Heavy Metal: 10 ótimas novas bandas para atualizar o ouvido

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O que não falta no heavy metal são opções. A cada dia, um garoto pluga a sua guitarra, colocar o volume no máximo e cria uma banda. Pra ajudar você a atualizar o ouvido, selecionamos abaixo dez novos nomes que estão fazendo um som bem legal e interessante.

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaSlipknot: Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Indicações de novas bandas são bem-vindas, então deixe as suas dicas pra gente nos comentários.

Cavern

Natural de Oakland, este trio norte-americano faz um som instrumental repleto de riffs, transpirando uma bem azeitada química entre os integrantes. Música repleta de energia e paixão, pra curtir batendo a cabeça de maneira permanente. Apenas um disco na bagagem por enquanto: "Outsiders", disponibilizado em 2015.

Luciferian Light Orchestra

Delicioso occult rock com vocais femininos e sonoridade calcada nos anos 1970. O pedigree é de qualidade: no comando do negócio está Christofer Johnsson, mais conhecido como o líder do Therion. Em certo aspectos, soa como uma espécie de Therion menos grandioso e mais orgânico, como se a banda sueca tivesse surgido em 1971.

Valkyrie

A outra banda de Peter Adams, guitarrista do Baroness. Aqui, o rapaz divide os holofotes com o irmão, Jack. Em relação ao Baroness, o som é bem mais direto e calcado na sonoridade clássica do metal. O projeto já está na estrada há um bom tempo, desde 2002, e lançou em 2015 o seu terceiro álbum, "Shadows". Pra quem quer um som pesado, sem frescuras e com muito foco nas guitarras, é um prato cheio.

Beardfish

Banda sueca com mais de dez anos de carreira, mas pouco conhecida por aqui. O Beardfish apresenta a qualidade esperada de algo com origem escandinava. O som é um hard prog, bastante acessível e rico em melodias. O último disco, "+4626-Comforzone", é um prato cheio pra quem é fã da união entre estes dois tão amados gêneros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Corsair

Filho bastardo do Black Sabbath com o Thin Lizzy, o Corsair foi formado em 2008 nos Estados Unidos e já gravou dois discos: o debut auto-intitulado (2013) e "One Eyed Horse" (2015). O som é isso mesmo que você está pensando: toneladas de peso construídas a partir de riffs inspirados, sempre com generosas doses de melodia. Viciante!

Black Moth

O stoner quando dá pra ser bom, é um negócio lindo. E vem da terceira maior cidade inglesa, Leeds, um dos nomes mais legais do gênero atualmente. O Black Moth tem apenas seis anos de vida, período no qual gravou dois discos - "The Killing Jar" (2012) e "Condemned to Hope" (2014). A parede de guitarras e riffs recebe o adorno da bela voz de Harriet Bevan, criando contrastes hipnóticos. Se Ozzy fosse mulher, o Black Sabbath soaria assim? Talvez. Ou não.

Skálmöld

Vista sua armadura, pegue suas armas e venha para o campo de batalha! Este é o sentimento ao ouvir a banda islandesa Skálmöld. Transitando entre o viking e o folk metal, o grupo cativa com facilidade. São composições fortes, sempre com melodias grudentas e riffs pantanosos, perfeitos para desbravar e conquistar terras distantes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Trioscapes

Metal com o virtuosismo do jazz. Ou seria jazz com o peso do metal? Depende. A dúvida permanece e é sadia em relação ao trio norte-americano Trioscapes. Seus dois discos - "Separate Realities" (2012) e "Digital Dream Sequence" (2014) - apresentam uma música com forte personalidade, amparada pela dupla baixo-bateria e adornada pelo sax imprevisível de Walter Fancourt. Com ecos de Mahavishnu Orchestra, Mr. Bungle e Meshuggah, o Trioscapes agradará em cheio quem procura sonoridades nada convencionais.

Cavorts

Stoner com características do metal oitentista, principalmente nas guitarras. Algo de punk também na mistura, sensação elevada pelos vocais agressivos e pela mixagem crua do disco de estreia. Sem muitas firulas, mas esbanjando pegada e tesão, estes ingleses mostraram qualidade em "Got Your Brass", lançado em 2014.

Krokodil

Ah, a força e a magia de um bom riff: jamais menospreze isso! Os ingleses do Krokodil dominam esse ensinamento como poucos, e demonstram toda a sua qualidade em seu disco de estreia, "Nachash", pérola lançada pela Spinefarm em 2014. Mastodon, Queens of the Stone Age e Meshuggah formam a tríade de referências principais da banda. Excelente!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e Melhores

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Slipknot: Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais VocêSlipknot
Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280