Matérias Mais Lidas

Angra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metalAngra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metal

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

Thiago Castanho: pede pra ele tocar guitarra e cantar, diz sobre filho de ChorãoThiago Castanho: "pede pra ele tocar guitarra e cantar", diz sobre filho de Chorão

Deep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeçaDeep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeça

Celtic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; admiro imensamenteCeltic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; "admiro imensamente"

Pitty: preocupada com aglomerações em Réveillon e Carnaval, ela pede que fãs se vacinemPitty: preocupada com aglomerações em Réveillon e Carnaval, ela pede que fãs se vacinem

Iron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessóriosIron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessórios

Charlie Brown Jr: me chutaram 100% do projeto que criei, diz filho de ChorãoCharlie Brown Jr: "me chutaram 100% do projeto que criei", diz filho de Chorão

Cradle of Filth: eles opinam sobre controvérsias e celebridades usando suas camisetasCradle of Filth: eles opinam sobre controvérsias e celebridades usando suas camisetas

Lista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astralLista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astral

Linkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalistaLinkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalista

Marilyn Manson: investigadores cumprem mandado de busca e apreensão na casa do músicoMarilyn Manson: investigadores cumprem mandado de busca e apreensão na casa do músico

Revolver: veja os 25 melhores álbuns de 2021 escolhidos pela revista, e tem Iron MaidenRevolver: veja os 25 melhores álbuns de 2021 escolhidos pela revista, e tem Iron Maiden

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide


Garimpeiro

Metallica: 10 melhores momentos de Lars Ulrich na bateria

Por Andre Damas
Fonte: St. Metallica
Em 14/08/14

Um dos sujeitos mais emblemáticos na comunidade do metal, Lars Ulrich também se destacou por suas linhas de bateria incomuns. Do mesmo modo que o METALLICA abandonou o estilo serra-elétrica de se tocar guitarra para fazer progressões de acordes complexas, o baterista sempre nutriu apreço por linhas de bateria que são quase melodias.

E a origem dessa história é igualmente incrível: Lars nunca foi um baterista virtuoso, no estigma do metal, de modo que mesmo quando o METALLICA já tinha cinco anos de existência o baterista ainda fazia aulas. Contudo, a falta de destreza que parecia o limitar se tornou sua exclusividade quando o que parecia ser a simplicidade passou a significar a criatividade, tornando-o o baterista mais influente dos últimos 25 anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

10. Dirty Window (St. Anger, 2003): O músico aparece no disco de 2003 como uma criança socando latas, mas aqui a fúria toma novas formas e ouve-se um minucioso trabalho das "panelas", que apesar da raiva impressa no álbum inteiro encontra bastante detalhismo em "Dirty Window".

9. Battery (Master Of Puppets, 1986): Os violões introdutórios de nada revelam que esta seria uma das faixas mais velozes do METALLICA, numa escola que seria seguida por temas como "Dyers Eve" (1988). Após dar a partida, a bateria não pára, o que não significa que siga em ritmo linear; cada verso encontra uma nova dobrada, e diversas vezes as guitarras, por mais velozes que sejam, são apenas uma cama para a bateria de Lars.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8. Sad But True (Black Album, 1991): Aquela que foi descrita como a "Kashmir" do METALLICA tornou-se sinônimo de peso, e boa parte disso se deve a Lars Ulrich. O ritmo arrastado com que a canção avança só reforça a pegada de Ulrich, "respondendo" a cada verso, o que de praxe dá brecha para o baterista preencher as "sobras" com pitadas de baquetadas explosivas. Temas recentes como "End Of The Line" podem tentar, mas não chegam ao poder de "Sad But True".

7. Thorn Within (Load, 1996): No estilo inovador do METALLICA na segunda metade da década de 1990, as linhas de bateria de Lars parecem formar uma melodia distinta que contrasta com as guitarras, por vezes assumindo o cerne da canção. O chimbal reforça o clima desesperador da canção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

6. Leper Messiah (Master Of Puppets, 1986): As dobradas que seguem "Leper Messiah" por vezes parecem pisar na poesia da canção, que de muito acentua a levada dramática com a qual os instrumentistas trabalham no tema. Apesar do clima caótico, o quarteto trabalha com uma tangível disciplina, correspondendo uns aos outros, ainda que a dobrada final de bateria não esteja pra ninguém. Tra-ta-ta-ta-ta-ta-TA!

5. Enter Sandman (Black Album, 1991): Não foi à toa que "Enter Sandman" foi escolhida como o primeiro single daquele que fora o disco que os revelara mundialmente. Desde o seu início despretensioso, quase singelo, a bateria de Lars Ulrich ditou todos os caminhos pelos quais o time das guitarra percorria. Lars quase canta com James, uma vez que a percussão se move a cada oscilação da voz do vocalista. Explosiva, marcante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4. Of Wolf And Man (Black Album, 1991): Com certeza uma faixa de pouco destaque no catálogo do METALLICA, assim como "Leper Messiah", mas, se ignorarmos o restante do arsenal e tornarmos "Of Wolf And Man" a canção em particular do Metallica, parecerá que quem manda é Lars. O baterista faz com que seu instrumento mova-se de forma distinta a cada nova estrofe, unindo-se às guitarras para formas um dos mais "cheios" riffs da banda.

3. And Justice For All (And Justice For All, 1988): Mesmo com sua letra feroz e guitarras implacáveis, Lars Ulrich concedeu a faixa-título do quarto trabalho do grupo o dom de soar leve. Suave. É delicioso ouvir a bateria de Ulrich se dobrar sobre as melodias intensas do tema, reforçando as mudanças de tons na textura da canção de forma esplêndida. Até hoje peça de luxo no catálogo do METALLICA, "And Justice For All" foi usada como um dos maiores alicerces para a criação do mais recente disco da banda, Death Magnetic.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2. One (And Justice For All, 1988): Bela. Nada mais define de maneira tão breve o lindo trabalho realizado pelo METALLICA no diamante "One". A tocante pegada na bateria só não consegue superar a beleza das guitarras, mas ainda assim o ponto G da canção é alcançado com ela: os pedais duplos que chegam nos exatos quatro minutos da música (ignorando os efeitos de explosões iniciais) carregam consigo toda a força que a canção tem e que eclode nos momentos seguintes. Um verdadeiro orgasmo.

1. Wherever I May Roam (Black Album, 1991): Não é uma obra-prima como "One", tampouco um tiroteio como "Battery", mas "Wherever I May Roam" sai do clichê e vai além; localizada no coração do Black Album, a quinta faixa do trabalho mostra que a percussão de uma vez por todas assume a melodia principal e se derrama sobre as guitarras de Hetfield e Hammett a cada dobrada de Ulrich. Com pratos explodindo nos refrões e aleatórias investidas do baterista contra os mesmos ao longo da canção, por diversas vezes o instrumento parece adiantado em relação as guitarras, como se estas estivessem tentando alcançar Lars. Único. Nem tão pesada. Nem tão veloz. Apenas Lars.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: confira vídeo oficial de Enter Sandman ao vivo, gravado em show recenteMetallica: confira vídeo oficial de "Enter Sandman" ao vivo, gravado em show recente

Metallica: músicos do Mastodon e Carcass gravam versão invertida da clássica BlackenedMetallica: músicos do Mastodon e Carcass gravam versão "invertida" da clássica Blackened

Metallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova YorkMetallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova York

Metallica: banda compartilha vídeo da clássica One em show na FloridaMetallica: banda compartilha vídeo da clássica "One" em show na Florida

Metallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstageMetallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstage

Metallica: fã homenageia Lars Ulrich decorando o vaso sanitário com esculturaMetallica: fã homenageia Lars Ulrich decorando o vaso sanitário com escultura

Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992

Metallica: confira filmagem profissional de Fight Fire With Fire, ao vivo na FlóridaMetallica: confira filmagem profissional de "Fight Fire With Fire", ao vivo na Flórida

Metallica: assista video oficial de Holier Than Thou no show em AtlantaMetallica: assista video oficial de "Holier Than Thou" no show em Atlanta

Mastodon: Brann Dailor quase saiu na mão para defender Lars Ulrich, que ficou orgulhosoMastodon: Brann Dailor quase saiu na mão para defender Lars Ulrich, que ficou orgulhoso

Metallica: eles vão tocar neste sábado em evento que mistura boxe com MMAMetallica: eles vão tocar neste sábado em evento que mistura boxe com MMA

Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021

Metallica: irritado, James Hetfield vazou no meio das gravações do clipe de OneMetallica: irritado, James Hetfield vazou no meio das gravações do clipe de "One"

Beto Alone: Como James Hetfield conheceu Lars Ulrich? (vídeo)

Metallica: confira filmagem profissional de Fade To Black, registrada em show recenteMetallica: confira filmagem profissional de "Fade To Black", registrada em show recente


Robert Trujillo: Jaco Pastorius foi o Jimi Hendrix do baixoRobert Trujillo: "Jaco Pastorius foi o Jimi Hendrix do baixo"

Kirk Hammett: a diferença entre os solos do Master e do HardwiredKirk Hammett: a diferença entre os solos do "Master" e do "Hardwired"

Metallica: Dave Grohl responde sobre carta aberta à bandaMetallica: Dave Grohl responde sobre carta aberta à banda


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo