Camille & Kennerly: confira entrevista com as gatas da harpa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adriano Ribeiro, Fonte: MUSIC LEGENDS INTERVIEWS, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Jason Saulnier conduziu, em 26 de fevereiro de 2015, esta entrevista com as gêmeas louras CAMILLE & KENNERLY, também conhecidas como HARP TWINS:

Jason Saulnier: O que há de novo no mundo de Camille e Kennerly?

Camille & Kennerly: Acabamos de lançar o nosso CD "Harp Attack 2", que conta com 15 covers de rock e metal de músicas dos anos 60, 70, 80, 90, e 2000! Estamos especialmente animadas porque, como em todas as nossas músicas, cada faixa foi gravada de uma só vez em nossa sala de estar, assim são muito autênticas - mas este é o primeiro álbum que masterizamos profissionalmente. Também estamos trabalhando em nosso CD "Harp Fantasy 2" - que esperamos lançar neste verão. Nós estamos trabalhando em um monte de novos vídeos, mantendo nossa agenda sempre muito ocupada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jason Saulnier: Quanto vocês praticam harpa para se manter atualizadas com as técnicas do instrumento?

Camille & Kennerly: Nós gastamos muito tempo com as nossas harpas: fazendo os arranjos, aprendendo novas músicas, ensaiando para performances, gravando, etc. A quantidade de tempo que nós ensaiamos todos os dias varia muito. Se estivermos viajando, então só podemos ter uma hora de prática em nosso quarto de hotel, mas se estamos em casa, então nós geralmente utilizamos algumas horas por dia para praticar.

Jason Saulnier: Deve ser uma sensação incrível quando seus singles soam tão bem. Vocês parecem direcionar muita energia para fazer o melhor para seus fãs. Como vocês escolhem os locais e as idéias para os vídeos?

Camille & Kennerly: É definitivamente uma sensação incrível quando nossa música chega às pessoas e consegue toca-la de uma maneira positiva. Quando decidimos filmar um vídeo para uma canção, geralmente gastamos algum tempo discutindo o nosso conceito para o vídeo - será que vai ter uma linha da história, o que queremos transmitir no local, que trajes combinariam melhor com a música, etc. Fazemos muita pesquisa e trabalho para encontrar o local perfeito para cada vídeo. Nós geralmente filmamos quando estamos viajando para performances, por isso gostamos de planejar com antecedência e fazer bom uso do nosso tempo e recursos, já que gravamos os nossos vídeos com quase nenhum orçamento! Todos os nossos vídeos (exceto um) foram feitos 100% por nós mesmas e realmente nos divertimos colocando todo o nosso coração em todos os aspectos de nossa arte!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jason Saulnier: Vocês poderiam descrever algumas de suas primeiras influências na vida e na música?

Camille & Kennerly: Provavelmente nossas primeiras influências musicais foram rock e rock clássico porque é isso que a nossa mãe escutava. Música clássica e seus compositores também nos influenciaram porque nós fomos treinadas classicamente, pois tivemos aulas de piano quando éramos muito jovens (na verdade, em um teclado, porque não podíamos pagar por um piano de verdade) e aprendemos toda música clássica. Nossa formação clássica nos deu as habilidades que usamos para criar os arranjos e executar a música contemporânea no nível que nós fazemos. Nossa influência na vida foi nossa mãe. Ela é a pessoa mais altruísta e incrível que conhecemos e sempre foi a nossa maior incentivadora.

Jason Saulnier: O que, de sua coleção musical em sua casa, poderia nos surpreender?

Camille & Kennerly: Hmm... Bem, o nosso gosto musical é muito variado, e a maioria dos nossos fãs sabem que ouvimos um monte de rock, rock clássico e metal. Mas algumas pessoas podem se surpreender com a quantidade de jazz que temos em nossa coleção: Glen Miller, Duke Ellington, Louis Armstrong, etc.

Jason Saulnier: Qual é a sua opinião sobre o sex appeal na indústria da música? Será que é tão importante para homens e mulheres?

