[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Arandu Arakuaa: blog entrevista Nájila Cristina

Por Jakline Costa
Fonte: Fãs Arandu Arakuaa
Postado em 17 de agosto de 2014

FÃS ARANDU ARAKUAA: Fale um pouco sobre suas principais influências na música, como se tornou vocalista e como ocorreu seu primeiro contato com a Arandu Arakuaa.

NÁJILA: Tem vários artistas que levo como influência. Sempre gostei de cantar, desde criança, e cantava de tudo Queen, Raul Seixas, Paralamas do Sucesso, Kid Abelha, Pink Floyd... Aos 14, me apresentaram o Metal e fiquei fascinada com aquele modo de cantar; e busquei cantar do mesmo modo. Acompanhava vocalistas como Chuck Schuldiner, ex vocal do Death; Glen Benton, vocal do Deicide; Angela Gosso, ex vocalista do Arch Enemy; Pompeu, vocal do Korzus ... Em 2008 comprei um baixo de um amigo com intuito de formar um Power trio, eu ficaria com o vocal e o baixo, mas não passou de um ensaio rsrs. Em 2010, depois de alguns ocorridos, voltei a procurar estar em uma Banda; fiz um anúncio e divulguei na internet, logo recebi propostas e me interessei pela proposta do Zândhio; fiz o teste e estamos ai .

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

FÃS ARANDU ARAKUAA: Sua voz tem um timbre bem particular; você se dedicou a algum tipo de técnica para desenvolvê-la?

NÁJILA: Sempre procuro fazer alguns minutos de aquecimento vocal, controle respiratório, trabalho diafragma e beber água. A questão do vocal gutural é mais pratica; é cantar o álbum da banda favorita tentando fazer igual. Essa é minha técnica rsrs.

FÃS ARANDU ARAKUAA: A Arandu Arakuaa é uma banda bem corajosa, pois ousou quando decidiu misturar tudo de mais autêntico, em termos de cultura brasileira, a um estilo musical cuja tradição é bem fechada, o Metal. Dessa forma, a Arandu ultrapassou as fronteiras de um estilo que segue padrões internacionais; tornando-o uma base que sustenta não somente alguns tipos de expressão musical; mas sim, uma expressão realmente artística. Como vocalista, o público se dirige diretamente a você no palco, sendo que a sua visão da receptividade das pessoas, quanto ao trabalho de vocês ao vivo, é bem mais intensa que a visão dos demais integrantes. Como tem sido essa experiência, como você tem observado essa receptividade às apresentações da Arandu Arakuaa?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

NÁJILA: É Sempre positiva; e isso me deixa bastante feliz. Sempre acreditei na banda e apoio sua mensagem que a meu ver, além de tudo que se explicita como a temática indígena, é o respeito a tudo; respeito ao modo de como tudo é. A galera que se identifica com a banda tem essa mentalidade de respeito; é um publico receptivo.

FÃS ARANDU ARAKUAA: O que a banda Arandu Arakuaa representa para você?

NÁJILA: É mais uma família que a vida me trouxe. Tenho carinho imenso por todos da banda, admiro a ideia da banda e aprecio quem se une a essa ideia.

FÃS ARANDU ARAKUAA: Há alguma curiosidade sobre a banda que você gostaria de compartilhar com a gente?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

NÁJILA: Os primeiros ensaios da banda foram em uma kit onde o Zândhio morava, no 2º andar. Às vezes, para não dar microfonia, eu tinha que ir para fora da casa. Agora imagina a vizinhança assistindo a pessoa berrando na varandinha... Era bem hilário as expressões da galera (risos).

FÃS ARANDU ARAKUAA: Você gostaria de deixar algum recado para os fãs?

NÁJILA: Primeiramente agradeço a todos que estão nessa empreitada junto com a banda; o apoio e o convite de Fãs Arandu Arakuaa. É muito bom ver que a galera que é fã da banda, é fã de verdade; sempre apoiando e divulgando nosso trabalho. Desejo tudo de bom para essa galera, e se sintam abraçados. Muito obrigada!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Andre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / Metal


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Jakline Costa

Formada em química, atualmente envolvida com qualquer tipo de trabalho literário. Meu primeiro contato com o rock foi por volta dos 12 anos de idade, quando fui em uma loja e comprei sem ao menos conhecer, uma camiseta do Iron Maiden. Chegando em casa meu tio todo orgulhoso ficou decepcionado ao saber que mesmo com a camiseta não conhecia nenhum som da banda e a partir daquele momento o objetivo de vida dele foi me ensinar os caminhos do rock. Graças a ele hoje conheço de Iron a Led e tenho todas as minhas influências musicas. Obrigada tio.
Mais matérias de Jakline Costa.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS