Hypocrisy: entrevista ao site oficial da banda no Brasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Madrid Lacerda, Fonte: Official Brazilian Website
Enviar correções  |  Ver Acessos

Prestes a realizar a segunda turnê Sul-Americana, o baixista Mikael Hedlund concedeu uma entrevista exclusiva ao site oficial da banda no Brasil, falando um pouco sobre a primeira passagem da banda no Brasil, suas expectativas e algumas curiosidades. No final inclusive fiz algumas perguntas no famoso estilo "Bate-Pronto". Vamos lá!

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Queen: Bowie, Mercury e a história de Under Pressure

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Olá Mikael, como você está?

- Estou bem, obrigado! Preparando-me para a turnê Sul-Americana. Estou muito empolgado com isso!

Faz quatro anos desde o seu primeiro e único show em São Paulo, Brasil. Lembro-me claramente de conversar com você sobre o equipamento não ter chegado a tempo, e a maioria da banda tendo que tocar com equipamento emprestado! Fora isso, quais são suas melhores e piores lembranças dessa turnê?

- Sim, isto é verdade. Foi um começo difícil nesta última turnê. Não tocar com seu próprio equipamento é um desafio, já que você pratica quase todos os dias com o mesmo instrumento e de repente você está com um instrumento que você nunca encostou antes. Mas fomos sortudos de poder conseguir instrumentos emprestados de um pessoal em São Paulo, obrigado por isso!

O show foi ótimo e no fim nos divertimos muito e não posso esperar pra voltar de novo!

Falando sobre equipamento, o que vocês têm usando atualmente?

- Para o meu baixo eu tenho usado um pré-amp chamado Sans Amp PSA-1 com um pouco de distorção e mixo com um pouco do sinal de linha. Peter e Tomas estão usando um pré-amp Kemper.

Lendo os créditos das músicas no encarte do último álbum, diferentemente dos outros, não vi nenhum crédito para você. O que aconteceu?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Sim, isso é verdade. Costumo fazer parte do processo de composição, mas no último álbum não compus nenhuma música. As vezes você está passando por algumas coisas na vida e você não consegue aparecer com nenhuma ideia. Mas estou de volta nos eixos e escrevendo coisas novas para o próximo álbum e tudo está ótimo.

Parece que a banda escolhe um setlist padrão para cada perna da turnê. O que podemos esperar para a turnê Sul-Americana, alguma música nova, algo diferente das outras partes da turnê?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Nós sempre tentamos tocar músicas de todos os nossos álbuns, mas às vezes é um pouco difícil. Mas será um mix de músicas novas e antigas, rápidas e algumas mais pesadas, para manter a dinâmica do show.

O Hypocrisy é uma banda com a reputação de raramente cancelar shows. Você não tocou nas últimas apresentações, o que aconteceu? Também ouvi em algum lugar que você não está mais morando na Suécia ou algo assim, poderia falar sobre isto?

Eu me mudei para a Alemanha há sete anos e consegui um trabalho que eu gosto muito. Na última turnê eu não pude conciliar tudo, então tive que ficar de fora.

Aquele foi o primeiro show que eu perdi em 20 anos, então foi algo meio estranho.

Mas André (André Skaug da banda Clawfinger), que estava no meu lugar, fez um grande trabalho e isto é a coisa mais importante. Espero não perder mais nenhum show no futuro.

A banda lançou um vídeo para a música "Tales of Thy Spineless". A qualidade de imagem é soberba, podemos esperar um registro ao vivo da turnê End of Disclosure?

Nada que tenhamos planejado.

Você tem alguma canção que gostaria de tocar ao vivo, mas que de alguma forma não é possível?

Não há nenhuma música que não possamos tocar ao vivo por qualquer que seja motivo. Todas as músicas são possíveis de tocar ao vivo.

A banda tem muitos "b-sides", por assim dizer, como por exemplo Point of No Return, Beggining of The End, Solar Empire, The Quest, A Thousand Lies, etc e todas aquelas músicas mais melancólicas como Request Denied, Paled Empty Sphere, Deathrow No Regrets. O quão difícil é montar um setlist para uma nova turnê, um set que inclua clássicos, as músicas do último álbum e algumas outras mais?

É muito difícil fazer um setlist após tantos anos e álbuns. Mas nós costumamos perguntar aos nossos fãs para votar as músicas que eles gostariam de ouvir ao vivo e isso é algo que prestamos muita atenção. Queremos dar aos fãs o que eles querem, mas ao mesmo tempo, nós podemos ter nossas surpresas ao tocar músicas que não são esperadas. No fim é tudo para que as pessoas que vieram ao show se divirtam bastante e nós no palco também.

Você tem estado na estrada e na indústria da música por mais de 20 anos. Fale um pouco sobre isso e o que mais você gostaria de realizar como músico?

Ainda estou ávido para tocar e cada show que fazemos é diferente do outro. Esta é uma das coisas que faz tudo ficar excitante. Além disso, conhecer pessoas que gostam da nossa música e são inspirados por ela. Isto é algo enorme para mim pessoalmente.

Agora algumas questões difíceis de Bate-Pronto:

1- Melhor e pior capa do Hypocrisy:

- Melhor capa eu diria a do álbum "Virus". A pior eu diria "Catch 22"

2- Melhor e pior gravação/produção de álbum do Hypocrisy:

- Melhor "End of Disclosure", pior "Into the Abyss"

3- A música preferida e a não tão preferida assim do Hypocrisy:

- Favorita "The Eye", a pior é difícil dizer, não pude pensar em nenhuma.

4- Bandas de fora do heavy metal que você escuta e a comunidade metal ficaria chocada em saber:

- Beastmilk, Pink Floyd

5- Você sempre entende o que o Peter está cantando ao vivo?

- Não exatamente, mas sempre funciona :-)

6- Entombed ou Dismember?

- Entombed. Eles foram uma das primeiras bandas de Death Metal que eu comecei a ouvir no fim da década de 80. Dismember era uma ótima banda também, mas eles vieram depois do Entombed.

Então é isso, este espaço é pra você, por favor, deixe uma mensagem aos fãs da América Latina e do Brasil e os visitantes do site oficial da banda aqui no Brasil.

Estamos todos empolgados para ir ao Brasil de novo. Na última vez foi fantástica e espero que seja o mesmo desta vez. Vejo todos vocês em alguns dias!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Hypocrisy"


Rammstein: ame a si mesma, não importa o que digam, diz TillRammstein
"ame a si mesma, não importa o que digam", diz Till

Lindemann: Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surraLindemann
Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surra


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1989

Queen: Bowie, Mercury e a história de Under PressureQueen
Bowie, Mercury e a história de Under Pressure


Sobre Rafael Madrid Lacerda

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280