Camille & Kennerly: Sex appeal na indústria da música é um tema interessante. A importância do apelo sexual realmente depende da pessoa/imagem dos artistas. Muitas vezes as pessoas assumem que um artista famoso que tem "boa aparência" tornou-se famoso apenas por causa de sua beleza. Isso é ridículo, porque existem inúmeras pessoas "bonitas" no mundo. Elas existem, assim como as muitas histórias de sucesso de pessoas que não são bonitas no sentido tradicional. Para nós é decepcionante que algumas vezes os homens e mulheres usam o visual ou a sexualidade de uma pessoa contra ela. Nós postamos vídeos onde não temos um pingo de pele a mostra além de nossas mãos e rostos e, ainda assim, obtemos comentários misóginos. É desanimador que ainda vivemos em um mundo onde as pessoas (especialmente os homens, mas também algumas mulheres) tentar "envergonhar" as mulheres pela sua aparência ou roupa. Nós acreditamos que as mulheres na música e no entretenimento levam um tempo muito mais maior para serem levadas a sério e tratadas da mesma forma que os homens. Embora não haja nada em nós ou nossos em vídeos que não seja 100% familiar, nos surpreendeu que as pessoas ocasionalmente rotulam nosso estilo ou até mesmo nossas expressões faciais como sexualizadas - tentando usar de alguma forma a nossa feminilidade em uma tentativa de nos envergonhar. Isso não pode ser aceitável. As mulheres definitivamente ainda lutam uma batalha difícil pela igualdade e na indústria da música não é exceção.

Jason Saulnier: Vocês conseguem imaginar uma biografia sendo escrita um dia sobre as experiências que vocês adquiriram ou irão adquirir em sua vida? Como seria o título?

Camille & Kennerly: Oh Deus! haha Não temos certeza se isso aconteceria, mas seria uma honra se chegássemos ao ponto onde as pessoas estariam interessadas em ler um livro inteiro sobre nós. O título poderia ser "Duet Harp Revolution: How The Harp Twins Achieved World Domination".

Jason Saulnier: Além de trabalhar duro na indústria musical, quais são as coisas que vocês mais gostam?

Camille & Kennerly: Família, amigos, ler, escrever, viajar e trabalhar fora, apreciando a natureza e explorando cemitérios antigos.

Jason Saulnier: Qualquer palavra de sabedoria para compartilhar com os artistas iniciantes?

Camille & Kennerly: Gostaríamos de incentivar artistas iniciantes a seguir seus sonhos - mesmo se (e especialmente se) esses sonhos / objetivos são fora da caixa. Nós pensamos que é mais importante ser você mesmo e ninguém mais. Encontre o seu próprio nicho único que é 100% você. Nós vemos tantos artistas que apenas se arrastam atrás de alguém e tentam ser essa pessoa - é muito melhor ser você mesmo, em vez de ser uma versão de segunda categoria de outra pessoa. Trabalhe duro. Em seguida, trabalhe mais. Não desista porque as coisas são difíceis ou não caminham como o planejado. Pratique seu instrumento por horas, porque não há atalhos. Encontre um professor que não apenas ensine as habilidades, mas que também permita que você ame seu instrumento. O nosso primeiro professor de harpa foi tão negativo que quase perdemos o nosso amor pelo instrumento, mas felizmente a nossa mãe encontrou um outro professor que nos permitiu crescer e aprender a amar o instrumento ainda mais. Nós pensamos que é extremamente importante manter o amor pelo instrumento em primeiro lugar. Quando desanimamos, nós sempre voltamos ao por que fazemos isso e o que nós estamos fazendo - é absolutamente amor à harpa e nós amamos a harpa ainda mais quando estamos tocando juntas!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Harp Twins"


Ozzy Osbourne: belíssimo cover de Crazy Train pelas Irmãs HarpistasOzzy Osbourne
Belíssimo cover de "Crazy Train" pelas Irmãs Harpistas

Iron Maiden: The Trooper na versão das irmãs harpistas (vídeo)Iron Maiden
"The Trooper" na versão das irmãs harpistas (vídeo)


Rob Halford: Uma resposta educada a comentários de DickinsonRob Halford
Uma resposta educada a comentários de Dickinson

Filhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitasFilhas de Rockstars
Conheça algumas das mais bonitas


Sobre Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é fã xiita do Iron Maiden, daqueles que não perdoa até hoje Bruce e Adrian por terem saído da banda - e não importa se voltaram. Nas horas vagas, tem como hobby conhecer seus ídolos na música, conseguindo com eles fotos e autógrafos.

Mais matérias de Adriano Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280