Saúde Pública: 18 sinais de que você é viciado em discos de vinil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

A música lhe soa estranha aos ouvidos caso ela não tenha riscados, chiados e estalos.

Nirvana: Dave Grohl explica porque não toca clássicos ao vivoMetallica: ouça "Nothing Else Matters" em escala maior

Você está disposto a gastar horas do seu tempo se certificando de que sua coleção esteja devidamente ordenada em modo alfabético.

Sua coleção de discos é o foco principal da decoração da sua casa.

Algumas das paredes da sua casa têm esse aspecto, ou você quer que elas o tenham.

A casa dos seus sonhos é mais ou menos assim:

Você está pronto para largar seja lá o que estiver fazendo, esteja onde estiver, para ir até uma loja de discos, um sebo ou um bazar.

Você dedilha cada disco de uma loja cuidadosamente porque você nunca sabe o que pode achar.

Você olha para uma foto como essa e pensa: 'destino das minhas férias'.

Você está constantemente preocupado com que alguém dê um lance mais alto que o seu no Ebay.

Isso é mais bonito, perante seus olhos, do que uma flor de verdade.

Olhar para uma foto dessas faz com que você pense nervosamente - ISSO NAO É JEITO DE SE GUARDAR UM DISCO!!!

Você tem opiniões contundentes sobre áudio digital.

Você também tem uma relação passional com vinil colorido.

Você desdenha de novas e caras prensagens de álbuns que pode achar em sebos todo o tempo.

Você está sempre pensando se está na hora de trocar sua agulha.

Você torce e reza para que todo álbum novo que você gosta saia em vinil.

Há pelo menos um disco que você nunca consegue achar ou não tem como comprar, e saber que ele está circulando por aí lhe enlouquece lentamente.

Você está sempre pronto para discutir sobre a superioridade do vinil sobre o CD, a qualquer hora e momento.

Texto original do site Buzzfeed




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção HumorTodas as matérias sobre "Indústria Musical"


Estúdios: Os 10 que você deve conhecer antes de morrerEstúdios
Os 10 que você deve conhecer antes de morrer

Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Áudio: Você realmente sabe como escutar sua música? - Parte IÁudio
Você realmente sabe como escutar sua música? - Parte I


Nirvana: Dave Grohl explica porque não toca clássicos ao vivoNirvana
Dave Grohl explica porque não toca clássicos ao vivo

Metallica: ouça Nothing Else Matters em escala maiorMetallica
Ouça "Nothing Else Matters" em escala maior

Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Alfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de MetalAlfabeto do Rock
As 15 melhores músicas de Metal

Metal: os dez melhores guitarristas da atualidadeMetal
Os dez melhores guitarristas da atualidade

Top 30: Os clipes de rock nacionais mais acessados do YouTubeTop 30
Os clipes de rock nacionais mais acessados do YouTube

W.A.S.P.: o casamenteiro de Lita Ford e Chris Holmes!W.A.S.P.
O casamenteiro de Lita Ford e Chris Holmes!


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336