NME Awards: os melhores da música no Reino Unido de 2013

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: The Guardian
Enviar correções  |  Ver Acessos

A revista britânica NME (New Music Express) promoveu o evento NME Awards na quarta, 27, quando premiou os melhores artistas e bandas de 2013 do Reino Unido, de acordo com seus leitores.

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityCornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entre os maiores ganhadores da noite estão os ROLLING STONES, duas vezes, como melhor trilha sonora por "Crossfire Hurricane" (que venceu o filme/show "Celebration Day" do LED ZEPPELIN) e como melhor banda ao vivo - e FLORENCE WELCH, a mais recente confirmação do Rock In Rio, como melhor artista solo e pela categoria "Hino das Pistas de Dança". O descabelado RONNIE WOOD compareceu a cerimônia e fez um dueto com JOHNNY MARR (THE SMITHS) que recebeu o prêmio de Godlike Genius (algo como Gênio Como Um Deus, em tradução livre). O vídeo de "How Soon Is Now", um dos maiores sucessos dos SMITHS você confere abaixo:

A banda de rock alternativo BIFFY CLYRO ganhou o prêmio de Melhor Banda Britânica, enquanto os indies MACCABEE levaram o de melhor álbum do ano, por "Given To The Wild".

A banda americana THE KILLERS foi considerada a melhor internacional, vencendo o FOOL FIGHTERS e o hype do momento THE BLACK KEYS. 'Inhaler', do FOALS, ficou com o prêmio de melhor canção. 'R U Mine?' do ARCTIC MONKEYS, que também concorria nesta categoria, ficou com o prêmio de melhor clipe.

Os leitores da revista consideraram a Abertura das Olimpíadas de Londres o melhor momento musical do ano (desbancando a oração punk das russas do PUSSY RIOT, os shows de 50 anos dos ROLLING STONES na O2 Arena e o retorno de DAVID BOWIE = que na verdade ocorreu em 2013). O par de festivais Reading & Leeds foi eleito o melhor festival do ano.

Além das categorias mais convencionais, a premiação também contou com categorias curiosas como "Herói do Ano", em que o presidente americano Barack Obama venceu o camaleão DAVID BOWIE e o inquieto DAVE GROHL, "Vilão do Ano", com o sul-coreano PSY entre os indicados (por que será?), homem e mulher mais sexies (vencidas por Matt Bellamy, do MUSE, e Amy Lee, do EVANESCENCE, respectivamente) melhor twitter e "Pior Banda do Ano", vencida (?!?) pelo ONE DIRECTION (eles não conhecem o RESTART). O mais inusitado porém, é o formato do troféu. Veja-o abaixo nas mãos de Florence Welch (FLORENCE AND THE MACHINE).

A lista completa de ganhadores, você confere no link abaixo:

http://www.505indie.com.br/news/nme-awards-2013-premia-melho...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Rolling Stones"Todas as matérias sobre "Arctic Monkeys"


Rolling Stones: Em São Paulo, parece que o público assiste o show pelo celularRolling Stones
"Em São Paulo, parece que o público assiste o show pelo celular"

Rock Band: Bill Wyman e Nick Mason não gostam do jogoRock Band
Bill Wyman e Nick Mason não gostam do jogo


Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre Zero the Hero e Paradise City

Cornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas cançõesCornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336