos seguintes embarcou em uma sonoridade mais experimental e progressiva, usando e abusando de elementos de estúdio. Fase essa que chegou ao auge no álbum duplo "Physical Graffiti" (1975).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A partir dali, por outro lado, a banda começou a sofrer com os desgastes entre seus integrantes. Para piorar, Robert Plant passou por problemas de saúde e tragédias pessoais, como a morte de seu filho Karac, de apenas cinco anos. E isso ao mesmo tempo que Jimmy Page, conforme afundava no alcoolismo, não conseguia mais repetir ao vivo as performances do começo da década.

A história do Led Zeppelin foi repentina e tragicamente encerrada em 1980 com a morte do baterista John Bonham, após ingerir dezenas de doses de whisky. Apesar de reuniões esporádicas com bateristas como Phil Collins e Jason Bonham — filho de Bonzo — jamais produziu novo material.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Gene Simmons relembra como passagem pelo Brasil levantou o Kiss em 1983

A atitude de Gene Simmons que fazia Scorpions sentir nojo quando abria shows do Kiss

As "traições do movimento" mais emblemáticas do rock 'n roll

Gene Simmons fala sobre Michael Jackson e diz que astro pop molestou crianças

A foto do Kiss que lembra imagem promocional de banda de death metal

Para Paul Stanley é um "sacrilégio" chamar Led Zeppelin de heavy metal

Joe Lynn Turner diz que Kiss está destruindo o legado ao usar playbacks em shows

Cinco bandas veteranas que estão na ativa e lançaram poucos discos no Século XXI

Kiss lança versão deluxe de "Creatures Of The Night", com mais de 70 faixas

Monsters Of Rock: Paulo Baron revela três grandes bandas que podem estar no festival

Gene Simmons sabe quando e onde será último show do Kiss, mas esconde o jogo

A brutal diferença de tocar com Paul Stanley, Pink e Christina Aguilera, segundo brasileiro

A impagável reação de Paul Stanley após brasileiro elogiar disco solo de Ace Frehley

O inesperado presente que Paulo Baron ganhou do Kiss, mas o Regis Tadeu se recusa a ver

Scott Ian conta como o Kiss mudou para sempre a sua vida

Kiss: Ace teria se suicidado se continuasse na banda, diz Simmons

Kiss: a trágica história que inspirou "Detroit Rock City"

Listed: TV americana elege os maiores bad boys da música

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.