Linkin Park: Chester Bennington entrevistado pela Kerrang!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leandro Bennington, Fonte: Linkin Park Unforgettable
Enviar correções  |  Ver Acessos

Chester aparece na nova edição da revista Kerrang!. Nesta entrevista, ele disse que suas confissões sobre o que ele acha que é o amor, a sua primeira memória, e seus maiores arrependimentos!

Monsters Of Rock 2015: conheça a loira que "deu um show" com o Steel PantherSlipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que você acha que faria se não estivesse em uma banda?

"Provavelmente estaria num escola agora, trabalhando com física, e provavelmente acabaria sendo professor. Sempre achei que poderia gostar de dar aulas, porque eu realmente gosto de crianças e seria legal fazer a diferença na vida dos pequenos. Além disso, você tem três meses de férias no verão (risos). Eu também poderia estar numa banda de bar e me divertir."

Se você pudesse mudar de sexo por um dia, qual seria a primeira coisa que você faria?

"Eu faria sexo. Eu gostaria de saber como é fazer sexo sendo mulher. Eu gostaria de fazer sexo com alguem limpo e bonito (risos). Não tenho certeza com que tipo de homem me atrairia. Há caras por ai que eu acho bonitos, mas eu não sei se seria sexualmente atraído por eles. Que caras eu acho que seriam bonitos? Eu vou jogar aqui porque ele é meu amigo e minha esposa sempre chama ele de meu namorado... Jared Leto. Esse é um cara bonito!"

Com que Deus se parece?

"Eu não imagino Deus sendo o velinho cabeludo com uma grande camisola branca e que senta com seu kit de quimica e faz as coisas acontecerem. Eu imagino deus sendo essa coisa maravilhosa que é tão brilhante, mas não parecendo com o sol, é como uma luz que nos atrai."

O que você acha que acontece quando morremos?

"Eu acho que iniciamos nossa vida. Acredito que nossas almas são parte daquela luz de que eu estava falando, acho que transcendemos do físico e vamos para algum lugar e nos tornamos parte daquilo. Morte é uma coisa que eu temia em certos momentos da minha vida, mas agora é algo que eu espero. Eu espero viver muito, mas eu jamais quero voltar à época na qual eu tenha medo de morrer."

Você já roubou alguma coisa?

"Eu roubei tudo da namorada de alguém até um pacote de chiclete. Eu ajudei algumas pessoas a fazer coisas ruins quando eu era mais novo - Eu ajudei pessoas a pegarem coisas de outras pessoas e sempre me arrependi por isso. Mas ao mesmo tempo isso é parte do que me faz ser eu - Não posso me arrepender muito disso. Qual a pior coisa que eu já roubei? Provavelmente pequenas partes da vida de outras pessoas, quando eu também desperdicei o tempo delas ou as machuquei de alguma forma. Essa é a pior coisa que você pode roubar - o tempo de outras pessoas. Você simplesmente não pode devolver. Você sempre pode pagar pelo pacote de chiclete que você roubou, aliás (risos)"

O que é a pior mentira que você já contou?

"Não, eu não trai você" (risos). Eu me senti mal? Sim! Porque quando você trai alguém é uma coisa horrível de se fazer e corrompe tudo.

Você pode também fazer um favor a si mesmo e sair do relacionamento, e então você pode dormir com quem você quiser. Eu fui traido mais vezes do que eu trai. Traí várias pessoas. Isso me fez sentir melhor na hora, porque normalmente traí depois de achar que tinha sido traído. Mas isso nunca foi bom - isso sempre me fazia me sentir horríve l e patético."

Qual é o seu maior arrependimento?

"A primeira vez que eu bebi até apagar, provavelmente foi um sinal que não era algo bom a se fazer. E provavelmente isso foi o maior papel em todas as decisões mais desapontadoras que eu tomei. Então provavelmente beber e alcolismo seriam meus maiores arrependimentos."

Qual é sua primeira memória?

"Minha primeira memória foi dirigir em Las Vegas. Eu tinha uns 18 meses de idade. Eu lembro ver um grande cowboy de neon. Era noite, e chovia e eu podia ver pela janela. O que era interessante é como eu achei que isso era uma memória real. Meus pais estavam falando sobre ir para Las Vegas e eu estava, "Oh! eu gosto de Las Vegas." e eles estavam 'Mas você nunca esteve aqui?" e eu descrevi isso. isso foi quando eu comecei a perceber que eu tenho uma boa memória fotográfica"

Se você pudesse mudar algo de sua aparência, o que você mudaria?

"Eu nunca fui muito fã do meu nariz, e tenho essa cara de desaprovação. Agora há pouco estava me olhando no espelho e vi que parecia que estava dizendo para alguém que eles estavam fazendo errado (risos)! Estou feliz com a minha aparência - foi assim que fui feito. Embora eu não goste do meu nariz e eu gostaria de parecer com o Brad Pitt, eu não me pareço, e é assim que tem que ser."

Se um estranho aparecesse e te desse 1 milhão de libras, mas se você pegasse, um estranho iria morrer - você aceitaria o dinheiro?

"Não. Absolutamente não. Se há algo que eu aprendi em minha vida, é que dinheiro e coisas são completamente sem sentido. Digo, é necessario, porque é parte do mundo que vivemos, mas todas as coisas que você poderia ter ganhando um milhão de Libras não chegam nem perto do valor que a vida de uma pessoa poderia trazer para as pessoas ao redor dela."

Qual foi a última vez que você chorou?

"Dois dias atrás. Minha esposa e eu tivemos gemêas e tudo ainda é tão novo e bonito. Quando eu penso sobre isso fico um pouco sufocado. Acho que chorar é bom - não há nada melhor que chorar e sentir aquela sensação depois. É como dar uma bela cagada! É tipo "Oh Deys, eu não tinha idéia de que isso estava aqui dentro - estou tão feliz por ter saído!" (risadas)

Matar alguém é sempre errado?

"Parte de mim diz que é errado, e a outra parte diz que não; há pessoas que definitivamente merecem morrer. Acho que depende das circunstâncias. Tenho um desgosto especial por pedófilos, assassinos em massa e estupradores. Ao mesmo tempo, quem sou eu para dizer que essa pessoa não pode mudar? Mas eu realmente não quero perder meu tempo os consertando. A única vez que eu poderia justicar matae alguem é se ele estivesse tentando me matar eu tivesse que me proteger."

O que é amor?

"Amor é o que nos faz querer nos tornarmos pessoas melhores. É o que nos mantém conectados aos outros. É algo que nos dá compaixão. É algo que nos leva a fazer coisas realmente ótimas com nossas vidas, e é a coisa que você pode sempre depender e contar quando você não pode contar com mais nada."

Se você pudesse trazer alguém de volta a vida, quem poderia ser?

"Eu vou dizer Martin Luther King (ativista de direitos civis americano). Não acho que seu trabalho tenha terminado. A comunidade negra aqui nos EUA, realmente precisava de um líder e eles realmente precisam de alguém que ficasse por perto por um tempo. Eu acho que eu queria trazê-lo de volta e continuar fazendo todas as coisas maravilhosas que ele estava fazendo pelo nosso país e pelo mundo."

Mais informações: http://www.linkinparkunforgettable.blogspot.com/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Linkin Park"Todas as matérias sobre "Chester Bennington"


Korn: Brian Welch, irritadíssimo, diz que suicídio é covardiaKorn
Brian Welch, irritadíssimo, diz que suicídio é "covardia"

Mudanças: 10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discosMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos


Monsters Of Rock 2015: conheça a loira que deu um show com o Steel PantherMonsters Of Rock 2015
Conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther

Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?


Sobre Leandro Bennington

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL