Anneke van Giersbergen: uma breve entrevista com a cantora

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Anneke van Giersbergen concedeu uma breve entrevista ao colaborador do Whiplash.net, Christiano K.O.D.A., na qual falou sobre seu mais recente disco, "Everything is Changing", lançado no Brasil via Shinigami Records (www.shinigamirecords.com.br), e sobre os shows no país.

Lista: as dez melhores músicas para se ouvir na estradaRock Progressivo: Você sabe que está ouvindo demais quando...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que "mudou" (N.T.: em alusão ao título do trabalho - "Everything is Changing") no novo álbum? Ou as mudanças ainda estão em progressão?

Anneke van Giersbergen: Para mim, a vida em geral é sobre mudar e lidar com essas mudanças. Acredito em movimento, não em estagnação. As vezes, as mudanças acontecem lentamente, mas posteriormente, parece que tudo está acontecendo muito mais rapidamente. Posso ver isso no mundo ao nosso redor - por exemplo, cada vez mais pessoas estão aturando menos injustiças. Quando comecei a trabalhar no álbum "Everything is Changing", havia muita coisa acontecendo na minha vida profissional. Encontrei e comecei a trabalhar com novas pessoas e parceiros. Isso também foi inspirador.

Qual você diria que é a melhor qualidade de "Everything is Changing"?

Anneke van Giersbergen: Os arranjos no disco estão muito mais cheios de "camadas" do que antes. Meu álbum "In Your Room", produzido por Michel Schoots, era muito "nu", devido a inúmeras deliberações e outras razões não intencionais. Trabalhar com Devin Townsend (músico) me fez alcançar o que queria, um álbum mais energético e com "multi-camadas". Daniel Cardoso (N.T.: produdor do novo disco) adicionou alguns elementos eletrônicos e deixou o trabalho com uma sonoridade mais moderna, uma de suas marcas registradas. Atualmente estou trabalhando em um novo álbum, que soará um pouco mais orgânico e cru novamente.

Foto: Jaak Geebelen
Foto: Jaak Geebelen

Há uma grande história por trás de alguma letra?

Anneke van Giersbergen: "Circles" lida com a capacidade que algumas pessoas têm de permanecer com o caráter estável, mesmo passando por muitas dificuldades em momentos de suas vidas. Foi inspirada em bons amigos que passaram por períodos de dificuldade. Acho que é inspirador ver algumas pessoas que se mantêm de pé, não importa o que aconteça.

Hoje, como classificaria o tipo de música que toca?

Anneke van Giersbergen: Acho que algo como Rock com bonitas melodias. Gosto de combinar um monte de músicas que eu, pessoalmente, adoro. Brinco dizendo que "Madonna encontra um Círculo Perfeito" (risos).

Você saiu da banda The Gathering há seis anos. Escutou o grupo depois disso? Se sim, o que acha de sua direção musical?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anneke van Giersbergen: Para ser honesta, não escutei muito o álbum "The West Pole" (2009), mas o que ouvi, achei demais. Aqueles caras nunca escreveram uma música ruim, então, confio que irão manter a qualidade dos discos sempre alta. Silje é uma boa cantora, gosto de sua voz, seria legal conhecê-la um dia.

Agradeço muito pela entrevista! Para finalizar, o que achou das apresentações no Brasil?

Anneke van Giersbergen: Foram dois shows maravilhosos! Adorei os dois, aliás, todos os que fizemos! Mal posso esperar para visitar seu país novamente!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Anneke Van Giersbergen"Todas as matérias sobre "Gathering"


Lista: as dez melhores músicas para se ouvir na estradaLista
As dez melhores músicas para se ouvir na estrada

Rock Progressivo: Você sabe que está ouvindo demais quando...Rock Progressivo
Você sabe que está ouvindo demais quando...


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280