Vixen: confira entrevista de Roxy Petrucci, no Heavynroll

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Geraldo Andrade, Fonte: Heavynroll
Enviar correções  |  Ver Acessos

Ela é baterista de um dos maiores nomes do hard rock mundial, a banda VIXEN, a mais bem-sucedida banda de rock feminino.

Separados no nascimento: Cazuza e Lauro CoronaVanessa Frehley: amor sem limites ao Kiss

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma das melhores bateristas do rock and roll e influência para qualquer baterista! O Heavynroll conversou com ROXY PETRUCCI.

Ela falou da banda VIXEN, do próximo álbum, que está quase saindo do forno, do Brasil, de seus projetos e muito mais!

HEAVYNROLL - Obrigado por aceitar o convite para essa entrevista para o Brasil! Eu costumo dizer, que nas entrevistas, eu falo os pôsteres que enfeitavam as paredes do meu quarto, e o Vixen era um deles.

ROXY - Fantástico! Acho que teremos de enviar-lhe novos pôsteres do VIXEN e MADAM X para a sua parede!

HEAVYNROLL - O último álbum da VIXEN, foi Live in Sweden de 2009. Quando teremos o próximo álbum de estúdio da banda?

ROXY - Muito em breve! Início de 2018.

Em agosto passado, gravamos nosso show ao vivo no The Arcada Theatre em Chicago para um álbum ao vivo e recentemente gravamos duas faixas de estúdio com o produtor principal MICHAEL WAGENER.

As duas músicas extras serão incluídas no lançamento ao vivo.

HEAVYNROLL - Como é tocar sem a guitarrista Jan Kuehnemund? Fundadora da banda. Que infelizmente faleceu em 2013.

ROXY - Nós a sentimos imensamente, há tantas pequenas coisas que nos lembrarão dela e nos lembraremos dos bons momentos que tínhamos.

JANET GARDNER fala para todos nós quando diz: "JAN estará para sempre em nossos corações, cada nota que tocamos e cada música que cantamos ela está conosco. "

HEAVYNROLL - Nesses quase 40 anos de Vixen, qual foi o seu melhor momento? E o pior?

ROXY - O pior é quando VIXEN terminou.

É difícil escolher um melhor momento quando você se encontra viajando com algumas das maiores bandas do mundo como SCORPIONS, OZZY, KISS e DEEP PURPLE.

Todos os dias eu estava vivendo o sonho e felizmente hoje eu ainda sou.

HEAVYNROLL - Quando o Brasil vai poder assistir o Vixen?

ROXY - Eu não posso acreditar que nunca tocamos na América do Sul, acho que é hora de chegarmos lá e Rev It Up!

HEAVYNROLL - Comparando hoje, com os anos 80, quando o Vixen surgiu, você acha que hoje é mais fácil ter uma banda de rock?

ROXY - A internet mudou tudo.

A mídia social é um excelente formato para promover o seu produto, no entanto, com a transmissão e compartilhamento é mais difícil vender shows.

Felizmente, tocar ao vivo está prosperando e planejamos tocar ainda mais em 2018 ... será um ano ocupado!

HEAVYNROLL - Além do Vixen e Madam X, você participa de algum outro projeto?

ROXY - MAXINE e eu temos um projeto paralelo chamado VIP AFTERSHOW.

Nós lançamos duas músicas até agora, KILMISTER e FULL METAL JACKET com MARK SLAUGHTER nos vocais e MICHAEL PISCULLI no baixo.

Essas músicas estão disponíveis para download na Amazon, Itunes e todas as lojas digitais.

MAXINE e eu estamos escrevendo constantemente e planejamos lançar mais músicas do VIP no futuro próximo.

Leia a matéria completa no link abaixo:
http://www.heavynroll.com.br/2017/12/vixen-roxy-petrucci-eu-...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Vixen"Todas as matérias sobre "Madam X"


Dia da Mulher: 10 nomes femininos de destaque no hard rockDia da Mulher
10 nomes femininos de destaque no hard rock


Separados no nascimento: Cazuza e Lauro CoronaSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

Vanessa Frehley: amor sem limites ao KissVanessa Frehley
Amor sem limites ao Kiss


Sobre Geraldo Andrade

Geraldo "Gegê" Andrade é blogueiro e colaborador no Blog Heavynroll, de Caxias do Sul/RS. Iniciou sua paixão pelo rock n roll, principalmente o heavy metal, nos anos 80, quando pela primeira vez, ouviu um álbum da banda KISS. Tem um currículo com mais de 150 shows, de bandas nacionais e internacionais. Já participou como jurado em festivais de rock na cidade de Caxias do Sul. Está se tornando um especialista em entrevistas, já tendo entrevistado vários músicos nacionais e internacionais. Apoia muitas bandas do underground, pelo Brasil inteiro. Estudante de Comunicação Social - Jornalismo, na Universidade de Caxias do Sul/RS.

Mais matérias de Geraldo Andrade no Whiplash.Net.

Goo336x280