Krisiun: entrevista com o baterista Max Kolesne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luis Augusto Bueno De Amorim, Fonte: OneMetal.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos


Max Kolesne falou com o site OneMetal.com, em fevereiro desse ano. Veja alguns trechos da conversa entre eles, e o que Max tem a dizer sobre sobre a turnê mundial.

Marcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenOzzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

One Metal: Como está indo a turnê até agora?

Max Kolesne: Fodendo tudo de forma impressionante. Você sabe, esta é uma turnê com grandes bandas, com o apoio de Vital Remains e Malevolent Creation. Puro Death Metal Old School.

One Metal: Vocês se dão bem com as outras bandas?

Max Kolesne: Sim. É como se estivessemos com velhos amigos. Nós nunca tocamos juntos antes, mas sempre que tocamos nos EUA eles vem nos ver. Mesmo quando eles vão no Brasil nós saímos, bebemos, fumamos um "J", sabe? Nos divertimos juntos.

One Metal: Todas as bandas old school de death metal tem visto seus shows? É legal observar pessoas que vocês respeitam vendo vocês lá em cima no palco?

Max Kolesne: Totalmente. Todos nós estamos vivendo sobre o velho death metal. É assassino.

One Metal: Existe alguém que compareceu aos seus shows que lhe gerou surpresa em determinado momento da carreira?

Max Kolesne: Sim. Certa vez nós tocamos na Flórida, em Tampa, e todos os caras do Cannibal Corpse, Morbid Angel, e Malevolent Creation apareceram por lá. Eu senti um medo da porra naquela hora, balançando atrás da bateria com meus ídolos me olhando. Depois saímos com o Tray do Morbid Angel e o Glen Benton, e eles são como mestres para nós. Os caras ainda disseram coisas muito boas sobre nós, realmente gostaram de nós. Aquilo foi foda. Foi único.

One Metal: Estavam vivendo um sonho ali certo?

Max Kolesne: Absolutamente.

One Metal: Vocês lançaram um cover do Sepultura, e eles são, obviamente junto de vocês, a banda mais conhecida do Brasil. Vocês tem uma relação estreita?

Max Kolesne: Sim, eu realmente gostava muito deles, e crescí ouvindo suas coisas.

One Metal: Não curte mais?

Max Kolesne: Sim, eu gostei de seu novo album, é bom. Mas eles tiveram um monte de problemas com a separação e tudo mais. As vezes é difícil conseguir as pessoas certas para uma banda gigante como o Sepultura. Eu admiro muito esses caras, especialmente o Andreas, que é uma espécie de guerreiro que nunca desiste. Enfim nós somos bons amigos. Nós tocamos juntos, bebemos juntos, fumamos maconha juntos, o que for. Ele é um cara foda.

One Metal: Poderia haver uma colaboração dele em algum play de vocês no futuro?

Max Kolesne: Na verdade já tocamos em um show com Kisser. Tocamos músicas das duas bandas. Aliás fizemos isso mais de uma vez. Talvez um dia possamos colocá-lo em algum disco nosso, o que seria maravilhoso.

One Metal: Recentemente o Krisiun foi votado como a melhor banda de metal proveniente do Brasil. Aqui no reino unido nós não temos conhecimento sobre a cena brasileira ser extensa.
Você diria que ela é forte por lá?

Max Kolesne: Nossa cara, a cena de metal no Brasil é realmente forte. Sempre que tocamos lá podemos constatar que muitas pessoas que já nos viram uma vez ou mais, estão alí novamente. O duro é que é difícil para várias bandas brasileiras, serem notados fora do país. Há uma série de bandas novas legais, assim como grandes nomes antigos, como o Sarcófago ou o Overdose. O Sarcófago tocava Death Metal e Black Metal em 1985 com blastbeats, mas eles são muito mais do que uma banda "Cult". Muitas pessoas não sabem realmente sobre as verdadeiras bandas do old school de black metal e death metal. Muitos foram se creditando como se tivessem criado este estilo, mas o Sarcófago foi quem o criou. É... tá certo que hoje em dia as bandas encontram mais facilidade para serem notados, por causa da internet e tal. É fácil nos dias de hoje estar em contato com os fãs, agências, gravadoras, outras bandas. Também é claro que a cena fica preenchida demais, tem muita merda ocupando espaço de bandas boas também.

One Metal: Você acha que uma banda que vem do Brasil tem mais dificuldades para ser notada nos dias de hoje?

Max Kolesne: Infelizmente sim. Não tanto como em 15 ou 20 anos atrás, mas ainda é foda.

One Metal: Você quer dizer que há um motivo especial para isso?

Max Kolesne: Se você é da Europa ou dos EUA, você pode conectar-se com selos ou agências com muita facilidade, ao passo que se tu vier do Brasil tem que gastar com voos internacionais sempre para manter bons contatos realmente.
Sem bons contatos você nunca chega em lugar algum. Mas as fronteiras pouco a pouco vão caindo, como eu disse antes, com a internet e tudo mais, hoje o mundo é um lugar menor.

One Metal: Você mencionou algumas bandas old school que talvez não ganharam o crédito que mereciam por suas contribuições ao metal extremo, mas existem novas bandas arrebentando no cenário brasileiro, e que você gostaria de nos apresentar?

Max Kolesne: O Claustrofobia, que faz um death/thrash maravilhoso. Bem focados e profissionais. Também gosto do Ophiolatry, que é uma banda bastante brutal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

One Metal: Ver uma banda formada por irmãos é realmente algo bem difícil. Como é o relacionamento de vocês?

Max Kolesne: Todos são caras legais. Quando éramos mais novos gostavamos de nos juntar como uma gangue para bater nos outros, mas esses tempos felizmente passaram. (risos). Nós aida discordamos de certas coisas, às vezes, mas não demora muito e fica tudo bem novamente. Estar na estrada com os seus irmãos, tanto dentro como fora de uma banda, é questão de aprender a tolerar um ao outro e respeitar as diferenças. Todos esses anos com esses caras me ensinaram muito sobre ser um homem melhor.

One Metal: Vocês se encontram em turnê neste momento. Houve loucuras ou fatos a serem destacados até aqui?

Max Kolesne: Bom cara, estamos com uns caras muito loucos e bebemos muito sempre. Mas somos um bando de velhos agora, e não ficamos muito loucos a ponto de quebrar coisas e fazer merda o tempo todo. Se fizermos seremos presos e vamos acabar fodendo com tudo que estamos construíndo, e não queremos isso (risos). Estamos apenas curtindo com esses caras fantásticos.

One Metal: Vocês saem em turnês há dez anos. Hoje, qual você show você encara como a melhor apresentação ao vivo da história da banda?

Max Kolesne: Provavelmente aquele que mencionei anteriormente, onde Cannibal Corpse, Morbid Angel, Deicide e Malevolent Creation estavam lá. Já fazem 10 anos agora, mas aquilo foi alucinante cara.

One Metal: Sei que "The Great Execution" é recente, mas vocês já planejam algo novo?

Max Kolesne: Não muito cara, pois este álbum é muito novo ainda. Nós temos uma turnê chegando depois que terminamos esta, vamos visitar os EUA e Canadá com o Sepultura e Death Angel. Também estamos tocando em vários festivais europeus neste verão, incluindo o Rock Hard Festival na Alemanha.

One Metal: Vi vocês no Hellfest ano passado.

Max Kolesne: Esse é um dos melhores festivais europeus.

One Metal: Viu o line up deste ano?

Max Kolesne: Terá o Black Sabbath não é? Nós temos planos para a Ásia também, tocar um monte de músicas novas e algumas merdas velhas.

One Metal: Deixo o lado profissional agora para passar para a condição de fã. Eu e um amigo aqui estamos morrendo de vontade de saber se vocês tocaram Bloodcraft hoje. Sempre brisamos com aquele som depois de umas cervejas.

Max Kolesne: Tocaremos sim cara. Dedicadas ao homem certo. Obrigado.

One Metal: Bem, desejo tudo de melhor ao Krisiun, e estaremos vendo vocês lá fora.

Max Kolesne: Obrigado irmão, vamos tomar uma cerveja ou duas depois do show cara!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Krisiun"


Krisiun: banda já tentou gravar duas vezes no Brasil mas não rolouKrisiun
Banda já tentou gravar duas vezes no Brasil mas não rolou

Loudwire: Krisiun na lista dos dez power trios mais pesados da históriaLoudwire
Krisiun na lista dos dez power trios mais pesados da história


Marcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenMarcelo Maiden
Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden

Ozzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separaçãoOzzy x Sharon
Conheça a mulher que supostamente causou a separação


Sobre Luis Augusto Bueno De Amorim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline