[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Geddy Lee comenta aquela que considera "a mais ambiciosa" música do Rush

Por André Garcia
Postado em 01 de dezembro de 2023

A década de 70 está marcada na história do rock como a mais pretensiosa e ambiciosa. Com as bandas de progressivo em seu auge, se tornaram habituais variações de tom e compasso com longos solos de teclado sucedidos por longos solos de guitarra em faixas que chegavam a 20 minutos.

Geddy Lee - Mais Novidades

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na segunda metade daquela década, não consigo pensar em banda que tenha sido mais ambiciosa do que o Rush. Enquanto nomes como Yes e Genesis já se afastavam do gênero, Geddy Lee e companhia mergulharam de cabeça nele com a sequência "Caress of Steel" (1975) "2112" (1976), "A Farewell to Kings" (1977) e "Hemispheres" (1978).

Essa fase é representada pela conceitual "2112" (dividida em sete partes) e pela ainda mais complexa "La Villa Strangiato" (dividida em doze partes). A primeira tem 20 minutos de duração, enquanto a segunda tem metade disso, mas, por ser uma faixa puramente instrumental, é considerada pelo próprio Geddy Lee a mais ambiciosa da banda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista para a Vulture, ele comentou: "[Nos anos 70] tendíamos a prolongar um pouco. Se você pensar em 'La Villa Strangiato', uma música instrumental, meio que jogamos de tudo nela. De certa forma, mesmo sendo uma das músicas mais longas que já criamos, foi instrutivo. No final, tínhamos criado um pouco de um modelo de como abordar futuras músicas instrumentais, e tiveram várias em nossa carreira após 'La Villa Strangiato'. A maioria delas foi mais concisa, mas, mesmo assim, isso foi o início de toda a nossa obsessão em aprimorar as músicas instrumentais."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"No início, muitas de nossas faixas instrumentais eram indulgentes, mas esta foi a indulgência de todas as indulgências — um exercício de autoindulgência. Mas quando você está fazendo uma música que tem letras e um tema lírico ao qual precisa aderir, há um roteiro muito rígido ao qual você deve seguir. Mas com uma música instrumental, você pode fazer o que quiser, pode ir para onde quiser, pode se entregar a qualquer humor e pode fazer tudo girar ao redor do clima. 'La Villa Strangiato' é uma música que tem vários humores."

"Aquilo foi algo que aprendemos, e que levar adiante, usando nossas habilidades de tocar sempre que sentíamos, 'Ok, temos todas essas ideias, mas nenhuma das letras realmente se encaixa, então por que não apenas estabelecer um clima e seguir por esse caminho?' Fiquei realmente satisfeito com isso. É algo legal de se fazer e sempre parecia uma recompensa depois de trabalhar duro para conseguir o sentimento certo e a melodia certa para servir a uma parte lírica. Não ter uma letra era como um feriado."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS