Max Cavalera: Entrevista para o Hard And Heavy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luciano Piantonni, Fonte: Hard And Heavy
Enviar correções  |  Comentários  | 


2316 acessosMax, Igor e Sepultura: vídeo compara performances ao vivo5000 acessosChris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte

Depois de lançar o álbum mais brutal de sua carreira, Enslaved (2012), o Soulfly finalmente reencontrou a fórmula da agressividade – na verdade os dois álbuns anteriores, Conquer (2008) e Omen (2010) já eram excelentes – mostrando que seu líder, Max Cavalera (guitarra e vocal) está em ótima forma, como nos velhos tempos de Sepultura.

Aproveitamos uma brecha na Maximun Cavalera Tour (onde o Soulfly toca com as bandas dos filhos de Max – Igor e Zyon no Lody Kong, e Richie, no Incite) e conversamos com Max, que falou sobre Enslaved, novos projetos e a próxima tour no Brasil, que acontece em novembro. Confira alguns trechos da entrevista, abaixo:

Enslaved é um dos álbuns mais porradas da discografia do Soulfly. Como foi a concepção dele?

Max Cavalera: A idéia de conceito de Enslaved já tem mais de 15 anos. Eu pensei nisso quando estava compondo o primeiro álbum do Soulfly. A ideia era fazer algo mais pesado que todos. Brutalidade ao extremo!

World Scum é a faixa de abertura e assusta pela sonoridade quase Black Metal (graças aos blast beats de David Kinkade), mostrando um Soulfly que até então as pessoas não conheciam. Como foi que surgiu essa música?

Max Cavalera: Eu escrevi o primeiro riff da música em uma demo, em 4 canais, e depois levei ela para o estúdio e disse ao David que gostaria que ele criasse algo bem veloz nos dois bumbos. Algo como Morbid Angel ou Gojira.

Plata O Plomo é interessantíssima e mistura vocais em português com os de Tony Campos (baixista), em castelhano. Pretende criar mais sons como esse?

Max Cavalera: Eu sempre gosto de cantar em português. Grande parte das minhas músicas favoritas são em português, como Ratamahata, Porrada, Brasil, etc…

A capa de Enslaved é linda e nos remete ao Chaos A.D. e ao mesmo tempo, ao tipo de arte que o baterista do Voivod, o Away, faz. Como você chegou até o artista brasileiro Marcelo Vasco?

Max Cavalera: Dave estava em contato com o Marcelo, através da internet. Pude conhecer um pouco de sua arte e gostei. Além disso, é ótimo trabalhar com um brasileiro. E ele é ótimo!

Você não acha um desperdício você e Andreas não estarem tocando juntos?

Max Cavalera: Eu e o Andreas criamos grandes álbuns juntos, mas eu acho que também tenho um grande cara ao meu lado que é o Marc Rizzo (guitarrista do Soufly e Cavalera Conspiracy), com o qual sempre estou criando músicas excelentes.

A entrevista completa pode ser lida em:
http://hardandheavy.com.br/ptbr/?p=1657

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 31 de agosto de 2012

Max, Igor e SepulturaMax, Igor e Sepultura
Vídeo compara performances ao vivo

2529 acessosSepultura: Jean Dolabella comenta sobre documentário da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

SepulturaSepultura
Kisser e as dificuldades depois da saída de Max e Igor

PanteraPantera
Gloria Cavalera lembra da louca turnê

Max e LemmyMax e Lemmy
A relação teve um começo tempestuoso

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Soulfly"0 acessosTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"

Chris CornellChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte

Heavy MetalHeavy Metal
Pesquisa indica que gênero é apreciado por alunos brilhantes

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1981

5000 acessosRock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 19855000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas5000 acessosClassic Rock: os 50 maiores álbuns de rock progressivo5000 acessosDetonator: Mais compartilhado que o funk ostentação de MC Gui5000 acessosManowar: "Nunca fui fã e não gosto do Kiss" - diz Eric Adams5000 acessosReligiões: as guerras santas abordadas em letras de Heavy Metal

Sobre Luciano Piantonni

Luciano Piantonni, é editor do site Hard And Heavy (luciano@hardandheavy.com.br) e redator da revista Rock Brigade. Natural de Santo André (ABC Paulista) começou sua história com a música aos 8 anos quando foi assistir ao show do Kiss, em 1983. Desde então, acompanha Rock e Metal como suas maiores paixões. Já foi colaborador da revista Roadie Crew (entre 2006 e 2007), além de jornais e sites. Possui uma assessoria de imprensa, LP Metal Press, onde trabalha com os shows de diversas produtoras como Liberation MC, Tumba Productions, SG Entertainment, TC7 Produções, entre outras.

Mais matérias de Luciano Piantonni no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online